Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/9894
Document Type: Monografia
Title: A condição e a libertinagem social feminina na obra as relações perigosas, de Choderlos de Laclos
Authors: Toledo, Valéria Maria Pereira dos Santos
Issue Date: 21-Sep-2018
Advisor: Maza, Fábio
Resumo : O livro As Relações Perigosas, do francês Choderlos de Laclos, considerada uma obra libertina, gerou polêmica na França pré-revolucionária, sendo importante na retratação dessa sociedade. O famoso par libertino escandalizou e trouxe notoriedade para seu autor, ficando imortalizados na história da literatura como representação da decadência dessa aristocracia pertencente ao fim do Antigo Regime. Este artigo pretende analisar essa obra através do olhar feminino, focando nas três principais mulheres do livro e suas posições dentro da sociedade da época, suas restrições e suas digressões. Sendo Laclos um forte defensor da emancipação feminina da estrutura social vigente na França do século XVIII, as personagens demonstram um forte desejo de quebrar as amarras às quais são submetidas, caracterizando uma libertinagem social quando decidem seguir suas escolhas, e não o que lhes é imposto. Neste contexto, este trabalho traçou um perfil da condição da mulher na época, utilizando informações obtidas na literatura científica, bem como relaciona estas condições com as descritas no livro de Laclos, enfatizando a posição desprivilegiada e secundária a que eram submetidas, a educação precária que recebiam e o papel submisso a que eram relegadas em relação ao homem
Abstract: The book The Dangerous Relations of the French Choderlos de Laclos, considered a libertine work, generated controversy in pre-revolutionary France, being important in the retraction of that society. The famous libertine pair scandalized and brought notoriety to its author, becoming immortalized in the history of literature as representing the decadence of this aristocracy belonging to the end of the Old Regime. This article intends to analyze this work through the feminine look, focusing on the three main women of the book and their positions within the society of the time, its restrictions and its digressions. Since Laclos is a strong supporter of the feminine emancipation of the social structure in force in the eighteenth century, the characters show a strong desire to break the bonds they are subjected to, characterizing social debauchery when they decide to follow their choices, not what is imposed on them. In this context, this work traced a profile of the condition of women at the time, using information obtained in the scientific literature, as well as relating these conditions to those described in the book of Laclos, emphasizing the underprivileged and secondary position to which they were submitted, the precarious education that received, and the submissive role to which they were relegated in relation to man
Keywords: História
Ensino de história
Relações perigosas
Libertinagem social
Feminismo
França
Século XVIII
Sociedade
Dangerous relations
Social libertinism
Female
France
18th century
Society
Subject CNPQ: OUTROS
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Department: DHI - Departamento de História – São Cristóvão - Presencial
Citation: Toledo, Valéria Maria Pereira dos Santos. A condição e a libertinagem social feminina na obra as relações perigosas, de Choderlos de Laclos. São Cristóvão, SE, 2018. Monografia (licenciatura em História) – Departamento de História, Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2018
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/9894
Appears in Collections:História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Valéria_Maria_Pereira_Santos_Toledo.pdf166,78 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.