Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/3236
Document Type: Dissertação
Title: Arqueologia e conformação de identidades das comunidades indígenas do Nordeste: um estudo de caso dos Xucuru-Kariri
Authors: Pinto, Karina Lima de Miranda
Issue Date: 26-Mar-2013
Advisor: Mello, Paulo Jobim Campos
Resumo : A categoria índios do Nordeste , amplamente estudada na Antropologia desde o final da década de 1940, traz como ponto central o processo de reivindicação e reestruturação étnica dos povos indígenas desta região. Dentro dessa categoria, classificada pelo mundo não-índio , se encaixam os Xucuru-Kariri de Palmeira dos Índios/AL que, desde a década de 1950 vêm conquistando espaço na luta pelo direito ao reconhecimento e livre exercício de sua identidade étnica. Entretanto, entre os Xucuru-Kariri existe, além dos sinais diacríticos comumente utilizados para afirmação de sua identidade, a atribuição de valor simbólico aos sítios arqueológicos pré-coloniais do município que, para eles, corresponde à sua ancestralidade na região. Ao longo do processo de reestruturação do grupo, os sítios arqueológicos sempre estiveram presentes aos trabalhos produzidos por antropólogos, historiadores e arqueólogos. Porém, no que tange à produção arqueológica, os sítios foram classificados a partir de uma perspectiva histórico-cultural, desconectando dentro da academia qualquer possibilidade de diálogo entre a visão Xucuru-Kariri e a visão dos pesquisadores. Através do viés da Arqueologia Pública, orientada pelo preceito teórico-metodológico multivocal, a pesquisa buscou analisar o lugar que a cultura material e a Arqueologia ocupam para o grupo e o que esta ciência tem feito por ele. Foi realizado na área um mapeamento participativo que promoveu o diálogo horizontal entre pesquisadora e comunidade. Aliado à perspectiva atual da Arqueologia Relacional, tentou-se buscar a quebra da visão hegemônica que muitas vezes reproduz a violência epistêmica determinada pela modernidade no que se refere aos processos dicotômicos entre sociedades distintas. Os resultados obtidos trouxeram a visão da materialidade local a partir da ótica Xucuru-Kariri, como é manipulada pelo grupo e significada dentro do seu universo cosmológico e (re)significada no mundo não-índio .
Abstract: The category "Indians of the Northeast," widely studied in anthropology since the late 1940s, has as its main concern the process of ethnic reclaiming and restructuring of indigenous peoples in this region. This category - classified by the "non-Indian world" includes the Xucuru-Kariri of Palmeira dos Índios / AL, who since the 1950s have been gaining ground in the fight for recognition and free exercise of their ethnic identity. In order to affirm their identity, the Xucuru-Kariri have attributed symbolic value to the city‟s pre-colonial archaeological sites, which correspond to their ancestry in the region. Thus, throughout the process of group restructuring, the sites have always been present in works produced by anthropologists, historians, and archaeologists. However, during their archaeological production, the sites were classified according to a cultural-historical perspective which, within academia, removed the possibility of a dialogue between the Xucuru-Kariri and the researchers. This paper, guided by a public archaeological bias, as well as theoretical and methodological multivocal precepts, examines the place that material culture and archaeology occupies for the Xucuru-Kariri, as well as what this field has done for them. I conducted a participatory mapping that promoted a horizontal dialogue between me as a researcher, and the community; and through the current perspective of reflexive archaeology, I attempted to break the hegemonic view that often results in epistemic violence as determined by modernity in regards to the dichotomous processes among different societies. The results obtained carry the vision of local materiality from the perspective of the Xucuru-Kariri, how it is manipulated by the group, and how it is signified within their cosmological universe and (re)signified in the "non-Indian world.
Keywords: Arqueologia pública
Arqueologia relacional
Multivocalidade
Índios do Nordeste
Arqueologia
Índios Xucuru-Kariri
Cultura material
Public archaeology
Reflexive archaeology
Multivocality
Indians of the Northeast
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ARQUEOLOGIA
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Arqueologia
Citation: PINTO, Karina Lima de Miranda. Arqueologia e conformação de identidades das comunidades indígenas do Nordeste: um estudo de caso dos Xucuru-Kariri. 2013. 129 f. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) - Universidade Federal de Sergipe, Laranjeiras, 2013.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/3236
Appears in Collections:Mestrado em Arqueologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KARINA_LIMA_M_PINTO.pdf9,83 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.