Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/1651
Tipo de Documento: Dissertação
Título: Morfogênese e características estruturais dos capins Andropógon e Xaraés submetidos a três alturas de corte
Título(s) alternativo(s): Morphogenesis and structural characteristics of Andropógon grass and Xaraés palisade grass submitted to three cutting heights
Autor(es): Sousa, Braulio Maia de Lana
Data do documento: Fev-2009
Abstract: O experimento foi realizado com o objetivo de avaliar as características morfogênicas e estruturais em Andropogon gayanus cv. Planaltina e Brachiaria brizantha cv. Xaraés submetidos a três alturas de corte quando o dossel atingia 95% de interceptação da luz incidente durante a rebrotação. O trabalho foi conduzido em área do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Viçosa, em Viçosa, Minas Gerais, em um delineamento em blocos completos casualizados com três repetições, totalizando nove unidades experimentais. Para o capim-andropógon, as avaliações iniciaram-se em novembro de 2007 e findaram-se em novembro de 2008, sendo que os tratamentos corresponderam a três alturas de corte de 20, 27 e 34 cm. Já para o capim-xaraés, o período experimental foi de janeiro a novembro de 2008 e as alturas de corte utilizadas foram 15, 20 e 25 cm. A altura do pasto em pré-corte apresentou-se estável, com valores próximos a 50 e 30 cm, para os capins Andropógon e Xaraés, respectivamente, mostrando ser um bom parâmetro, prático e eficiente, para nortear o manejo da desfolhação dessas plantas forrageiras, uma vez que a altura se encontra fortemente relacionada com a interceptação de 95% da luz incidente. Cortes mais altos resultaram em menor ângulo e maior área da folhagem, assim, as plantas interceptaram mais luz logo após a desfolhação, o que possibilitou rebrotações mais rápidas e intervalos entre cortes mais curtos. Todavia, independentemente da espécie forrageira avaliada, não houve diferença no índice de área da folhagem pré-corte entre os tratamentos ou épocas de avaliação, o que foi reflexo de respostas plásticas rápidas envolvendo ajustes nas características morfogênicas e estruturais das plantas. O capim-andropógon reduziu o comprimento final da lâmina foliar (CFLF), a taxa de aparecimento de folhas (TApF), o número de folhas vivas (NFV), a duração de vida da folha (DVF), a taxa de alongamento de colmo (TAlC) e a densidade populacional de perfilhos (DPP) e elevou o filocrono e a taxa de senescência de folhas (TSeF), quando submetido a cortes mais baixos. Devido ao florescimento típico do capim-andropógon no outono, observou-se elevação na TAlC e TApF nesse período. Adicionalmente, foram registrados maiores valores de NFV e menores de CFLF e DVF. Já o capim-xaraés demonstrou uma elevação na taxa de alongamento de folhas (TAlF) e NFV e uma redução na TAlC e DPP, quando submetido a cortes mais baixos. Entre as épocas avaliadas, o outono revelou menores TAlF e CFLF e maiores NFV, DVF, TSeF e DPP. O manejo adequado da desfolhação dos capins Andropógon e Xaraés seria corte aos 50 e 30 cm de altura do dossel durante a rebrotação a uma altura de 27 a 34 cm e 15 a 20 cm, respectivamente._________________________________________________________________________________________ ABSTRACT: The objective of this study was to evaluate morphogenetic and structural characteristics of Andropogon gayanus cv. Planaltina and Brachiaria brizantha cv. Xaraés submitted to three cutting heights when the sward reached 95 % of light interception during the regrowth time. The experiment was carried out at Animal Science Department at UFV, in Viçosa/MG, from November 2007 to November 2008, and it was allocated in a completed randomised block design with three replications, in a total of nine experimental units. The evaluations of Andropógon grass started in November 2007 and finished in November 2008, and its treatment corresponded to three cutting heights 20, 27 and 34 cm. Concerning Xaraés palisade grass, its evaluation time happened between January 2008 and November 2008, and its cutting heights were15, 20 and 25 cm. The height of the pasture in the pre-cut time presented itself stable, and its values were about 50 and 30 cm for Andropógon grass and Xaraés palisade grass respectively. It revealed itself as a good practical and efficient parameter in order to manage the defoliation of these forage plants, since the height is highly related to 95% of light interception. The highest cuts resulted in the lowest angle and the lowest foliage area, so the grasses intercepted more light right after the defoliation time, which possibly promoted faster regrowths in shorter cut intervals. However, independently of the evaluated forage specie, there was no difference in the foliage area index between the treatments or the evaluation times, which was a reflex of fast plastic responses involving adjustments in the structural and morphogenetic characteristics of the plants. The Andropógon grass reduced its final leaf lamina length (FLLL), leaf appearance rate (LAR), number of live leaves (NLL), leaf lifespan (LL), stem elongation rate (SER), and tiller density (TD). When this grass was submitted to the lowest cuts, it elevated the phyllochron and the leaf senescence rate (LSR). Because of Andropógon grass typical blossom time in the fall, it was observed an elevation in the values of SER and LAR in this season. In addition, it was registered the highest NLL and the lowest values for the length of leaf lamina and LS. On the other hand, Xaraés palisade grass presented an increase in the leaf elongation rate (LER) and in the NLL, and a decrease in the values of SER and of the TD when this grass was submitted to the lowest cuts. The fall presented the lowest values of TAIF and of length of leaf lamina, and the highest values of NLL, LL, leaf senescence rate (LSR), and TD. The adequate management of the defoliation in the Andropógon grass and Xaraés palisade grass would be the cutting heights of 50 and 30 cm of tiller during the regrowth time in the heights from 27 to 34 cm and from 15 to 20 cm respectively.
Palavras-chave: Altura pré-pastejo
Manejo de pastagem
Meta de pastejo
Cutting heights
Pasture management
Morfogênese
Capim Andropógon
Capim Xaraés
Citação: SOUSA, B. M. L. Morfogênese e características estruturais dos capins Andropógon e Xaraés submetidos a três alturas de corte. 2009. 132 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009. Disponível em: <http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_arquivos/2/TDE-2009-07-21T080144Z-1840/Publico/texto%20completo.pdf>. Acesso em: 18 fev. 2016.
Licença: Direitos autorais pertencentes ao(s) autor(es)
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/1651
Aparece nas coleções:DZO - Departamento de Zootecnia - Teses e Dissertações defendidas em outras instituições

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MorfogêneseAndropógonXaraés.pdf1,1 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.