Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/11926
Document Type: Tese
Title: Americanismo e antiamericanismo : o ensino de inglês no Brasil de 1931-1951
Authors: Gomes, Rodrigo Belfort
Issue Date: 26-Feb-2019
Advisor: Oliveira, Luiz Eduardo Meneses de
Resumo : Esta Tese tem como objetivo investigar a trajetória do ensino de Inglês entre o período de 1931 a 1951, frente à institucionalização do Método Direto no Brasil e à luz das questões do americanismo e antiamericanismo. Para tanto, fez-se necessário o estudo da legislação educacional, das políticas norte-americanas no Brasil e dos jornais de circulação da época, além da análise dos livros didáticos, quanto à sua constituição e ao grau de conformidade com o Método Direto e a lei, em um momento de expansão do ensino da Língua Inglesa diante da interferência cultural, política e econômica dos Estados Unidos. Para este estudo, foram feitas pesquisas no NUDOM e na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, bem como em acervos digitais de bibliotecas brasileiras e estrangeiras, no que se refere a livros destinados ao ensino de Língua Inglesa, publicados no recorte entre 1931 e 1951. Também foram analisados jornais disponíveis na Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional, que datam desse período. Com o estudo realizado, foi possível perceber a inclusão de alguns pontos do Método Direto em livros didáticos de Inglês da década de 30 e 40, bem como ocorrências desse método em jornais da época, por meio de anúncios ou matérias. Ao mesmo tempo, percebeu-se, também, uma dificuldade em romper com práticas seculares, como as do ensino dedutivo da gramática e do uso da tradução. Foi constatada uma forte presença norte-americana, por intermédio de ações em diversas frentes que impulsionaram a Língua Inglesa no Brasil e um sentimento de repulsa por parte da população, como pode ser visto, por exemplo, nas letras de samba, que se posicionavam de forma crítica frente à interferência dos Estados Unidos em terras brasileiras. Este antiamericanismo, no entanto, foi incapaz de impedir a promoção do ensino de Inglês no Brasil.
Abstract: The aim of this thesis is to investigate the trajectory of English language teaching in Brazil between 1931 and 1951, beginning with the institutionalization of the Direct Method and taking into consideration the concepts of Americanism and anti-Americanism. In order to achieve this, it was necessary to study the educational legislation, U.S. policies in Brazil and newspapers from the time period. It was also necessary to conduct an analysis of the content of the English textbooks, paying special attention to their degree of compliance with the Direct Method and educational law, in a moment that saw both the expansion of English language teaching and the increasing cultural, political and economic interference of the United States. The research conducted for this study took place at NUDOM and at the National Library of Rio de Janeiro, as well as in digital collections of Brazilian and foreign libraries, primarily in books intended to teach the English language published between 1931 and 1951. Newspapers from this period housed in the Digital Library of the National Library were also analyzed. This study ultimately revealed the inclusion of some points of the Direct Method in the English textbooks of the 30s and 40s, as well as several mentions of this method in advertisements and articles in newspapers from the time period. In addition to these findings, it became clear that there was also great difficulty in breaking with secular practices, such as the deductive teaching of grammar and the use of translation. A strong American presence was observed in actions on many fronts that strengthened the teaching of the English language in Brazil, despite the feelings of repulsion on the part of the population, which can be seen in the lyrics of several samba songs that were critical of the United States’ interference in Brazil. This anti-Americanism sentiment, however, was unable to prevent the advancement of English language teaching in Brazil.
Keywords: Educação
Língua inglesa
Ensino de língua inglesa
História do ensino de língua inglesa
Livros didáticos
Regionalismos
Estados Unidos
Antiamericanismo
Americanismo
Método direto (Ensino)
Americanism
Anti-Americanism
English language
Textbook
Direct method
Subject CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Educação
Citation: GOMES, Rodrigo Belfort. Americanismo e antiamericanismo : o ensino de inglês no Brasil de 1931-1951. 2019. 204 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2019.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/11926
Appears in Collections:Doutorado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RODRIGO_BELFORT_GOMES.pdf20,19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.