Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/1144
Document Type: Artigo
Title: Infecções em dispositivos neurológicos implantáveis em crianças e adolescentes
Authors: Silva, Ângela Maria da
Lima, Márcia Maria Macêdo
Pereira, Carlos Umberto
Issue Date: 2007
Abstract: OBJETIVO: Determinar a freqüência, as causas, o sítio específico e as manifestações clínicas e laboratoriais das infecções em crianças e adolescentes após a implantação de dispositivos neurológicos (DVP) no Hospital Governador João Alves Filho (Aracaju SE). MÉTODO: Estudo prospectivo, observacional, não controlado de 50 pacientes, submetidos a DVP (58 procedimentos), no período de janeiro de 2003 a outubro de 2004. RESULTADOS: Observaram-se taxas de infecção por procedimento de 27,6%, taxas de infecção de índice cirúrgico zero, 1 e 2 de 25,7% e 30,4%, respectivamente (NNIS-CDC). A infecção de sítio cirúrgico foi a principal complicação com 50% das infecções. CONCLUSÃO: Taxa de infecção por procedimento, paciente e índice de risco cirúrgico mostraram-se elevadas. Não houve significância estatística com relação à idade, etiologia da hidrocefalia, ao tipo de procedimento (derivação primária e reinserção), tempo de internação pré-operatória, duração da cirurgia, antibioticoprofilaxia, cateter SNC prévio e índice de risco cirúrgico. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT: OBJECTIVE: To determine frequency, etiology, site and clinical and laboratory findings of ventriculoperitoneal shunt (VPS) infections in children and adolescents with hydrocephalus managed in Hospital Governador João Alves Filho, Aracaju SE, Brazil. METHOD: A non-controlled prospective observational study comprising 50 patients that underwent VPS (58 procedures) from January/2003 to October/2004. RESULTS: Infection rate per procedure was 27.6%; surgical risk index (NNISS-CDC) 0 and 1-2 were 25.7% and 30.4% respectively; surgical site infection was the main complication with 50% of the cases. CONCLUSION: Infection rates per procedure, per patient, and per surgical risk index were high. No statistical differences were found related to the following: age, etiology of hydrocephalus, type of procedure, pre-operative length of stay, duration of procedure, antibiotic prophylaxis, previous central nervous system catheter, and surgical risk index.
Keywords: Hidrocefalia
Derivação ventrículoperitoneal
Infecção em sistema de derivação ventrículo-peritoneal
ISSN: 0004-282X
Publisher / Institution : Associação Arquivos de Neuro-Psiquiatria
Citation: LIMA, M. M. M.; PEREIRA, C. U.; SILVA, A. M. Infecções em dispositivos neurológicos implantáveis em crianças e adolescentes. Arquivos de Neuro-Psiquiatria, São Paulo, v. 65, n. 1, p. 118-123, 2007. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2007000100024>. Acesso em: 5 set. 2014.
License: Creative Commons Attribution License
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/1144
Appears in Collections:DME - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
InfecçõesEmDispositivos.pdf69,59 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.