Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10141
Document Type: Monografia
Title: Identificação das perdas que geram atraso e custo em uma obra pública : estudo de caso
Authors: Lima, Aline Rocha Santana
Issue Date: 29-May-2018
Advisor: Santos, Débora de Gois
Co-advisor: Lima, Renan Tenório de Araújo
Resumo : Diversas causas comprometem o planejamento físico-fincanceiro de uma obra. Algumas delas se encaixam na classificação de perdas proposta pelo Sistema Toyota de Produção (STP) e na perda definida por Koskela (2004) como making-do. Em obras públicas, a ocorrência dessas perdas é ainda mais comum e tem como agravante os problemas do processo licitatório. A construção enxuta, proposta por Koskela (1992), por sua vez, propõe princípios que, quando aplicados, podem reduzir as perdas. Estas, para a construção civil, constituem um entrave aos custos e prazos definidos anteriormente à execução. O trabalho inacabado definido por Fireman, Formoso e Isatto (2013) como pacotes de trabalho que não são executados dentro do prazo previsto é, segundo os mesmos autores, responsável por desencadear o making-do. Dentre as consequências do making-do, encontra-se o retrabalho que exige o retorno da mão-de-obra para refazer o serviço até que o produto atinja a qualidade esperada, dessa forma, trazendo impactos ao planejamento de custos e prazo da obra. O objetivo do trabalho foi identificar quais perdas ocorrem, na execução do revistimento cerâmico, em uma obra pública, relacionando as mesmas com os impactos no custo e prazo dos serviços previstos. O objeto de pesquisa foi uma obra do município de Nossa Senhora do Socorro, Sergipe, que estava executando, dentre outros serviços, o revestimento cerâmico interno. A metodologia englobou um estudo de caso, com pesquisa documental de caráter qualitativo e descritivo. Utilizou-se como ferramenta de pesquisa a pesquisa documental (planilha orçamentária, visitas técnicas, aditivos e cronograma físicico-financeiro). Houve também consulta a projetos e levantamentos quantitativos. Os resultados mostraram que durante a execução do serviço, cinco perdas do STP ocorreram, além do making-do. Notaram-se também exemplos de retrabalho e trabalho inacabado. Através da análise comparativa entre o planejado e o executado, sugere-se o aumento de custo e impactos no prazo global. Foi também através dessa análise que as falhas no processo licitatório nas fases preliminar e interna foram identificadas assim como seus respectivos impactos no custo e prazo
Keywords: Engenharia Civil
Ensino de engenharia civil
Construção civil
Obras públicas
Contrução enxuta
Trabalho inacabado
Retrabalho
Subject CNPQ: ENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL::CONSTRUCAO CIVIL
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Department: DEC - Departamento de Engenharia Civil – São Cristóvão - Presencial
Citation: Lima, Aline Rocha Santana. Identificação das perdas que geram atraso e custo em uma obra pública : estudo de caso. São Cristóvão, SE, 2018. Monografia – Departamento de Engenharia Civil, Centro de Ciências Exatas e Tecnologia, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2018
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10141
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Aline_Rocha_Santana_Lima.pdf1,7 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.