Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/3226
Document Type: Dissertação
Title: A cor na arte rupestre do sítio Lagoa da Velha (Morro do Chapéu, Bahia)
Authors: Nascimento, Greciane Neres do
Issue Date: 29-Aug-2016
Advisor: Pellini, José Roberto
Resumo : As pessoas que vivenciaram um lugar com arte rupestre, em algum momento, experimentaram diferentes relações e sensações entre corpo-pintura-pedra. A arte rupestre materializada nos invade, nosso corpo é atravessado pela visibilidade do invisível, do não dito. O objeto deste estudo segue este caminho. Nele, mergulho nas cores das pinturas rupestres do Complexo Arqueológico Lagoa da Velha, localizado no município de Morro do Chapéu, estado da Bahia. Busquei perceber a existência de critérios de intencionalidade no uso das cores na arte rupestre e as possíveis inter-relações entre essas cores, a paisagem e o corpo, considerando a pintura como resultado/produto da interação entre artistas e paisagem. Neste volume busquei perceber as diferentes relações entre cores e corpo na experiência estética, tanto na produção quanto na recepção das pinturas rupestres, em uma perspectiva fenomenológica, evidenciando sua dimensão sensorial. A partir de uma abordagem engajada e através de uma narrativa em primeira pessoa, procurei perceber as pinturas e sua inserção na paisagem a partir das relações e conexões entre motivos, conjuntos e cenas. Também foi objeto desta pesquisa, observar o modo como esses elementos podem revelar intencionalidades e preferências das pessoas que os produziram, bem como agir sobre as pessoas que os percebem.
Abstract: People visiting a place with rock art invariably experience, at some point, different relationships and feelings between body-painting-stone. Materialized rock art invades us, our body is crossed by the visibility of the invisible, by what it is not said. The objectives of this study follow this line. I immersed myself in the colors of the rock paintings of the Archaeological Complex of Lagoa da Velha, located in Morro do Chapéu, Bahia. I wanted to perceive the existence of criteria of intentionality in the use of colors in the rock painting, as well as possible interrelations between these colors, the landscape and the body, considering the painting as a result / product of the interaction between the artists and the landscape. In this study, I sought to understand the different relationships between color and body during the aesthetic experience, both in production and perception of rock paintings, in a phenomenological perspective, showing its sensory dimension. Through a committed approach and a first-person narrative, I tried to study the paintings and their insertion in the landscape, from the relationships and connections between motives, panels and scenes. It was also under investigation, to observe how these elements can show the intention and preferences of the people who produced them, and impact on the people who see them.
Keywords: Arqueologia
Arte rupestre
Pintura
Corpo
Sítio arqueológico
Pedra
Paisagem
Pintura rupestre
Cores
Paisagem
Fenomenologia
Sensos
Rock painting
Colors
Landscape
Phenomenology
Senses
Subject CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::ARQUEOLOGIA
Sponsorship: Fundação de Apoio a Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe - FAPITEC/SE
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Arqueologia
Citation: NASCIMENTO, Greciane Neres do. A cor na arte rupestre do sítio Lagoa da Velha (Morro do Chapéu, Bahia). 2016. 219 f. Dissertação (Pós-Graduação em Arqueologia) - Universidade Federal de Sergipe, Laranjeiras, SE, 2016.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/3226
Appears in Collections:Mestrado em Arqueologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GRECIANE_NERES_NASCIMENTO.pdf14,02 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.