Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/12681
Document Type: Dissertação
Title: Avaliação do uso da Erythrina velutina Willd como agente fitorremediador de solo agrícola contaminado com hidrocarbonetos policíclicos aromáticos
Other Titles: Evaluation of the use of Erythrina velutina Willd as a phytoremediation agent in agricultural soil contaminated with polycyclic aromatic hydrocarbons
Authors: Rodrigues, Alan Carlos Rezende
Issue Date: 4-Feb-2020
Advisor: Damasceno, Flaviana Cardoso
Co-advisor: Silva-Mann, Renata
Resumo : Os hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA) são compostos orgânicos presentes no meio ambiente considerados poluidores, sendo que esses apresentam potencial carcinogênico e mutagênico. Umas das técnicas empregadas para remoção de poluente do ambiente é a fitorremediação, que utiliza plantas para recuperar solos contaminados e apresenta vantagens devido à sua natureza permanente, além de ser economicamente viável. O objetivo com este trabalho foi avaliar o potencial de remediação de solos contaminados com HPA utilizando a espécie Erythrina velutina Willd (mulungu). A seleção desta espécie foi baseada em características como rápido crescimento e apresentam raízes alongadas. Suas sementes foram submetidas a testes de germinação com taxas de aproximadamente 70% em solo contendo HPA, que foi coletado em uma usina de cana-de-açúcar localizada no município de Laranjeiras/SE. Este solo foi classificado como Argissolo Vermelho-Amarelo eutrófico e sua caracterização indicou ser um solo rico em matéria orgânica. Enquanto os teores de alumínio, sódio e potássio foram baixos, os de cálcio, magnésio e fósforo encontrados foram altos. Os 16 HPA USEPA foram extraídos por ultrassom e analisados por cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas. A Erythrina velutina apresentou uma eficiência de remoção que variou entre 31,6 a 100% para os 16 HPA no período total de 120 dias, sendo que o somatório dos HPA presentes no solo apresentou ao final do período avaliado 70% de redução. Na análise das folhas do mulungu as concentrações dos HPA variaram entre 8,60 a 343,91 ng g-1 , apresentando somente HPA de baixa massa molar. Nas raízes as concentrações foram entre 5,72 a 509,63 ng g-1 e dos 16 HPA avaliados apenas o acenafteno não foi detectado. No período de 120 dias de fitorremediação, a espécie apresentou boa capacidade de remoção dos compostos estudados, seu desenvolvimento não foi inibido pela presença dos contaminantes e, portanto, pode ser indicada como uma espécie viável para reflorestamento de áreas degradadas.
Abstract: Polycyclic aromatic hydrocarbons (HPA) are organic compounds present in the environment considered to be pollutants, which have carcinogenic and mutagenic potential. One of the techniques used to remove pollutants from the environment is phytoremediation, which uses plants to recover contaminated soil and has advantages due to its permanent nature, besides being economically viable. The aim of this work was soil remediation using the Erythrina velutina Willd plant species to remove PAH. The selection of this species was based on its characteristics such as rapid growth and elongated roots, among other characteristics that make them phytoremediation potentials. Its seeds were submitted to germination tests with rates of approximately 70% in soils containing PAH. The experiment was carried out with a soil sample from the Usina São José do Pinheiro, located in Laranjeiras/SE. This soil was classified as eutrophic Red-Yellow Argisol and its characterization indicated to be a soil rich in organic matter. While the levels of aluminum, sodium and potassium were low, those of calcium, magnesium and phosphorus were high. The 16 PAH USEPA were extracted by ultrasound and analyzed by gas chromatography coupled with mass spectrometry. Erythrina velutina showed a removal efficiency that ranged from 31.6 to 100% for the 16 PAH in the total period of 120 days, and the sum of the HPA present in the soil showed 70% reduction at the end of the evaluated period. In the analysis of mulungu leaves, HPA concentrations ranged from 8.60 to 343,91 ng g-1 , and only lower molar compounds were detected. In the roots were found concentrations between 5.72 to 509.63 ng g-1 and of the 16 PAH evaluated only acenaphthen was not detected. During the phytoremediation period, the species showed good removal capacity of the studied compounds, and their development was not inhibited in the presence of contaminants and, therefore, can be indicated as a viable species for reforestation of degraded areas.
Keywords: Química
Fitorremediação
Erithryna velutina Willd
Solos
Descontaminação do solo
Hidrocarbonetos
Hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA)
Mulungu
Contaminação do solo
GC-MS/MS
Phytoremediation
Polycyclic aromatic hydrocarbons (PAH)
Contaminated soil
Subject CNPQ: CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Language: por
Institution: Universidade Federal de Sergipe
Program Affiliation: Pós-Graduação em Química
Citation: RODRIGUES, Alan Carlos Rezende. Avaliação do uso da Erythrina velutina Willd como agente fitorremediador de solo agrícola contaminado com hidrocarbonetos policíclicos aromáticos. 2020. 135 f. Dissertação (Mestrado em Química) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2020.
URI: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/12681
Appears in Collections:Mestrado em Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ALAN_CARLOS_REZENDE_RODRIGUES.pdf2,72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.