Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/6355
Document Type: Dissertação
Title: Cinética da fermentação ruminal de gramíneas forrageiras irrigadas e não irrigadas
Authors: Oliveira, Vinicius da Silva
Issue Date: 27-Feb-2014
Advisor: Morais, Jucileia Aparecida da Silva
Resumo : Foram realizados dois experimentos, no primeiro foi avaliada a produção e composição químico-bromatológica de cinco espécies forrageiras (Urochloa brizantha cv. MG5, Andropogon gayanus, Urochloa humidicola, Digitaria umfolozi e Panicum maximum cv. Aruana) submetidas a diferentes níveis de irrigação, com quatro repetições. O delineamento experimental utilizado foi em blocos completos ao acaso em esquema fatorial 5x2. As amostras colhidas foram subdivididas e fracionadas em lâminas foliares verdes (LFV), colmo verde (colmo + bainha foliar) e materiais mortos (MM, perfilhos e folhas mortas). As amostras foram avaliadas quanto aos teores de matéria seca (MS), proteína bruta (PB), matéria orgânica (MO), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), lignina (LDA) e nutrientes digestíveis totais (NDT). Foi realizado o fracionamento de PB e carboidratos segundo o sistema de Cornell. Observou-se interação significativa (P<0,05) na produção de MS, entre as espécies os níveis de irrigação. Observou-se interação significativa (P<0,05) no teor de LFV entre as forrageiras e os níveis de irrigação. A irrigação aumentou a PMS/ha, e diminuiu o teor de PB e elevou o teor das frações menos degradáveis da PB. O capim Andropogon apresentou a maior produção de MS por hectare, bem como disponibilizou maior quantidade de folhas verdes, mesmo no nível não irrigado. O capim Aruana apresentou maiores teores das frações A e B2 da PB no nível não irrigado. No segundo experimento, objetivou-se avaliar a produção de gás in vitro de quatro espécies forrageiras (Urochloa brizantha cv. MG5, Andropogon gayanus, Urochloa humidicola e Digitaria umfolozi) submetidas a dois níveis de irrigação, com quatro repetições. O delineamento experimental foi em blocos completos ao acaso em esquema fatorial 4x2. As amostras colhidas foram subdivididas e fracionadas em lâminas foliares verdes (LFV), colmo verde (colmo + bainha foliar) e materiais mortos (MM, perfilhos e folhas 9 mortas), posteriormente secos e pesados. As amostras de LFV de cada forrageira submetidas aos dois níveis de irrigação foram analisadas quanto a Produção de gás in vitro nos tempos de 2, 4, 6, 8, 10, 12, 15, 19, 24, 30, 36, 48, 72 e 96 horas de incubação. Também foi feita a analise de pH e N-amoniacal nas diferentes forrageiras nos tempos de 4, 8 e 12 horas de incubação. O capim Andropogon apresentou menor produção de gás acumulada (ml) a partir das 12 horas de incubação, influenciado pelos elevados teores de LDA e FDA, apresentados por essa forrageira. Os teores de LDA e FDA também influenciaram no desaparecimento da MS e MO do capim Andropogon, sendo o que apresentou as menores taxas.
Keywords: Zootecnia
Bromatologia
Análise de alimentos
Plantas forrageiras
Irrigação agrícola
Food
Forage plants
Irrigation farming
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA
Language: por
Program Affiliation: Pós-Graduação em Zootecnia
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/6355
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VINICIUS_SILVA_OLIVEIRA.pdf733,16 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.