Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4028
Document Type: Dissertação
Title: Saindo do armário : representação do personagem gay nos filmes de animação "Mary e Max" e "Paranorman"
Authors: Santos, Suyene Correia
Issue Date: 18-May-2016
Advisor: Malta, Renata Barreto
Resumo : A presente pesquisa surgiu do interesse de investigar como ocorrem os modos de representação dos personagens gays no cinema de animação. Para verificar as características e especificidades dessas representações, elencamos como objeto de estudo os personagens Damian e Mitch, respectivamente, dos filmes de animação ―Mary e Max‖ e ―ParaNorman‖, por terem sido os primeiros homossexuais assumidos dessa vertente cinematográfica. De início, buscamos sustentação teórica nos estudos de Stuart Hall, Michel Foucault e Judith Butler para compreendermos os conceitos de identidade, representação, sexualidade e gênero. Em nossa trajetória teórica, pareceu-nos pertinente observar como se configuraram as representações de personagens homossexuais no cinema hollywoodiano e no cinema de animação desde sua invenção até a contemporaneidade. Para tanto, contribuíram as pesquisas de Vito Russo e William Mann sobre a temática em questão. No campo do empírico, optamos pela Análise de Conteúdo, amparada pela Análise Fílmica, como abordagem metodológica e partimos de cinco categorias, embasadas nos aspectos comportamentais e psicológicos de Damian e Mitch, para chegarmos às respostas de três questionamentos: 1) quais tipos de representações surgem da mediação realizada pelo cinema de animação, especificamente, do corpus em questão? 2) essas representações corroboram uma estereotipia ou deflagram novos papéis sociais positivos? 3) qual o grau de importância desses personagens na trama e como eles se relacionam com os seus companheiros? Ao final das análises, concluímos que os modelos de representação dos personagens gays estudados são estereotipados e estigmatizados, alicerçados de algum modo no sistema hegemônico heteronormativo, ainda que reconheçamos a importância da visibilidade de personagens homossexuais em um produto cultural como o filme de animação, na abertura de caminhos para uma possível conscientização dos espectadores infanto-juvenis sobre diversidade sexual.
Abstract: This research emerges from the interest to investigate how modes of representation of gay characters in the animated film occur. To observe the characteristics and specificities of these representations, we have chosen as object the characters Damian and Mitch, respectively, from the animated films "Mary and Max" and "ParaNorman" for being the first openly gay characters in this type of film. Firstly, we have based the theoretical study on Stuart Hall, Michel Foucault and Judith Butler to understand the concepts of identity, representation, sexuality and gender. In our theoretical trajectory, it seemed pertinent to note how the representation of gay characters in Hollywood movies and animated film is shaped since their invention to contemporaneity. Therefore, the research developed by Vito Russo and William Mann has contributed regarding the issue. In the empirical field, we have chosen the Content Analysis, supported by Film Analysis, as methodological approach. We have defined five categories, based on the behavioral and psychological aspects of Damian and Mitch; aiming to answer the following questions: 1) what types of representations have emerged from the mediation conducted by the animated films, specifically the corpus of this research? 2) do those representations reaffirm a stereotype or do they trigger new positive social roles ? 3) what is the level of importance of these characters in the plot and how do they relate to their peers? At the end of the analysis, we have concluded that the representation of the gay characters here studied are stereotyped and stigmatized, grounded, somehow, in the heteronormative hegemonic system. Even though, we recognize the importance of the visibility of gay characters in a cultural product such as the animated film, opening paths for a possible awareness of children and young viewers about sexual diversity.
Keywords: Comunicação
Comunicação de massa
Cinema
Homossexualidade no cinema
Identidade de gênero
Representação cinematográfica
Filmes de Animação
Homossexualidade
Representação
Identidade
Animated films
Homosexuality
Movie theater
Representation
Identity
Subject CNPQ: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Sponsorship: Fundação de Apoio a Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe - FAPITEC/SE
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Comunicação
Citation: SANTOS, Suyene Correia. Saindo do armário : representação do personagem gay nos filmes de animação "Mary e Max" e "Paranorman". 2016. 148 f. Dissertação (Pós-Graduação em Comunicação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2016.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4028
Appears in Collections:Mestrado em Comunicação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SUYENE_CORREIA_SANTOS.pdf2,72 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.