Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/3039
Document Type: Dissertação
Title: Uso do extrato de folhas do Jatobá (Hymenaea martiana Hayne) na redução das contagens de Salmonella spp., Escherichia coli e Staphylococcus aureus em leite cru
Other Titles: Use of jatobá (Hymenaea martiana hayne) leaves extract in reduction of salmonella spp., escherichia coli and staphylococcus aureus counts in raw milk
Authors: Santana, Thiago Coelho de
Issue Date: 30-Jul-2015
Advisor: Fernandes, Roberta Pereira Miranda
Resumo : Hymenaea martiana Hayne é uma espécie arbórea conhecida como ―Jatobá‖ ou ―Jatobá-da-mata‖. É uma planta típica dos biomas cerrado e caatinga, sendo este último o único bioma exclusivamente brasileiro e grande parte do seu patrimônio biológico não pode ser encontrado em nenhum outro lugar do planeta. As plantas do gênero Hymenaea são comumente utilizadas na medicina tradicional brasileira para o tratamento de processo inflamatório, infecções bacterianas, reumatismo e anemia. Os extratos vegetais possuem substâncias produzidas pelo metabolismo secundário, com capacidade de inibir bactérias e outros micro-organismos. As moléculas presentes nos extratos vegetais, como os compostos fenólicos, alcaloides, flavonóides e terpenos são ativos contra vírus, bactérias e fungos. Um dos principais desafios da produção tradicional de alimentos é garantir a segurança dos mesmos. O leite não pasteurizado tem sido um veículo de doenças de origem alimentar. Este produto e seus derivados têm sido frequentemente implicados na intoxicação alimentar por Staphylococcus aureus, Escherichia coli e Salmonella spp. O objetivo desse estudo foi usar extrato de jatobá, identificar os compostos presentes e avaliar sua atividade antimicrobiana. O material biológico foi coletado e a seguir preparado o extrato etanólico, o qual foi analisado por meio CLAE-DAD. A partir da análise de CLAE-DAD, foi possível identificar a rutina (106 μg/mg) como um dos compostos majoritários do extrato de folhas do jatobá. Para o extrato etanólico das folhas de H. martiana houve atividade antimicrobiana frente às cepas de Staphylococcus aureus ATCC® 25923, E. coli ATCC® 35218 e S. enterica subsp. enterica serovar Choleraesuis ATCC® 10708 sendo a concentração bacteriana mínima de 125,3 μg/mL, 781,2 μg/mL e 1.562,5 μg/mL respectivamente. Para os testes antimicrobianos in vivo observou-se que o extrato possui poder bactericida na concentração de 102 UFC/mL. Dessa forma o extrato de folhas do Jatobá possui potencial para o uso na redução da carga microbiana do leite para à produção de queijo coalho, visando à redução de doenças veiculadas por alimentos.
Abstract: Hymenaea martiana Hayne is an arboreal species known as "Jatobá" or "Jatobá-da-mata". It is a typical plant of Cerrado and Caatinga biomes, the latter being the only exclusively Brazilian biome and much of its biological heritage can not be found anywhere else on the planet. The plants Hymenaea genus are commonly used in Brazilian traditional medicine for the treatment of inflammation, bacterial infections, rheumatism and anemia. The plant extracts have substances produced by the secondary metabolism, with ability to inhibit bacteria and other microorganisms. The molecules present in plant extracts, such as phenolic compounds, alkaloids, flavonoids and terpenes are active against viruses, bacteria and fungi. One of the main challenges of traditional food production is to ensure the safety. The unpasteurized milk has been a vehicle of foodborne diseases. This product and its derivatives have often been implicated in food poisoning Staphylococcus aureus, Escherichia coli and Salmonella spp. The aim of this study was to use Jatobá extract, identify compounds and evaluate their antimicrobial activity. The organic material was collected, and then the ethanolic extract prepared, which was analyzed by HPLC-DAD. From the HPLC-DAD analysis, it was possible to identify rutin (106 μg/mg) as one of the major compounds of the locust tree leaf extract. For the ethanol extract of H. martiana sheets were antimicrobial activity against strains of Staphylococcus aureus ATCC® 25923, E. coli ATCC® 35218 and S. enterica subsp. enterica serovar Choleraesuis ATCC® 10708 being the minimal bacterial concentration of 125.3 μg/mL, 781.2 μg/mL and 1562.5 μg/mL respectively. For antimicrobial tests in vivo it was observed that the extract possesses bactericidal power in the concentration of 102 CFU/mL. Thus the leaf extract of Jatobá has potential for use in reducing microbial load of milk for the production of cheese curds, in order to reduce diseases transmitted by food.
Keywords: Agrobiodiversidade
Agentes anti-infecciosos
Bactericidas
Plantas
Extrato alcoólico
Antimicrobiano
CLAE-DAD
Alcoholic extract
Antimicrobial
HPLC-DAD
Subject CNPQ: CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Agricultura e Biodiversidade
Citation: Santana, Thiago Coelho de. Uso do extrato de folhas do Jatobá (Hymenaea martiana Hayne) na redução das contagens de Salmonella spp., Escherichia coli e Staphylococcus aureus em leite cru. 2015. 52 f. Dissertação (Pós-Graduação em Agricultura e Biodiversidade) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2015.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/3039
Appears in Collections:Mestrado em Agricultura e Biodiversidade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
THIAGO_COELHO_SANTANA.pdf1,19 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.