Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/1301
Tipo de Documento: Artigo
Título: Parâmetros clínicos e ecocardiográficos associados a baixo índice cronotrópico em pacientes não idosos
Título(s) alternativo(s): Clinical and echocardiographic parameters associated with low chronotropic index in non-elderly patients
Autor(es): Sousa, Antônio Carlos Sobral
Secundo, Paulo Fernando Carvalho
Santos, Bruno Fernandes de Oliveira
Secundo Júnior, José Alves
Silva, Joiciane Bárbara da
Souza, Adriana Ribeiro de
Faro, Gustavo Baptista de Almeida
Barreto Filho, José Augusto Soares
Oliveira, Joselina Luzia Menezes
Data do documento: 5-Abr-2012
Abstract: FUNDAMENTO: Apesar das inúmeras evidências de aumento da morbimortalidade, a incompetência cronotrópica (IC) ainda não é um diagnóstico rotineiro e bem definido nos protocolos de avaliação cardiológica e sua importância clínica ainda é subestimada. OBJETIVO: Avaliar os parâmetros clínicos e ecocardiográficos associados à IC em pacientes não idosos submetidos à ecocardiografia sob estresse físico (EEF). MÉTODOS: Foram avaliados 1.798 pacientes com idade média de 48,4 ± 7,5 anos submetidos à EEF entre Janeiro/2000 e Agosto/2009. Pacientes com índice cronotrópico menor que 0,8 foram considerados incompetentes cronotrópicos e comparados aos competentes quanto às características clínicas e ecocardiográficas. RESULTADOS: A duração do esforço físico foi em média de 9,3 ± 2,4 minutos. Duzentos e setenta (15%) pacientes eram incompetentes cronotrópicos. O índice cronotrópico de tal grupo foi de 0,7 ± 0,1 vs. 1,0 ± 0,1 para os competentes. A análise de regressão logística multivariada identificou os seguintes parâmetros como independentemente associados à IC: dispneia no exame [odds ratio (OR) = 4,27; p < 0,0001], dor torácica prévia na história clínica (OR = 1,51; p = 0,0111), maiores valores de índice de massa do ventrículo esquerdo nos incompetentes (IMVE) (OR = 1,16; p = 0,0001), equivalentes metabólicos (METs) (OR = 0,70; p = 0,0001), infradesnivelamento do segmento ST (OR = 0,58; p = 0,0003) e elevação da pressão arterial sistólica (ΔPAS) (OR = 0,87; p = 0,0011). Isquemia miocárdica não se associou à IC. CONCLUSÃO: A IC está associada a parâmetros funcionais, tais como: dispneia ao esforço, história de dor torácica e menores valores de METS. Está também associada ao parâmetro estrutural índice de massa do ventrículo esquerdo. Além disso, incompetência cronotrópica não parece aumentar a chance de isquemia miocárdica em pacientes não idosos. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT: BACKGROUND: Despite abundant evidence of increased morbidity and mortality, chronotropic incompetence (CI) is not a routine diagnosis well defined in protocols of cardiac evaluation and its clinical importance is still underestimated. OBJECTIVE: To evaluate the clinical and echocardiographic parameters associated with HF in non-elderly patients submitted to stress echocardiography (SE). METHODS: One thousand seven hundred ninety-eight patients with a mean age of 48.4 ± 7.5 years, who underwent SE between January/2000 and August/2009 were evaluated. Patients with chronotropic index smaller than 0.8 were considered chronotropic incompetent as compared to competent patients as to clinical and echocardiographic characteristics. RESULTS: The duration of the exercise was 9.3 ± 2.4 minutes on average. Two hundred and seventy (15%) patients were chronotropic incompetent. The chronotropic index of this group was 0.7 ± 0.1 vs. 1.0 ± 0.1 for competent patients. Multivariate logistic regression analysis identified the following parameters as independently associated with HF: dyspnea on examination [odds ratio (OR) = 4.27, p <0.0001], previous chest pain on medical history (OR = 1.51; p = 0.0111), higher left ventricular mass rate in incompetent patients (LVMI) (OR = 1.16, p = 0.0001), metabolic equivalents (METs) (OR = 0.70, p = 0 , 0001), ST segment depression (OR = 0.58, p = 0.0003) and high systolic blood pressure (ΔSBP) (OR = 0.87, p = 0.0011). Myocardial ischemia was not associated with HF. CONCLUSION: HF is associated with functional parameters, such as dyspnea on exertion, history of chest pain and lower METS. It is also associated with structural benchmark index of left ventricular mass. In addition, chronotropic incompetence does not appear to increase the chance of myocardial ischemia in non-elderly patients.
Palavras-chave: Esforço físico
Frequência cardíaca
Teste de esforço
Ecocardiografia sob estresse
Tolerância ao exercício
ISSN: 0066-782X
Instituição/Editora: Arquivos Brasileiros de Cardiologia
Citação: SECUNDO, P. F. C. et. al. Parâmetros clínicos e ecocardiográficos associados a baixo índice cronotrópico em pacientes não idosos. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, São Paulo, v. 98, n. 5, abr. 2012. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2012005000033>. Acesso em: 07 out. 2014.
Licença: Licença Creative Commons
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/1301
Aparece nas coleções:DME - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ParâmetrosClínicos.pdf39,05 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.