Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4005
Document Type: Dissertação
Title: Efeito fotobiomodulador da terapia com diodo emissor de luz de baixa intensidade na inflamação muscular induzida por exercício em ratos
Other Titles: Photobiomodulator effect of light emitting diode therapy on post-exercise muscular inflammation in rats
Authors: Vasconcelos, Alan Bruno Silva
Issue Date: 22-Feb-2017
Advisor: Camargo, Enilton Aparecido
Co-advisor: Nampo, Fernando Kenji
Resumo : INTRODUÇÃO - Os efeitos biológicos de fontes de luz de baixa intensidade, como a terapia com diodo emissor de luz (LEDT), indicam que a fototerapia induz efeitos ergogênicos e recuperativos do músculo esquelético. No entanto, ensaios clínicos e pesquisas experimentais apresentam divergências no que diz respeito aos parâmetros a serem utilizados. OBJETIVO - Comparar o efeito de diferentes doses da LEDT (630 nm) na inflamação do músculo estriado esquelético induzida por exercício em ratos. MÉTODOS - Ratos Wistar foram divididos em cinco grupos experimentais (n=8/grupo): controle (CON), animais não submetidos ao protocolo de exercício; recuperação passiva (RP), animais que não receberam tratamento após a indução da inflamação; LEDT (1,2 J; 4,2 J ou 10,0 J), animais tratados com fototerapia após indução da inflamação. A inflamação muscular esquelética foi induzida por protocolo de 100 minutos de nado. Após o exercício, os animais dos grupos LEDT foram expostos à fototerapia nas doses de 1,2 J, 4,2 J ou 10,0 J sobre os músculos tríceps sural (gastrocnêmios e sóleo). Para avaliação da hiperalgesia mecânica com o von Frey eletrônico, os animais foram submetidos a avaliação antes e 24 horas após o procedimento de nado. Após 24 horas do nado, amostras sanguíneas foram coletadas para análise da atividade de creatina quinase (CK). O músculo sóleo foi retirado para análise histológica. Os dados foram expressos como média± erro padrão da média (EPM). Foi utilizado análise de variância seguido pelo Tukey post hoc. Para os dados histológicos foi realizada análise com Qui-quadrado seguido de correção de Yates. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Animais (Universidade Federal de Sergipe) sob nº 15/2013 e pelo Comitê de Ética em Uso de Animais (Universidade Estadual de Londrina) sob nº 124/2014. RESULTADOS - No grupo RP houve um aumento (p<0,0001) da atividade plasmática de CK (2.071±346 U/L) quando comparado ao grupo CON (683±103 U/L) e houve atenuação (p<0,0001) da resposta nos grupos tratados com LEDT (630 nm) com doses de 1,2 J (379±71 U/L), 4,2 J (599±131 U/L) ou 10,0 J (544±86 U/L). Em relação à hiperalgesia mecânica, o grupo RP apresentou redução (p<0,05) no limiar de retirada da pata (-11,9±1,9 g) quando comparado ao grupo CON (2,2±1,5 g) e apenas o grupo LEDT 4,2 J (-3,3±2,4 g) alterou esse limiar (p<0,05) quando comparado ao grupo RP. Na análise histológica, foi observada infiltração de leucócitos no músculo do grupo RP, além de áreas edemaciadas e necrosadas. Porém, menor infiltração foi observada nos animais tratados com as doses de 4,2 e 10,0 J. CONCLUSÃO - A aplicação de LEDT (630 nm) reduz a lesão inflamatória nas fibras musculares de ratos submetidos ao exercício. A dose de 4,2 J induziu melhor efeito anti-inflamatório e antinociceptivo do que as doses de 1,2 e 10,0 J.
Abstract: INTRODUCTION - The biological effects of low intensity light sources, such as light emitting diode therapy (LEDT), indicate that phototherapy is a method for obtaining ergogenic and recuperative effects of skeletal muscle. However, clinical trials and experimental researches differ in respect to the parameters to be used. OBJECTIVE - To compare different doses of the LED (630 nm) in the inflammation of striated skeletal muscle induced by exercise in rats. METHODS - Wistar rats were divided in five experimental groups (n=8/group): control (CON), the animals were not submitted to exercise protocol; passive recovery (RP), the animals received no treatment after induction of inflammation; LEDT (1.2 J, 4.2 J or 10.0 J), the animals were submitted to phototherapy after induction of inflammation. Skeletal muscle inflammation was induced by a protocol of 100 minutes of swimming. After exercise, the animals in the LEDT groups were exposed to phototherapy at the doses of 1.2 J, 4.2 J or 10.0 J on the triceps sural muscles (gastrocnemius and soleus). For evaluation of mechanical hyperalgesia by electronic von Frey, the animals were submitted to evaluation before and at 24 hours after swimming procedure. After 24 hours of swimming, blood samples were collected to measure creatine kinase (CK) activity. The soleus muscle was removed for histological analysis. Data were expressed as mean ± standard error of mean (S.E.M). Analysis of variance was used followed by Tukey post hoc. The histological data were performed with chi-square analysis followed by correction of Yates. This study was approved by the Ethics Committee on Research with Animals (Federal University of Sergipe) under n°. 15/2013 and by the Ethics Committe in the Use of Animals (State University of Londrina) under nº 124/2014. RESULTS - The plasma activity of CK was increased (p <0.0001) in the PR group (2071 ± 346 U / L) when compared to the CON group (683 ± 103 U / L) and attenuation (p <0.0001) of this response was observed in the LEDT (630 nm)-treated groups at the doses of 1.2 J (379 ± 71 U / L), 4.2 J (599 ± 131 U / L) or 10.0 J (544 ± 86 U / L). Regarding mechanical hyperalgesia, the PR group presented a reduction (p <0.005) in the paw withdrawal threshold (-11.9 ± 1.9 g) when compared to the CON group (2.2 ± 1.5 g). Only LEDT 4.2 J (-3.3 ± 2.4 g) altered this threshold (p <0.05) when compared to the PR group. In the histological analysis, leukocyte infiltration was observed in the muscle of animals from the PR group, in addition to areas of edema and necrosis. However, lower infiltration was observed in the animals treated with doses of 4.2 and 10.0 J. CONCLUSION: The application of LEDT (630 nm) reduces the inflammatory lesion in muscle fibers of rats submitted to exercise. The dose of 4.2 J induced better anti-inflammatory and antinociceptive effects than doses of 1.2 and 10.0 J.
Keywords: Fisiologia
Inflamação
Músculos esqueléticos
Fototerapia
Exercícios físicos
Diodos emissores de luz
Inflammation
Skeletal muscle
Physical exercise
Light emitting diode
Phototherapy
Subject CNPQ: CIENCIAS BIOLOGICAS::FISIOLOGIA
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas
Citation: VASCONCELOS, Alan Bruno Silva. Efeito fotobiomodulador da terapia com diodo emissor de luz de baixa intensidade na inflamação muscular induzida por exercício em ratos. 2017. 65 f. Dissertação (Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2017.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4005
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Fisiológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ALAN_BRUNO_SILVA_VASCONCELOS.pdf1,03 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.