Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10546
Document Type: Relatório
Title: Registro e estudo da poesia oral produzida no agreste sergipano no âmbito da cultura vaqueira
Authors: Melo, Mateus Costa
Issue Date: 2018
Advisor: Quintella, Vilma Mota
Resumo : O presente estudo originou-se na principal ideia de “escavação” e de reafirmação, tanto das raízes quanto da contemporaneidade, do movimento poético existente no agreste de Sergipe no âmbito da cultura vaqueira. A pesquisa feita, em parceria com a COPES/UFS em seu projeto de bolsas para o PIBIC, foi realizada em duas etapas: a primeira, consistiu numa busca bibliográfica das raízes do movimento cultural/poético no Nordeste brasileiro e sua ramificação no agreste sergipano. Ainda nessa fase, foi-me necessário, para um melhor entendimento das particularidades inerentes à tradição oral, um aprofundamento teórico sobre o assunto, o que me auxiliou na melhor percepção do funcionamento da oralidade poética em sua especificidade cultural. Para isso, utilizei-me, inicialmente, dos estudos de autores como Walter Ong (Oralidade e cultura escrita,1998), Marshall McLuhan (A galáxia de Gutenberg,1972) e Paul Zumthor (Performance, recepção e leitura, 2000 e A letra e a voz, 1993). Já adentrando, propriamente, no tema estudado, os estudos que me direcionaram e me serviram como base teórica foram: José de Alencar (O nosso cancioneiro,1994), Luís da Câmara Cascudo (Vaqueiros e cantadores,1984), Almeida Garret (Romanceiro, 1875) e, ainda, Sílvio Romero (Cantos populares do Brasil, Vol. I e II, 1885). Com base nesse estudo prévio sobre a poesia oral formada no Brasil, em meio ao processo de formação sócio-cultural do Nordeste brasileiro. Neste estudo trato de contextualizá-la historicamente e, logo em seguida, destaco as modalidades encontradas, ainda hoje, em festas de vaquejadas e encontros de poetas cantadores, de modo a ressaltar aspectos que definem a sua natureza poética e tradicionalmente nordestina. A segunda etapa, consistiu nos trabalhos realizados in loco. Para isso, desloquei-me até a alguns poetas cantadores locais e, deles, coletei extensas gravações em áudio e vídeo, as quais transcrevi, para, com este material em mãos, catalogá-lo e analisá-lo. Após catalogar e analisar, procedo a uma classificação das poesias, de forma a evidenciar as suas particularidades temáticas e composicionais, com o objetivo de reafirmar a cultura nordestina presente no agreste sergipano contemporâneo e trazer este material colhido, catalogado e analisado, junto às suas respectivas propostas de discussão, ao debate acadêmico. Ademais, a importância de mais pesquisas nessa área torna-se preponderante, haja vista sua importância na reafirmação cultural de um povo, com ainda o objetivo de usar desses conhecimentos adquiridos para fins didáticos a serem trabalhados com futuros alunos, os quais possuem dissolvido em sua realidade esse imaginário poético/cultural e em seu modo de vida.
Keywords: Poesia
Poesia oral
Oralidade
Produção artística
Itabaiana (SE)
Agreste sergipano
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe - Pró-reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa - Coordenação de Pesquisa
License: Creative Commons Atribuição-Sem Derivações 4.0 Internacional (CC BY-ND 4.0)
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10546
Appears in Collections:28º Encontro de Iniciação Científica da UFS
Linguística, Letras e Artes - PIBIC 2017/2018
Relatórios de Iniciação Científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RegistroEstudoPoesiaOral.pdf571,78 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.