Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4460
Document Type: Dissertação
Title: Morfometria geométrica, dimorfismo sexual e avaliação da atratividade de Cratosomus flavofasciatus (Coleoptera: Curculionidae) ao feromônio sintético
Authors: Campos, Philippe Correia Souza
Issue Date: 24-Feb-2017
Advisor: Ambrogi, Bianca Giuliano
Co-advisor: Souto, Leandro Sousa
Resumo : O conhecimento sobre a biologia e o comportamento animal é fundamental para compreensão de como determinado organismo interage com o seu ambiente. A identificação do sexo dos indivíduos é um passo essencial na execução de estudos comportamentais. Um ponto integrante do comportamento animal é a comunicação, a qual pode ser intermediada por feromônios. Dentre os vários grupos, os insetos são os animais que mais utilizam os feromônios para desempenhar suas atividades fundamentais. Cratosomus flavofasciatus, um coleóptero da família Curculionidae, popularmente chamado de broca-da-laranjeira, é considerado uma das principais pragas do citros, apresentando grande ocorrência em pomares sergipanos. O presente trabalho teve como objetivo avaliar características morfológicas que permitam a diferenciação sexual de C. flavosfaciatus e avaliar a atratividade de C. flavosfaciatus aos compostos sintéticos que compõem o feromônio de agregação dessa espécie e à suas plantas hospedeiras. Para verificar o dimorfismo sexual de C. flavofasciatus, primeiramente foi feito uma análise de morfometria geométrica utilizando 80 indivíduos adultos de cada sexo. Foram feitos 27 marcos anatômicos (landmarks) na região ventral em cada indivíduo. Os marcos anatômicos 2, 9, 10, 11, 18 e 21 foram os que mais contribuíram para a distinção entre machos e fêmeas, os quais representam a região do rostro, a porção final do abdômen e o final do tórax. Para confirmação do sexo, foi realizada também a retirada da genitália de ambos os sexos. Nas fêmeas foi possível o reconhecimento das seguintes estruturas: esternito VIII e bursa copulatrix. Já nos machos foi possível observar a espícula gastral e o edeago com par de parâmeros. A Anova de Procrustes demonstrou diferença significativa da forma (P < 0,001) e do tamanho (centróide) (P < 0,001) entre os sexos, porém não houve diferença da forma em relação ao tamanho (P = 0,229) bem como da forma em relação ao sexo em conjunto com o tamanho (P = 0,707). A análise de componentes principais demonstrou uma evidente diferenciação entre os sexos com base na região ventral da espécie. Os dois primeiros componentes principais explicaram 51,91% (PC1 + PC2: 39,56% + 12,35%) da variação da forma. A análise de discriminantes indicou diferença significativa (teste de permutação = 10000 permutações; P < 0,001) quanto ao dimorfismo sexual da forma da região ventral. A determinação do sexo em adultos de C. flavofasciatus através do último esternito abdominal é tão precisa quanto à dissecação da genitália. A resposta comportamental de C. flavofasciatus aos compostos feromonais sintéticos (mistura de 2-((1R, 2S)-1-metil-2-(prop-1-en-2-il)ciclobutil)etanol (grandisol), (E)-2-(3,3-dimetilciclohexilideno)etanol (álcool E) e (Z)-2-(3,3-dimetilciclohexilideno)etanol (álcool Z)) e para suas plantas hospedeiras Cordia curassavica (Maria-Preta) e Citrus sinensis (Laranjeira) foi avaliada por meio de testes olfativos realizados em um olfatômetro em “Y”. Ambos os sexos foram significativamente mais atraídos para os caules de C. sinensis (P < 0,05) que para o ar filtrado. Já os testes com caules de C. curassavica atraíram significativamente somente os machos (P = 0,02). Quando os insetos tiveram a oportunidade de escolher entre caules de C. curassavica e caules de C. sinensis, os machos preferiram os de C. curassavica (P = 0,01), já as fêmeas não apresentaram preferência significativa (P > 0,05). A combinação dos voláteis de C. curassavica e C. sinensis associadas ao feromônio sintético na concentração de 100ppm foi mais atrativa para ambos os sexos (P < 0,05) que para o controle (hexano juntamente com a planta hospedeira). Por outro lado, na concentração de 10ppm, somente a associação com C. curassavica atraiu apenas os machos (P = 0,009). Tais resultados podem ser utilizados como base para testes de campo, contribuindo para o desenvolvimento de um método ambientalmente seguro e eficaz para o monitoramento da broca-da-laranjeira.
Abstract: Knowledge about biology and animal behavior is critical to understanding how a particular organism interacts with its environment. Identifying the sex of individuals is an essential step in conducting behavioral studies. An integral part of animal behavior is communication, which can be intermediated by pheromones. Within different groups, insects are the animals use pheromones the most in order to carry out their fundamental activities. Cratosomus flavofasciatus, a Coleoptera of the Curculionidae family, popularly called the Orange-tree-borer, is considered one of the main citrus pests, occurring in Sergipan orchards. The objective of this work was to evaluate the morphological characteristics that allow the sexual differentiation of C. flavosfaciatus and to evaluate the attractiveness of C. flavosfaciatus to the synthetic compounds that make up the pheromone of this species. To verify the sexual dimorphism of C. flavofasciatus, a geometric morphometry analysis was first made using 80 adult individuals of each sex. There were 27 landmarks in the ventral region in each individual. The anatomical landmarks 2, 9, 10, 11, 18, 21 were the ones that contributed most to the distinction between males and females, which represent the region of the rostrum, the final portion of the abdomen and the end of the thorax. For sex confirmation, a withdrawal of the genitalia of both sexes was also performed. In females it was possible to recognize the following structures: sternite VIII and bursa copulatrix. In males, it was possible to observe the gastric spicule and the aedeagus with a pair of parammero. The Procrustes Anova showed significant differences between the sexes (P<0.001) and the size (centroid) in relation to sex (P <0.001), but there was no difference in shape in relation to size (P = 0.229) and the form in relation to sex in conjunction with the size (P = 0.707). Principal component analysis demonstrated an evident differentiation between the genders based on the ventral region of the species. The first two main components explained 51.909% (PC1 + PC2: 39.563% + 12.346%) of the shape variation. The discriminant analysis indicated a significant difference (permutation test = 10,000 permutations; P < 0.001) for the sexual dimorphism of the ventral region. The determination of the adult sex of C. flavofasciatus through the last abdominal sternum is as accurate as the dissection of the genitalia. The behavioral response of C. flavofasciatus to synthetic pheromonal compounds (a mixture of 2-((1R, 2S)-1-methyl-2-(prop-1-en-2-yl)cyclobutil)ethanol (grandisol), (E)-2-(3,3-dimethyl-cyclohexylidene)ethanol (alcohol E) and (Z)-2-(3,3-dimethyl-cyclohexylidene)ethanol (alcohol Z)) and for their host plants Cordia curassavica (Maria-Preta) and Citrus sinensis (Orange Tree) were evaluated by olfactory tests performed on a Y-tube olfactometer. Both sexes were significantly more attracted to C. sinensis stalks (P <0.05) than to filtered air. Tests with C. curassavica stalk attracted only males (P = 0.02). When the insects had the opportunity to choose between C. curassavica stalks and C. sinensis stalks, males preferred those from C. curassavica (P = 0.01), whereas females showed no significant preference (P> 0.05). The combination of the C. curassavica and C. sinensis volatiles associated with the synthetic pheromone at 100ppm concentration was more attractive for both sexes (P <0.05) than for the control (hexane together with the host plant). On the other hand, at the concentration of 10ppm, only the association with C. curassavica attracted males (P = 0.009). These results can be used as a basis for field testing, contributing to the development of an environmentally safe and effective method for monitoring orange tree borer.
Keywords: Ecologia
Feromônios
Sentidos e sensações
Ecologia animal
Comportamento animal
Marcos anatômicos
Feromônio de agregação
Olfatômetro em Y
Animal behaviour
Landmarks
Aggregation pheromone
Y-tube olfactometer
Subject CNPQ: CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Ecologia e Conservação
Citation: CAMPOS, Philippe Correia Souza. Morfometria geométrica, dimorfismo sexual e avaliação da atratividade de Cratosomus flavofasciatus (Coleoptera: Curculionidae) ao feromônio sintético. 2017. 68 f. Dissertação (Pós-Graduação em Ecologia e Conservação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2017.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4460
Appears in Collections:Mestrado em Ecologia e Conservação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PHILIPPE_CORREIA_SOUZA_CAMPOS.pdf1,02 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.