Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/3772
Document Type: Dissertação
Title: Análise espacial das enteroinfecções em lactentes do município de Laranjeiras/SE após a introdução da vacina contra rotavírus
Other Titles: SPATIAL ANALYSIS OF INFANTS ENTEROINFECÇÕES IN THE COUNTY OF ORANGE / IF AFTER THE INTRODUCTION OF VACCINE ROTAVIRUS.
Authors: Santos, Claudimary Bispo dos
Issue Date: 27-Jul-2012
Advisor: Gurgel, Ricardo Queiroz
Resumo : A diarreia aguda é a segunda causa de mortes em crianças menores de 5 anos em vários países em desenvolvimento, sendo a infecção pelo Rotavírus a causa mais comum, seguida das infecções por enterobactérias e enteroparasitos. Medidas de saneamento e boa qualidade da água podem diminuir a ocorrência da doença, mas em relação ao Rotavírus a vacinação específica tem papel fundamental. Este estudo teve o objetivo de conhecer as características ambientais e analisar espacialmente a diarreia aguda e as enteroinfecções em lactentes numa situação de uso ampliado da vacina contra o Rotavírus, no município de Laranjeiras/SE. Os lactentes residiam nas áreas de cobertura das Equipes de Saúde da Família, com a faixa etária entre dois e onze meses de idade e foram acompanhados durante 12 meses. Através de um questionário foram obtidos os dados demográficos, socioeconômicos e ambientais e cobertura vacinal contra rotavírus. Foram coletados mensalmente amostras de fezes para realização de exames parasitológicos, bacteriológicos e presença do rotavírus. Para a localização espacial dos domicílios foi utilizado o Sistema de Posicionamento Global (GPS). A análise espacial foi realizada no programa TerraView, utilizando-se o estimador de intensidade Kernel. Foi coletado um total de 1.113 amostras de fezes, sendo 80 associadas a episódios de diarreia. Obteve-se uma incidência média anual de episódios de diarreia de 0,50 ± 0,99/criança/ano. A presença do rotavírus ocorreu em 3,75% dos casos, enquanto que a maior parte (11,25%) das diarreias agudas com causa conhecida aconteceu na presença de infecções helmínticas e por protozoários. No total de 1113 amostras, foram encontrados: Ascaris lumbricoides (5,1%), Endolimax nana (3,0%), rotavírus (2,6%) e Giardia lamblia (0,9%). Não houve influência das condições ambientais no número de episódios de diarreia e das enteroinfecções. Ocorreram pequenas variações na distribuição espacial das enteroinfecções e dos episódios de diarreia, durante os quatro trimestres, destacando-se o centro urbano e áreas adjacentes com maior intensidade. Conclui-se que as características ambientais demonstram homogeneidade em relação às precárias condições de saneamento básico nas moradias dos lactentes, contribuindo para um significativo número de enteroparasitos, até mesmo nesta faixa etária. O baixo número de episódios de diarreia/criança/ano nesta população com ampla cobertura vacinal contra rotavírus sugere o papel da vacinação como uma importante medida de prevenção. O efeito atenuador da vacina também pode ser demonstrado pelo número de casos de infecção por rotavírus assintomáticos em maior número em comparação com os casos sintomáticos.
Abstract: Acute diarrhea is the second leading cause of mortality among children under 5 years of age in developing countries. The pathogens most strongly associated with diarrhea is rotavirus followed by enteric pathogens such as bacteria, helminthes and protozoan. Adequate sanitation and water supply contribute to decrease acute diarrhea incidence of most etiologic agents, although vaccination remains the most important intervention to control rotavirus acute diarrhea. This study aimed to describe environmental exposures and spatial analysis associated with acute diarrhea and enteric pathogens among rotavirus vaccinated infants from Laranjeiras, Sergipe, Brazil. The children live in an area covered by Saúde da Família National Program and were 2 to 11 months old at enrollment. All reported children were followed for 12 months. Demographic, socioeconomic and environmental data were obtained from a questionnaire, and immunization data were obtained from children vaccination card. Children stool samples were collected each month in order to run laboratory analyses. The household spatial localization was obtained by using a Global Positioning System (GPS). Spatial analysis was performed using the TerraView computer program and Kernel intensity estimation. A total of 1,113 stool samples were collected, with 80 samples associated to diarrhea episodes. Diarrhea incidence rate was 0.50 ± 0.99 episodes/child/year. Overall, we observed 5.1% of Ascaris lumbricoides infection, 3.0% of Endolimax nana infection, 2.6% of rotavirus infection and 0.9% of Giardia lamblia infection. We observed rotavirus in 3.75% of stool samples associated with diarrhea but the majority (11.25%) of known diarrhea episodes was associated with helminthes and protozoan infections. There was no influence of environmental exposures on the number of episodes of diarrhea and enteroinfecções suggesting that environmental exposures are similar for the entire study sample. We observed some changes on spatial distribution of intestinal infections and diarrhea episodes along the four evaluated trimesters, especially on the urban center and adjacent areas. In conclusion, the studied infants live equally in poor urban drainage and poor sewerage areas which probably explain the significant rates of helminthes and protozoan infections appearing in early life. The low diarrhea incidence rate in this rotavirus vaccinated population and the low number of symptomatic rotavirus infection compared to asymptomatic infections may highlight the vaccination role as an important prevention strategy of acute diarrhea among young children.
Keywords: Análise espacial
Diarreia
Exposição ambiental
Infecções intestinais
Rotavírus
Vacinação
Spatial analysis
Diarrhea
Environmental exposure
Intestinal infections
Rotavirus
Vaccination
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Ciências da Saúde
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/3772
Appears in Collections:Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CLAUDIMARY_BISPO_SANTOS.pdf1,43 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.