Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4450
Document Type: Dissertação
Title: Comportamento, dieta e uso do espaço em um grupo de guigó-de-coimbra (Callicebus coimbrai Kobayashi & Langguth 1999) no RVS Mata do Junco Capela-SE
Other Titles: Behavioural ecology of a titi group (Callicebus coimbrai Kobayashi & Langguth, 1999) in eastern Sergipe
Authors: Santana, Marina Marques de
Issue Date: 29-Feb-2012
Advisor: Ferrari, Stephen Francis
Resumo : Callicebus coimbrai é uma espécie de primata ameaçada de extinção por conta da contínua degradação de seus habitats naturais. Foi descoberta há pouco tempo e apesar dos avanços nos estudos com este primata, ainda se precisa saber mais acerca de sua ecologia. O presente estudo teve como objetivo avançar nosso conhecimento da ecologia da espécie, visando principalmente a sua conservação em longo prazo. Um grupo de guigós foi monitorado no Refúgio da Vida Silvestre Mata do Junco, no município de Capela. O grupo de estudo era composto inicialmente por um casal reprodutivo, um adulto, dois subadultos e um juvenil e foi monitorado de agosto a dezembro de 2011. Dados comportamentais quantitativos foram coletados em uma amostragem contínua de varredura instantânea, com amostras de um minuto coletadas em intervalos de cinco minutos. Em novembro, o adulto não-reprodutivo desapareceu e um par de gêmeos nasceu. Os animais passaram 34,6% do tempo descasando, 26,9% se alimentando, 22,4% em deslocamento, 6,9% interagindo socialmente, 4,7% vocalizando e 2,0% forrageando (2,5% outros). A dieta foi composta por frutos (62,9%), folhas (28,4%), sementes (5,0%) e flores (3,6%), com um total de 21 espécies exploradas. As espécies mais utilizadas eram das famílias Melastomataceae, Apocynaceae e Dilleniaceae. O consumo de frutos foi significativamente maior durante a estação chuvosa, enquanto o de folhas e flores foi maior durante a seca. Esta variação foi acompanhada por mudanças no padrão comportamental, com a alimentação e deslocamento sendo significativamente mais freqüentes na estação chuvosa, e o descanso maior na seca. A área de vida registrada durante o estudo foi de 8,7 ha, mas provavelmente foi subestimada devido à curta duração do estudo. De um modo geral, o comportamento do grupo de estudo foi típico do gênero Callicebus, embora foram encontradas algumas diferenças em relação aos estudos anteriores de C. coimbrai, como interações freqüentes com Callithrix jacchus. Os resultados re-enfatizaram a tolerância desses animais a fragmentação de habitas baseada em sua flexibilidade comportamental e capacidade de explorar recursos alternativos. O estudo contribuiu para a consolidação de uma base de dados sobre a ecologia de C. coimbrai visando garantir a conservação da espécie e dos ecossistemas que habita em longo prazo.
Abstract: Callicebus coimbrai is a recently-discovered primate species endangered with extinction due to the ongoing degradation of its natural habitat. Despite recent advances in research, the ecology of this species is still poorly-known. The present study aimed to further our knowledge of the ecology of the species, with the principal objective of guaranteeing its long-term conservation. A group of titis was monitored in the Mata do Junco Wildlife Refige in the municipality of Capela. The study group was initially composed of a breeding pair, an adult, two subadults, and a juvenile, and was monitored between August and December, 2011. Quantitative behavioural data were collected using continuous scan-sampling, with one-minute samples being collected at five-minute intervals. In November, the non-breeding adult disappeared and a pair of twins was born. The animals spent 34.6% of their time at rest, 26.9% feeding, 22.4% moving, 6.9% in social behaviour, 4.7% vocalising, and 2.0% foraging (2.5% miscellaneous). The diet was composed of fruit (62.9%), leaves (28.4%), seeds (5.0%), and flowers (3.6%), with a total of 21 species being exploited. The most frequently-used species were of the families Melastomataceae, Apocynaceae, and Dilleniaceae. Fruit was consumed significantly more frequently during the rainy season, whereas consumption of leaves and flowers increased during the dry season. This variation was accompanied by a shift in the activity pattern, with feeding and moving being significantly more frequent during the rainy season, and rest increasing in the dry. The home range recorded during the study was of 8.7 ha, but was probably underestimated due to the short duration of the study. Overall, the behaviour of the study group was typical of the genus Callicebus, although some differences were observed in comparison with previous studies of C. coimbrai, such as relatively frequent interactions with Callithrix jacchus. The results re-emphasised the tolerance of these animals towards habitat fragmentation, based on the behavioural flexibility and capacity to exploit alternative resources. The study contributed to the consolidation of a database on the ecology of C. coimbrai, which should guarantee the conservation of the species and the ecosystems it inhabits over the long term.
Keywords: Callicebus coimbrai
Comportamento
Dieta
Sazonalidade
Fragmentação
Behaviour
Diet
Seasonality
Fragmentation
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::CONSERVACAO DA NATUREZA
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Ecologia e Conservação
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4450
Appears in Collections:Mestrado em Ecologia e Conservação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARINA_MARQUES_SANTANA.pdf2,1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.