Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10019
Document Type: Dissertação
Title: Pimenta rosa (Schinus terebinthifolius Raddi) : compostos presentes nos frutos e suas atividades antioxidante e anti-inflamatória
Authors: Macedo, Nayara Bispo
Issue Date: 10-Oct-2018
Advisor: Oliveira e Silva, Ana Mara de
Resumo : Schinus terebinthifolius Raddi, popularmente conhecida como pimenta brasileira ou pimenta rosa, é comumente utilizada para fins medicinais e apresenta importante potencial econômico e gastronômico para a população brasileira, além de ser amplamente utilizada na culinária francesa, no Peru e Chile. Estudos recentes demonstram que o consumo de especiarias pode contribuir para a redução do risco de doenças crônicas, e esta proteção está associada principalmente às propriedades antioxidante e anti-inflamatória. Desse modo, objetivou-se identificar e quantificar os compostos presentes no fruto da S. terebinthifolius, nos extratos e óleo essencial, além de avaliar a capacidade antioxidante e anti-inflamatória. Foi realizada a determinação do teor de compostos fenólicos e flavonoides totais nos extratos aquoso e etanólico e de terpenos no óleo essencial, por meio de análises colorimétricas e cromatográficas, bem como a avaliação da atividade antioxidante por diferentes métodos in vitro incluindo métodos baseados na captura de radicais orgânicos, capacidade redutora e na inibição da oxidação lipídica. Além disso, foi determinada a atividade anti-inflamatória e antioxidante em modelo de edema de orelha, por meio da avaliação da mieloperoxidase (MPO), poder de redução do ferro (FRAP) e enzimas catalase e superóxido dismutase. Em relação à atividade antioxidante, os resultados indicam boa atividade de captura de radicais livres em ambos extratos, sendo que o extrato etanólico mostrou melhor atividade de captura do radical 2,2'- azinobis(3-etilbenzotiazolina-6-ácido-sulfônico) (ABTS). Foi observada boa atividade redutora, principalmente do extrato aquoso, e proteção contra oxidação lipídica de ambos extratos. Esta atividade pode estar associada ao conteúdo dos ácidos gálico e cafeico e dos flavonoides naringenina e quercetina. Já no óleo essencial os compostos γ-3-careno, α-felandreno, β-felandreno, α-pineno e elemol representam mais de 80% dos compostos encontrados e foi observada atividade antioxidante pela captura de radicais livres e pelo potencial de redução. No modelo de edema de orelha, o extrato etanólico diminuiu a formação do edema induzido pelo 12-O-tetradecanoilforbol acetato (TPA) e a atividade da enzima MPO, provavelmente por modular a translocação de neutrófilos. Desse modo, a avaliação dos compostos presentes no fruto de S. terebinthifolius indicam que esta pimenta pode representar uma fonte de compostos com importante atividade biológica e assim, deve ser melhor explorada e compreendida, reforçando o papel que as ervas e especiarias tem na culinária e seus possíveis benefícios à saúde.
Keywords: Nutrição
Pimenta
Antioxidantes
Inflamação
Schinus terebinthifolius
Subject CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Ciências da Nutrição
Citation: MACEDO, Nayara Bispo. Pimenta rosa (Schinus terebinthifolius Raddi) : compostos presentes nos frutos e suas atividades antioxidante e anti-inflamatória. 2018. 122 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Nutrição) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2018.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10019
Appears in Collections:Mestrado em Ciências da Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NAYARA_BISPO_MACEDO.pdf1,89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.