Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10069
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorBernardo, Aline Cajé-
dc.contributor.editorZacchi, Vanderlei José-
dc.contributor.editorMorato, Rosinadja Batista dos Santos-
dc.date.accessioned2018-12-05T23:19:54Z-
dc.date.available2018-12-05T23:19:54Z-
dc.date.issued2018-
dc.identifier.citationBERNARDO, A. C. O inglês como disciplina escolar: dos discursos oficiais à prática. In: SEMINÁRIO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES E ENSINO DE LÍNGUA INGLESA, 4., 2018, São Cristóvão, SE. Anais eletrônicos [...]. São Cristóvão, SE: LINC/UFS, 2018. p. 39-50.pt_BR
dc.identifier.issn2236-2061-
dc.identifier.urihttp://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10069-
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPESpt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.relation.ispartofAnais Eletrônicos do IV SEFELI, v. 4, 2018pt_BR
dc.subjectLíngua inglesapor
dc.subjectEnsino de língua inglesapor
dc.subjectEnsinopor
dc.subjectDisciplina escolarpor
dc.subjectOrientações curricularespor
dc.titleO inglês como disciplina escolar: dos discursos oficiais à práticapt_BR
dc.typeTrabalhos em Eventospt_BR
dc.identifier.licenseAutorização para publicação no Repositório Institucional da Universidade Federal de Sergipe (RIUFS) concedida pelo editor.pt_BR
dc.description.resumoNa contemporaneidade, o inglês é o idioma mais ensinado nas escolas em todo o mundo. Recentemente, no Brasil, ele se tornou a língua estrangeira obrigatória tanto no Ensino Fundamental II quanto no Ensino Médio. A despeito da posição alcançada por este idioma na legislação, seu ensino tem passado por restrições nas escolas brasileiras. Este artigo, fruto de reflexões de uma pesquisa de doutorado em andamento, busca analisar especificidades dessa disciplina enquanto objeto de ensino, com base em Charlot (2000), Freeman (2016) e Revuz (1998). Busca analisar também as contradições existentes entre os objetivos delineados para este componente nas orientações curriculares nacionais e locais (BRASIL, 1998; 2006; 2017; ARACAJU, 2008), a prática de seu ensino nas escolas, e o seu papel no Exame Nacional de Ensino Médio – ENEM. Para tanto, além da literatura específica da área do ensino de línguas, são considerados dados estatísticos do ENEM do período de 2000 a 2014, e alguns depoimentos de professores da rede pública de ensino.pt_BR
dc.publisher.initialsLINC/UFSpt_BR
dc.description.localSão Cristóvão, SEpt_BR
Aparece nas coleções:IV Seminário Formação de Professores e Ensino de Língua Inglesa

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
InglesDisciplinaEscolar.pdf200,74 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.