Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/3636
Tipo de Documento: Tese
Título: Estudo clínico piloto do efeito de membranas de gelatina contendo ácido úsnico incorporado em lipossomas no processo de cicatrização de queimaduras
Título(s) alternativo(s): Pilot clinical trial about effect of gelatine membranes with usnic acid incorporated into liposomes in burn healing process
Autor(es): Costa, Aida Carla Santana de Melo
Data do documento: 4-Jul-2017
Orientador: Araújo, Adriano Antunes de Souza
Resumo: As lesões dérmicas por queimaduras provocam resposta metabólica com repercussões sistêmicas, levando à necessidade pela busca por produtos que atuem diretamente sobre a cicatrização de queimaduras, a exemplo do ácido úsnico, observado em estudos anteriores realizados em modelos de roedores e suínos. Para isso, a gelatina tem sido amplamente utilizada em biomateriais, permitindo a incorporação de fármacos. Nessa perspectiva, o objetivo desta pesquisa foi avaliar o efeito de membranas (P1QLS08) de gelatina contendo ácido úsnico incorporado em lipossomas sobre o processo de cicatrização de queimaduras de segundo grau em humanos. Trata-se de um Ensaio Clínico Piloto, controlado e randomizado, desenvolvido na Unidade de Tratamento de Queimados (UTQ) do Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE). Foram estudados 30 indivíduos, sendo o paciente seu próprio controle. As regiões para análise foram selecionadas de forma aleatória, compreendendo uma área denominada teste (administração da membrana - P1QLS08) e uma área denominada controle (tratada com sulfadiazina de prata - SDZ, produto de referência). Os pacientes foram submetidos à anamnese e acompanhados por 7, 14 e 21 dias após a administração dos produtos. Nos tempos determinados, foram feitos registros fotográficos padronizados tanto da área P1QLS08 quanto da SDZ, assim como foi realizada a coleta de secreção da ferida através do swab. Em seguida, procedeu-se à análise microbiológica, descrição macroscópica de cada imagem, bem como à análise pelo Image J®, a fim de se obter uma avaliação quantitativa. Observou-se predomínio de Pseudomonas aeruginosa e Acinetobacter baumanni, seguido de Staphylococcus aureus em ambas as áreas. Foi verificado melhor aspecto clínico das lesões, com padrão de redução de sua área visivelmente melhor em P1QLS08 que em SDZ, além de menor relevo, vascularização mais próxima do normal, menos pigmentação e flexibilidade mais compatível com a condição fisiológica na área P1QLS08 quando comparada à área SDZ (p<0,05), contribuindo efetivamente para o desenvolvimento e utilização de um novo produto de importância clínica na aceleração dos eventos biológicos associados à dinâmica do reparo cicatricial em pacientes queimados. Esta tese também contou com duas revisões sistemáticas, sendo uma voltada para patentes e outra para instrumentos de avaliação clínica em pacientes queimados.
Abstract: Burns provoke a metabolic impairment with systemic repercussions, leading to need for products that act directly on burns healing, such as usnic acid, observed in previous studies in rodent and swine models. For this, gelatine has been widely used in biomaterials, allowing drugs incorporation. In this perspective, the objective of this research was to evaluate the effect of gelatine membranes (P1QLS08) containing usnic acid incorporated in liposomes on the healing process of second degree burns in humans. It is a Pilot Clinical Trial, controlled and randomized, developed at Burns Treatment Unit of Sergipe Emergency Hospital. Thirty individuals were studied, the patient being his own control. The areas for analysis were randomly selected, comprising a test region (P1QLS08 membrane) and a control region (treated with silver sulfadiazine - SDZ, reference product). The patients were submitted to anamnesis and were followed for 7, 14 and 21 days after administration of the products. At determined times, standardized photographic records were made of P1QLS08 and SDZ areas, as well as wound secretion collection through the swab. Then, a microbiological analysis was performed, a macroscopic description of each image, as well as the analysis by Image J®, in order to obtain a quantitative evaluation. It was observed Pseudomonas aeruginosa and Acinetobacter baumanni prevalence, followed by Staphylococcus aureus in both groups. A better clinical aspect of the lesions was observed, with a pattern of area reduction visibly better in P1QLS08 than SDZ, besides lower relief, nearer to normal vascularization, less pigmentation and flexibility more compatible with physiological condition in P1QLS08 group when compared to SDZ group (p <0.05), effectively contributing to development and use of a new product for clinical importance in biological events acceleration associated with the dynamic of cicatricial repair in burn patients. This thesis also had two systematic reviews, one for patents and the other for clinical evaluation instruments in burn patients.
Palavras-chave: Ciências da saúde
Biomateriais
Ácido úsnico
Cicatrização
Colágeno
Queimaduras
Nanotecnologia
Biomaterials
Usnic acid
Healing
Collagen
Burns
Nanotechnology
área CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE
Idioma: por
País: Brasil
Instituição/Editora: Universidade Federal de Sergipe
Sigla da Instituição: UFS
Programa de Pós-graduação: Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Citação: COSTA, Aida Carla Santana de Melo. Estudo clínico piloto do efeito de membranas de gelatina contendo ácido úsnico incorporado em lipossomas no processo de cicatrização de queimaduras. 2017. 118 f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/3636
Aparece nas coleções:Doutorado em Ciências da Saude

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AIDA_CARLA_SANTANA_MELO_COSTA.pdf2,34 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.