Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/5222
Document Type: Dissertação
Title: Práticas epistêmicas em atividades investigativas de Ciências
Authors: Nascimento, Elton Daniel Oliveira do
Issue Date: 26-May-2015
Advisor: Silva, Adjane da Costa Tourinho e
Resumo : Esse estudo alia-se à perspectiva de que os alunos construam uma concepção adequada acerca da natureza da ciência, e para isso, considera-se que a argumentação em salas de aula de ciências seja primordial para disseminação desse conhecimento. Esta pesquisa tem como objetivo analisar o desenvolvimento de práticas epistêmicas ao longo de atividades investigativas de Física em salas de aula do Ensino Médio, explicitando suas relações com as ações do professor ao conduzir tais atividades. Dentre as ferramentas analíticas existentes na literatura, se destaca as práticas epistêmicas definidas em Kelly e Duschl (2002), baseadas em estudos da Filosofia, Sociologia e Antropologia da Ciência, os autores definem as práticas epistêmicas como formas específicas em que membros de uma comunidade científica, entendem, justificam, avaliam e validam os conhecimentos desenvolvidos. Jimenez-Aleixandre e Bustamante (2007) consideram a noção de prática epistêmica apresentada em Kelly e Duschl (2002) e Sandoval (2001) para afirmar que, as práticas epistêmicas relacionam-se com práticas sociais em intrínseca relação com o saber, e elaboram um conjunto de práticas epistêmicas associadas às atividades sociais de produção, comunicação e avaliação do conhecimento apresentadas em Kelly (2005). Esse conceito já vem sendo trabalhado em outras pesquisas, e nelas encontramos categorias que caracterizam o discurso de conteúdo científico dos alunos, porém esse trabalho busca contemplar um maior número de categorias, a fim de contribuir com o avanço nessa discussão e, para uma melhor visualização das práticas epistêmicas, assim as atividades investigativas tornam-se um segmento que auxilia na análise. Uma atividade investigativa, com um roteiro bem elaborado e com a colaboração do professor na sua condução, facilita o desenvolvimento das práticas epistêmicas pelos alunos. Neste sentido, os dados das análises foram coletados em uma oficina de Física intitulada “Investigando a dilatação térmica dos sólidos”, desenvolvida em um evento de popularização da ciência, essa sequência investigativa ocorreu no Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Sergipe, que busca analisar a condução do professor no desenvolvimento dessas atividades investigativas, utilizando as categorias: abordagens comunicativas, intenções do professor e movimentos epistêmicos. Para a análise das práticas epistêmicas dos alunos, nos baseamos nas categorias propostas por Jimènez-Aleixandre e Bustamante (2007) e em trabalhos que dialogam com este. Desse modo, faz-se uma relação dessas ações com as práticas epistêmicas desenvolvidas pelos alunos e, ao considerar os resultados, foi perceptível que as ações do professor, aliada à estrutura da atividade, favoreceram o aparecimento de algumas práticas epistêmicas pelos alunos, primordialmente na instância de produção do conhecimento. Além disso, verifica-se que a estrutura da atividade investigativa é importante para a evolução conceitual dos alunos e a consequente construção do conhecimento acerca da natureza científica.
Abstract: This study joins the prospect that students acquire an adequate conception of the nature of science, and for this, it is considered that the argument in science classrooms is essential to spread this knowledge. This research aims to analyze the development of epistemic practices over investigative activities in Physics in high school classrooms, explaining its relationship with the actions of the teacher to conduct such activities. Among the existing analytical tools in the literature, it highlights the epistemic practices defined in Duschl and Kelly (2002), based on studies of Philosophy, Sociology and Anthropology of Science, the authors define the epistemic practices as specific ways in which members of a scientific community , understand, justify, evaluate and validate the developed knowledge. Jimenez-Aleixandre and Bustamante (2007) consider the notion of epistemic practice presented in Kelly and Duschl (2002) and Sandoval (2001) to say that the epistemic practices relate to social practices in intrinsic relationship to knowledge, and prepare a set of epistemic practices associated with social activities of production, communication and evaluation of the knowledge presented in Kelly (2005). This concept is already being worked on other research, and in them we find categories that characterize the speech of scientific content of the students, but this work seeks to contemplate a larger number of categories in order to contribute to advancing this discussion and for a better view epistemic practices and investigative activities become a segment that helps in the analysis. An investigative activity, with a well-crafted script and with the collaboration of the teacher in his driving, facilitates the development of epistemic practices by students. In this sense, the data analyzes were collected in a workshop of Physics entitled "Investigating the thermal expansion of solids," developed into a science popularization event, this investigative sequence occurred in the Application School of the Federal University of Sergipe, which seeks to analyze driving teacher in developing these research activities, using the categories: communication approaches, teacher's intentions and epistemic movements. For the analysis of epistemic practices of students, we rely on the categories proposed by Jiménez-Aleixandre and Bustamante (2007) and works that dialogue with this. Thus, it is a relationship of these actions with the epistemic practices developed by students and, considering the results, it was apparent that the teacher's actions, combined with the activity of the structure, favored the emergence of some epistemic practices by students, primarily in production instance of knowledge. Moreover, it is noted that the structure of investigative activity is important for the conceptual evolution of the students and the subsequent absorption of the scientific knowledge.
Keywords: Ciência
Física
Professores de ciência
Teoria do conhecimento
Epistemologia social
Ações do professor
Atividades investigativas
Ensino de ciências
Práticas epistêmicas
Subject CNPQ: OUTROS::CIENCIAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática
Citation: Nascimento, Elton Daniel Oliveira do. Práticas epistêmicas em atividades investigativas de Ciências. 2015. 88 f. Dissertação (Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2015.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/5222
Appears in Collections:Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ELTON_DANIEL_OLIVEIRA_NASCIMENTO.pdf1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.