Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/13386
Document Type: Monografia
Title: Perfil clínico-epidemiológico da apendicite aguda no Brasil: uma revisão sistemática
Other Titles: Clinical and epidemiological profile of acute appendicite in Brazil: a systematic review
Authors: Freitas, Eldimar Lima de
Mizuno, Victor Iamada
Issue Date: 20-May-2019
Advisor: Araújo, Fernando Vicente de
Co-advisor: Lima, Ionara Oliveira da Silva
Resumo : O abdome agudo inflamatório é um dos principais responsáveis pelo atendimento em serviços de Urgência e a apendicite aguda é a causa mais comum de cirurgia abdominal nesses casos. Trata-se de uma patologia frequente, com alta morbimortalidade. OBJETIVO: Caracterizar o perfil clínico-epidemiológico da apendicite aguda, a partir de uma revisão sistemática de literatura. METODOLOGIA: Trata-se de um estudo descritivo, através de uma revisão sistemática de literatura, que teve por base artigos científicos, revistas e livros. RESULTADOS E DISCUSSÃO: A apendicite aguda é uma afecção de alta prevalência e cerca de 7% das pessoas dos países do Ocidente são acometidas pela mesma, por ano. Ela tem uma incidência de aproximadamente 48 casos por dez mil habitantes, anualmente, e atinge seu ápice na segunda década de vida, acometendo mais homens do que mulheres. Seus principais sintomas são cólica em região periumbilical, seguida de anorexia, náuseas e/ou vômitos. Seu prognóstico depende da precocidade do diagnóstico, sendo este essencialmente clínico e complementado por exames laboratoriais e de imagem. O tratamento é feito a partir de procedimento cirúrgico, a apendicectomia, associado com antibioticoterapia. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A partir dos pressupostos acima, percebe-se que a apendicite é uma afecção frequente, apesar dos avanços em diagnóstico e tratamento. Ela é facilmente confundível com outras patologias, o que pode dificultar o diagnóstico precoce e consequentemente piorar o prognóstico. Percebe-se a necessidade de estudos em âmbito nacional, a fim de aumentar o conhecimento sobre essa patologia, e assim diminuir a morbimortalidade da doença e melhorar seu prognóstico.
Abstract: The acute inflammatory abdomen is one of the main responsible for emergency services and acute appendicitis is the most common cause of abdominal surgery in these cases. It is a frequent pathology with high morbidity and mortality. OBJECTIVE: To characterize the clinical-epidemiological profile of acute appendicitis, based on a systematic literature review. METHODOLOGY: This is a descriptive study, through a systematic literature review, which was based on scientific articles, magazines and books. RESULTS AND DISCUSSION: Acute appendicitis is a disease of high prevalence and about 7% of people in Western countries are affected by it each year. It has an incidence of approximately 48 cases per ten thousand inhabitants annually and reaches its apex in the second decade of life, affecting more men than women. Its main symptoms are colic in the periumbilical region, followed by anorexia, nausea and / or vomiting. Its prognosis depends on the precocity of the diagnosis, which is essentially clinical, and complemented by laboratory and imaging exams. The treatment is done from surgical procedure, appendectomy, associated with antibiotic therapy. FINAL CONSIDERATIONS: Based on the above assumptions, it is perceived that appendicitis is a frequent condition, despite advances in diagnosis and treatment. It is easily confused with other pathologies, which may hinder early diagnosis and consequently worsen the prognosis. It is perceived the necessity of studies at national level, in order to increase the knowledge about this pathology, and thus reduce the morbimortality of the disease and improve its prognosis.
Keywords: Abdome Cirurgia
Abdome agudo
Apendicectomia
Apendicite
Perfil de saúde
Appendectomy
Appendicitis
Health profile
Language: por
Institution: UFS
Department: DMEL - Departamento de Medicina Lagarto – Lagarto - Presencial
Citation: FREITAS, Eldimar Lima de; MIZUNO, Victor Iamada. Perfil clínico-epidemiológico da apendicite aguda no Brasil : uma revisão sistemática. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) - Universidade Federal de Sergipe, Lagarto, 2019.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/13386
Appears in Collections:Medicina

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ELDIMAR_LIMA_DE_FREITAS&VICTOR_IAMADA_MIZUNO.pdf544,67 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.