Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4062
Document Type: Tese
Title: Mulheres e o consumo sustentável : percepções e desafios no contexto do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe - IFS
Authors: Siqueira, Rosana Rocha
Issue Date: 28-Apr-2015
Advisor: Soares, Maria José Nascimento
Resumo : A motivação do estudo surgiu a partir da percepção dos problemas que permeiam o campo conflituoso entre as mulheres e as práticas de consumo, dada a crescente valorização das práticas de consumo na contemporaneidade, aspectos inseparáveis do econômico, ambiental, cultural e simbólico para além do processamento de chamadas "forças hegemônicas" da produção de mercadorias e novas necessidades. Nota-se que a fronteira entre o empoderamento e consumo tornou-se cada vez mais próxima, junto ao sentido da liberdade de escolha dos consumidores como exercício da cidadania. Este estudo teve como objetivo analisar as percepções das mulheres sobre suas práticas de consumo, à luz do conceito de consumo sustentável. Como local de pesquisa foi eleito Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe nos campi Lagarto, Itabaiana, Estância, São Cristóvão, Aracaju, Nossa Senhora da Glória e Reitoria, com a participação de professores e TAEs, além de participantes do Programa Mulheres Mil. Se trata de uma pesquisa exploratória, qualitativa e quantitativa, cujos instrumentos de pesquisa são baseados na percepção e abordagem fenomenológica de Alfred Schutz. Para a organização e categorização das respostas ao questionário, optou-se pela análise de conteúdo, segundo Bardin (1977). A contribuição do estudo de ciências ambientais reside na produção de novos conhecimentos que possam convergir com o avanço da ciência guiada pelo diálogo interdisciplinar sobre questões de consumo, especialmente na Região Nordeste do país. Os dados revelaram que o consumo aparece como uma forma de melhorar as condições de vida e "recompensar" esforços por meio do trabalho, seja formal ou informal. Assim, o percebido não é plenamente realizado em ações cotidianas, uma vez que alguns obstáculos, como a falta de informações sobre o consumo sustentável, a falta de opções para a coleta seletiva de lixo, coleta de óleo de cozinha e outras ações prejudicam a participação efetiva e contínua, considerando que as políticas públicas relacionadas com o consumo sustentável são desconhecidas para a maioria das mulheres participantes.
Abstract: The motivation for the accomplishment of this study arose from the perception of problems that pervade the conflicted field related to women and consumption practices, in front of the increasing appreciation of consumption practices in contemporary times, it´s possible to realize inseparable aspects of the economic sphere, environmental, cultural and symbolic beyond the handling of so-called |hegemonic forces| of goods production and new needs. The border between empowerment and the consumption has become increasingly tenuous, since marketing approaches connected the sense of freedom of choice for consumers to exercise citizenship. This research aims to analyze the perceptions of women in relation to their consumption practices in the light of the concept of sustainable consumption. As site of the research was elected Federal Institute of Education, Science and Technology from Sergipe on campuses Lagarto, Itabaiana, Estância, São Cristóvão, Aracaju, Nossa Senhora da Glória and Rectory, where women servants were covered (teachers and TAEs ) and participants of the Thousand Women program. This is an explanatory, qualitative and quantitative research whose research facilities are based on perception and phenomenological approach proposed by Alfred Schutz. For the organization and categorization of the responses obtained in the questionnaires was chosen content analysis, according to Bardin (1977). The contribution of the study to environmental sciences lies in the production of new knowledge that can converge with the advancement of science guided in the interdisciplinary dialogue in the consumer issues, especially in the Northeast region of the country. The data show that consumption appears as a way to improve the living conditions and |reward| the efforts made through the work, whether formal or informal. Thus, the perceived still not realized fully in the lived of these women, because some obstacles such as lack of information on sustainable consumption, lack of selective collection options, cooking and other actions oil collection still hinder effective participation and continuous, since of public policies related to sustainable consumption, which are unknown to most women.
Keywords: Mulher
Consumo
Sustentabilidade
Meio ambiente
Female
Consumption
Susta
Subject CNPQ: CNPQ::OUTROS
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente
Citation: SIQUEIRA, Rosana Rocha. Mulheres e o consumo sustentável : percepções e desafios no contexto do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe - IFS. 2015. 263 f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2015.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4062
Appears in Collections:Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ROSANA_ROCHA_SIQUEIRA.pdf5,6 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.