Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/1433
Document Type: Artigo
Title: Equações do movimento de suspensões particuladas com restrição de incompressibilidade
Other Titles: Equations of motion of particulate suspensions with incompressibility constraint
Authors: Silva, Antônio Santos
Santos, Edilson de Jesus
Pagano, Rogério Luz
Meneses, Lucas Diego Mota
Rocha, Carlos Philipe S.
Issue Date: 2013
Abstract: Este trabalho, no contexto de meio poroso saturado com fluido, considera o movimento de suspensão particulada na qual as densidades do sólido e do fluido puros são constantes, cujas equações dos balanços são estabelecidas pela teoria contínua de misturas sólido-fluido sem reações químicas. Por conta das densidades constantes, que caracterizam restrição de incompressibilidade, cada tensor tensão é dado por uma parte arbitrária mais outra constitutiva, como também a força de interação, a energia de interação e a energia livre de Helmholtz. As partes arbitrárias foram determinadas com base em desigualdade entrópica, sob o princípio de que a soma das produções entrópicas das mesmas é nula para todo movimento compatível com a restrição de incompressibilidade. Como resultados, foi mostrado que tal princípio produz pressões arbitrárias diferentes para as fases sólida e fluida, e, além disso, causa grande influência nas equações dos balanços de quantidade de movimento linear, uma vez que surgem novos termos de interação. Neste sentido, o conjunto de equações obtido gera sistemas com formas diferentes para o movimento de suspensões particuladas, sendo cada sistema estabelecido pelo modo como são agrupados e interpretados os termos de pressões arbitrárias e interações arbitrárias. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT: This work, in the context of saturated porous medium with fluid, considers the particulate suspension motion in which the densities of the pure solid and fluid are constants, whose equations of balance are established by the solid-fluid mixtures continuous theory without chemical reactions. Because of the constant densities that characterize the incompressibility constraint, each strain tensor is given by one arbitrary part over another constitutive, as well as the interaction force, interaction energy and the Helmholtz free energy. The arbitrary parts were determined based on entropic inequality, under the principle that the sum of the entropic outputs is zero for all motion compatible with the incompressibility constraint. As a result, it was shown that this principle produces different arbitrary pressures for solid and fluid phases and, moreover, it causes a great influence on the balance equations of linear momentum, since there are new interaction terms. Accordingly, the set of equations obtained generates systems with different ways for the motion of particulate suspensions, each system established on how the terms of arbitrary pressures and arbitrary interactions are grouped and interpreted.
Keywords: Suspensões particuladas
Restrição de incompressibilidade
Equações do movimento
Partículas
ISSN: 1808-2793
Publisher / Institution : Associação Sergipana de Ciências
Citation: SILVA, A. S. et. al. Equações do movimento de suspensões particuladas com restrição de incompressibilidade. Scientia Plena, Aracaju, v. 9, n. 11, 2013. Disponível em: <http://www.scientiaplena.org.br/sp/article/view/1503>. Acesso em: 02 fev. 2015.
License: Autorização para publicação no Repositório Institucional da Universidade Federal de Sergipe (RIUFS) concedida pelo editor
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/1433
Appears in Collections:DMA - Artigos de periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EquacoesMovimento.pdf386,11 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.