Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/1284
Tipo de Documento: Artigo
Título: Ecocardiografia sob estresse físico na identificação de doença arterial coronariana em idosos com incompetência cronotrópica
Título(s) alternativo(s): Exercise stress echocardiography in the identification of coronary artery disease in the elderly with chronotropic incompetence
Autor(es): Sousa, Antônio Carlos Sobral
Oliveira, Joselina Luzia Menezes
Goes, Thiago Jônatas Santos
Santana, Thaiana Aragão
Silva, Isabela Souza
Travassos, Thiago Figueiredo
Teles, Lívia Dantas
Barreto, Martha Azevedo
Barreto Filho, José Augusto Soares
D'Oliveira Júnior, Argemiro
Data do documento: Ago-2007
Abstract: FUNDAMENTO: A incompetência cronotrópica (ICT) é freqüente em pacientes idosos e pode limitar o papel do teste ergométrico na identificação da doença arterial coronariana (DAC) nessa população. OBJETIVO: Avaliar o valor da ICT, em uma população idosa, no diagnóstico da DAC. MÉTODOS: Foram estudados 3.308 pacientes, desses, 804 eram idosos (idade >65 anos) que se submeteram a ecocardiografia sob estresse pelo esforço físico (EEEF). Com base na freqüência cardíaca (FC) alcançada durante o teste ergométrico, subdivididos em dois grupos: G1 – 150 pacientes que não atingiram 85% da FC preconizada para a idade e G2 – 654 pacientes que conseguiram atingir. Os grupos foram comparados quanto a características clínicas, índice de contratilidade segmentar do ventrículo esquerdo (IMVE) e cineangiocoronariografia (CACG). RESULTADOS: As características clínicas foram similares entre os grupos. O IMVE foi maior em G1 do que em G2, tanto no repouso (1.09 ± 0.21 versus 1.04 ± 0,15) quanto após esforço (1.15 ± 0.29 versus 1.08 ± 0.2) (p < 0,001). As anormalidades na contratilidade das paredes foram mais freqüentes em G1 do que em G2 (55% versus 37%; p < 0,05), sugerindo que pacientes idosos com ICT apresentam maior freqüência de DAC. Realizou-se CACG em 69% das EEEF positiva para isquemia miocárdica. No G1, 91% dos pacientes com EEEF positivo para isquemia realmente eram portadores doença obstrutiva arterial coronariana (>50%) versus 84,5% em G2. CONCLUSÃO: A ICT está associada à maior freqüência de alterações contráteis em população idosa e adiciona valor preditivo positivo à EEEF ao identificar pacientes com DAC obstrutiva. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT: Background: Chronotropic incompetence (CTI) is frequent in elderly patients and may limit the role of the exercise test in the identification of coronary artery disease (CAD) in this population. Objective: To assess the value of CTI in an elderly population in the diagnosis of CAD. Methods: A total of 3,308 patients were studied, 804 were elderly individuals (age > 65 years) who underwent exercise stress echocardiography (ESE). Based on the heart rate (HR) reached during the exercise test, were divided into two groups: G1 150 patients who did not reach 85% of the age-predicted HR, and G2 654 patients who did. The groups were compared to clinical characteristics, segmental left ventricular contractility rate (WMSI) and coronary angiography (CAG). Results: Clinical characteristics were similar between the groups. WMSI was higher in G1 than in G2, both at rest (1.09 ± 0.21 versus 1.04 ± 0.15) and after exercise (1.15 ± 0.29 versus 1.08 ± 0.2) (p < 0.001). Abnormalities in wall contractility were more frequent in G1 than in G2 (55% versus 37%; p < 0.05), thus suggesting that elderly with CTI have a higher frequency of CAD. CAG was performed in 69% ESE positive for myocardial ischemia. In the G1 group, 91% of the ESE were true positive versus 84.5% in G2, that is, presence of obstructive coronary artery disease (> 50%). Conclusion: CTI is associated with a higher frequency of contractile alterations in the elderly population and adds a positive predictive value to ESE in the identification of patients with obstructive CAD.
Palavras-chave: Ecocardiografia
Incompetência cronotrópica
Idoso
Coronariopatia
ISSN: 0066-782X
Instituição/Editora: Arquivos Brasileiros de Cardiologia
Citação: OLIVEIRA, J. L. M. et. al. Ecocardiografia sob estresse físico na identificação de doença arterial coronariana em idosos com incompetência cronotrópica. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, São Paulo, v. 89, n. 2, ago. 2007. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2007001400007>. Acesso em: 03 out. 2014.
Licença: Licença Creative Commons
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/1284
Aparece nas coleções:DME - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EcocardiografiaSobEstresse.pdf275,63 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.