Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/12505
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSouza, Idiana Santos-
dc.date.accessioned2019-12-20T16:40:47Z-
dc.date.available2019-12-20T16:40:47Z-
dc.date.issued2019-09-23-
dc.identifier.citationSOUZA, Idiana Santos. Questionário de frequência alimentar de alimentos com alto teor de sódio : uso do método das tríades na sua validação. 2019. 67 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Nutrição) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/12505-
dc.description.abstractIntroduction: Morbimortality rates due to Systemic Arterial Hypertension remain high in Brazil and worldwide. A validated FFQ to estimate sodium intake may assist in identification of individuals at risk of developing hypertension. Objective: To validate an instrument for assessing the consumption of high in sodium foods in adult population, and to verify the reproducibility. Methods: Cross-sectional study, sampling of 50 individuals ≥18 years, both sexes. Applied 4 R24h, QFA-ATS twice, and a socioeconomic and dietary habits questionnaire. Collected two 24-hour urinary excretions for sodium analysis, besides anthropometry. The Kolmogorov-Smirnov test verified data distribution. Calculated Spearman's correlation coefficients, and used the triad method by validity coefficient (ρ) for validation. For reproducibility, used the ICC and IC95%, Kappa coefficient, and Bland-Altman graphs for agreement. Sodium adjusted by the residual method. Results: Validity coefficients for energy adjusted sodium considered high for R24h (ρRIR = 0.85), and weak for QFA-ATS (ρQFAIR = 0.26), and Biomarker (ρBIR = 0.20). ICC for crude sodium was 0.686 and 0.541 for adjusted. Weighted Kappa was 0.491 (p<0.01) and 0.260 (p=0.024) for raw and adjusted sodium respectively. Conclusion: Although the QFA-ATS is reproducible, it is not valid for evaluation of sodium intake, and should not use alone for this purpose.eng
dc.description.sponsorshipFundação de Apoio a Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe - FAPITEC/SEpt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.subjectSódiopor
dc.subjectDietapor
dc.subjectConsumo alimentarpor
dc.subjectEstudos de validaçãopor
dc.subjectTeor de sódio alimentíciopor
dc.subjectFood consumptioneng
dc.subjectSodiumeng
dc.subjectValidation studieseng
dc.subjectDietaryeng
dc.subjectSódio na dietapor
dc.titleQuestionário de frequência alimentar de alimentos com alto teor de sódio : uso do método das tríades na sua validaçãopt_BR
dc.title.alternativeFood frequency questionnaire for foods high in sodium : a validation with the triads methodeng
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisor1Barbosa, Kiriaque Barra Ferreira-
dc.description.resumoIntrodução: As taxas de morbimortalidade decorrentes de Hipertensão Arterial Sistêmica permanecem elevadas no Brasil e no mundo. Um QFA validado para estimar a ingestão de sódio poderá auxiliar na identificação dos indivíduos em risco de desenvolver hipertensão arterial. Objetivo: Validar instrumento de avaliação do consumo de alimentos com alto teor de sódio em população ≥18 anos e testar sua reprodutibilidade. Métodos: Estudo transversal, conduzido com 50 indivíduos ≥18 anos, de ambos os sexos. Foram aplicados 4 R24h, QFA-ATS no início e no fim de um semestre e questionário socioeconômico e de hábitos alimentares. Foram coletadas duas excreções urinárias de 24h para análise de sódio, além de antropometria. Para validação utilizou-se o método das tríades mediante coeficiente de validade (ρ). Para reprodutibilidade empregou-se o ICC e IC95%, coeficiente de Kappa e gráficos de Bland-Altman para concordância. Adotou-se o teste de Kolmogorov-Smirnov para verificar a distribuição dos dados. Os coeficientes de correlação de Spearman entre os métodos foram calculados e sódio foi ajustado pelo método residual. Resultados: Os coeficientes de validade para sódio ajustado pela energia foram considerados elevados para R24h (ρRIR=0,85) e fracos para QFA-ATS (ρQFAIR=0,26) e Biomarcador (ρBIR=0,20). O ICC para sódio bruto foi de 0,686 e 0,541 para o ajustado. Coeficiente de Kappa ponderado foi de 0,491 (p<0,01) e 0,260 (p=0,024) para sódio bruto e ajustado, respectivamente. Conclusão: Embora o QFA-ATS seja reprodutível, não é válido para avaliação da ingestão de sódio, não podendo ser utilizado isoladamente para este fim.pt_BR
dc.publisher.programPós-Graduação em Ciências da Nutriçãopt_BR
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAOpt_BR
dc.publisher.initialsUniversidade Federal de Sergipept_BR
dc.contributor.advisor-co1Freire, Analícia Rocha Santos-
dc.description.localSão Cristóvão, SEpt_BR
Appears in Collections:Mestrado em Ciências da Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IDIANA_SANTOS_SOUZA.pdf1,58 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.