Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/1652
Tipo de Documento: Tese
Título: Morfogênese e dinâmica do acúmulo de forragem em capim-elefante cv. Napier submetido a alturas de resíduo pós-pastejo
Título(s) alternativo(s): Morphogenesis and dynamics of forage accumulation in elephant grass cv. Napier submitted to residual post-grazing heights
Autor(es): Sousa, Braulio Maia de Lana
Data do documento: Mar-2012
Abstract: No período de fevereiro a maio de 2009 (experimento 1) e dezembro de 2009 a maio de 2010 (experimento 2) foram avaliados os efeitos de três alturas pós-pastejo (30, 50 e 70 cm) sobre as características morfogênicas e estruturais e a dinâmica do acúmulo de forragem e dos componentes morfológicos em pastos de capim-elefante cv. Napier quando atingidos 95% de interceptação luminosa pelo dossel durante a rebrotação. O delineamento experimental foi o de blocos completos casualizados com três repetições. Nos dois experimentos e para perfilhos basais e aéreos e para o dossel, pastos manejados com altura pós-pastejo 30 cm apresentaram os menores valores de taxa de alongamento de folhas, duração de vida das folhas, taxa de alongamento de colmos, comprimento final da lâmina foliar e número de folhas vivas por perfilho. Esse padrão resultou em menores taxas de crescimento de folhas e de colmos, de crescimento total e de acúmulo de forragem nos pastos manejados com altura pós-pastejo de 30 cm relativamente àqueles manejados a 50 e 70 cm. As características morfogênicas e estruturais pouco diferiram entre as alturas pós-pastejo 50 e 70 cm. Contudo, pastos manejados a 50 cm apresentaram menores taxas de alongamento e de acúmulo de colmos e taxas de acúmulo de forragem relativamente estáveis, especialmente no experimento 2, em comparação àqueles manejados a 70 cm, sugerindo que essa altura pós-pastejo seria a mais indicada. A estratégia de decapitar a maioria dos meristemas apicais no primeiro pastejo (experimento 2) resultou em valores de características morfogênicas e estruturais relativamente mais estáveis e em menor taxa de acúmulo de colmos, sugerindo necessidade de controle minucioso da elevação dos meristemas apicais no primeiro ciclo de crescimento na primavera como forma de assegurar controle da estrutura dos pastos e produção de forragem com elevada proporção de folhas._________________________________________________________________________________________ ABSTRACT: From February to May in 2009 (experiment 1) and from December and May in 2010 (experiment 2) the effects of three post-grazing heights (30, 50, and 70 cm) on the morphogenetic and structural characteristics, and the dynamics of the forage accumulation and of the morphologic components were evaluated in pastures of Elephant grass cv. Napier when the sward reached 95% of light interception during regrowth. A complete randomized block design with three replications was used. In both experiments and for aerial and basal tillers, pastures managed with a 30 cm post-grazing height presented lower values of leaf appearance and elongation rates, of leaf lifespan, of stem elongation rate, of final leaf lamina length, and of number of live leaves per tiller. This pattern resulted in lower rates of growth of leaves and of stems, of total growth, and of forage accumulation in the pastures managed at a 30 cm post-grazing height relatively to the ones managed at 50 and 70 cm. The morphogenetic and structural characteristics slightly differ between the 50 and 70 cm post-grazing heights. Nevertheless, pastures managed at 50 cm presented the lowest rates of elongation and accumulation of stems and relatively stable rates of forage accumulation, especially in the experiment 2, in comparison to the ones manages at 70 cm, suggesting that this post-grazing height would be the most indicated one. The strategy of decapitating the majority of the apical meristems in the first grazing (experiment 2) resulted in relatively more stable values of morphogenetic and structural characteristics and in lower stem accumulation rates, suggesting the need for a thorough control of the elevation of the apical meristems in the first cycle of growth in the spring as a way of assuring the control of the structure of the pastures and forage production with elevated leaf proportion.
Palavras-chave: Alvo de manejo
Interceptação luminosa
Altura do dossel
Management target
Light interception
Canopy height
Morfogênese
Capim elefante
Citação: SOUSA, B. M. L. Morfogênese e dinâmica do acúmulo de forragem em capim-elefante cv. Napier submetido a alturas de resíduo pós-pastejo. 2012. 107 f. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012. Disponível em: <http://www.locus.ufv.br/handle/123456789/1797?show=full>. Acesso em: 18 fev. 2016.
Licença: Direitos autorais pertencentes ao(s) autor(es)
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/1652
Aparece nas coleções:DZO - Departamento de Zootecnia - Teses e Dissertações defendidas em outras instituições

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AcumuloForragemNapier.pdf792,99 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.