Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/2997
Tipo de Documento: Dissertação
Título: Institucionalização e estratégias de legitimação da medicina alternativa e complementar
Autor(es): Corrêa, Rúbia Oliveira
Data do documento: 7-Mai-2013
Orientador: Barbosa, Jenny Dantas
Resumo: O presente estudo aborda o Institucionalismo Organizacional e tem como objeto os micro negócios aracajuanos de saúde alternativa e complementar. Analisou-se a institucionalização sob a ótica dos seus empreendedores, assim como as estratégias de legitimação que condicionam o processo. Quanto aos aspectos metodológicos, o estudo é classificado como exploratório, descritivo, qualitativo; em relação à dimensão tempo, a pesquisa é de corte transversal. Na coleta de dados aplicaram-se entrevistas com roteiros semiestruturados aos empreendedores. Conforme modelo de Tolbert e Zucker (1999), utilizado no estudo, a institucionalização organizacional ocorre mediante três fases: habitualização (préinstitucionalização), objetivação (semi-institucionalização) e sedimentação (total institucionalização). Como resultados, revelaram-se problemas na condução do processo de institucionalização das empresas, o que pode comprometer a sobrevivência dessas pelos próximos anos. Destaca-se ainda que, na maioria dos casos investigados, a fase de habitualização foi concretizada. Quanto à fase de objetivação, acredita-se que as empresas inquiridas realmente vivenciam essa etapa, porém, de forma pouco racional. O estágio de sedimentação institucional, por sua vez, foi comprometido por grupos de opositores resistentes e pelas pendências no processo formal de institucionalização do setor estudado. De tudo, pontua-se que todas as empresas pesquisadas podem ser enquadradas no estágio semiinstitucional. Algumas delas, paralelamente, ainda permanecem no pré-institucional. Constataram-se também interferências positivas das estratégias de legitimação no processo de institucionalização das empresas analisadas, uma vez que tais estratégias permearam todas as fases do processo de institucionalização conforme sugere o modelo utilizado na pesquisa.
Abstract: This study addresses the Organizational Institutionalism and has as its object the micro business in Aracaju - SE in the area of complementary and alternative health. The institutionalization of organizations was analyzed from the viewpoint of its entrepreneurs, as well as the strategies of legitimation that influence the process. Regarding methodological aspects, the study is classified as exploratory, descriptive and qualitative; regarding the time dimension, the research is cross-sectional. Semi-structured interviews were applied to these entrepreneurs. The results revealed problems in conducting the companies institutionalization process, which may compromisetheir survival in the following years. According to Tolbert and Zucker s organizational model (1999), applied in this investigation, the organization institutionalization occurs through three phases: habitualization (pre-institutionalization), objectification(semi-institutionalization) and sedimentation (total institutionalization). The results showed that in most of the cases examined, the phase habitualizationhas been achieved. Concerning the stage of objectification, it is believed that companies surveyed still experience this phase, non-rationally, though. The institutional stage of sedimentation, on the other hand, was somehow impaired by groups of tough opponents and the backlog in the formal institutionalization of this sector. Thus, all companies surveyed can be framed in the semi-institutional stage; some of them still remained in the pre-institutional at the same time. It was also possible to observe the interference of positive legitimation strategies in institutionalization process. It was concluded that these strategies permeated all phases of the institutionalization process as suggested by the model used in the research.
Palavras-chave: Medicina alternativa
Pequenas e médias empresas
Micro empreendimentos
Desenvolvimento organizacional
Institucionalização organizacional
Legitimidade
Legitimação organizacional
Alternative medicine
Organizational change
Small business
Organizational institutionalization
Legitimation strategy
Micro enterprises
área CNPQ: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
Programa de Pós-graduação: Pós-graduação em Administração
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/2997
Aparece nas coleções:Mestrado em Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RUBIA_OLIVEIRA_CORREA.pdf2,67 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.