Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4529
Document Type: Dissertação
Title: Governança e cooperação no desenvolvimento de arranjos produtivos locais : estudo de casos múltiplos de APL em Sergipe
Other Titles: GOVERNANCE AND DEVELOPMENT COOPERATION LOCAL PRODUCTION ARRANGEMENTS: a study of multiple cases of APL in Sergipe
Authors: Aragão, Aline Menezes de
Issue Date: 19-May-2011
Advisor: Teixeira, Rivanda Meira
Resumo : Os Arranjos Produtivos Locais têm se apresentado como estratégia para as micro, pequenas e médias empresas aumentarem as suas chances de sobrevivência e superarem as barreiras de crescimento. O presente estudo teve como objetivo analisar como a governança e a cooperação entre os agentes institucionais e econômicos podem influenciar o desenvolvimento de Arranjos Produtivos Locais no Estado de Sergipe. Foram utilizados os procedimentos metodológicos relativos ao estudo de casos múltiplos, com a adoção de uma perspectiva de análise transversal. O nível de análise considerado foi o arranjo produtivo local e a unidade de análise foram os agentes institucionais e os agentes econômicos. Foram realizadas 32 entrevistas semi-estruturadas com os agentes dos APLs de Sergipe. Com base na análise dos casos, observou-se que nos APLs estudados predominam as micro e pequenas empresas com baixo nível tecnológico e que utilizam os mercados local/regional e regional/nacional como destinos da produção. Os maiores aglomerados identificados em termos do número de unidades produtivas existentes e de empregos formais gerados, foram o de Cerâmica Vermelha de Itabaianinha e o de Confecções de Tobias Barreto. A natureza da coordenação e articulação entre as empresas localizadas tende a ser baixa e é caracterizada por competição desenfreada e reduzida confiança. Verificou-se que as governanças privadas dos APLs de Cerâmica Vermelha do Baixo São Francisco e de Confecções de Itabaianinha têm sido mais atuantes, o que tem possibilitado ações de cooperação mais diversificadas entre os agentes econômicos e entre esses e os agentes institucionais.
Abstract: Local clusters have been presented as a strategy for micro, small and medium enterprises to increase their survival chances and overcoming the barriers to growth. This study aimed to examine how governance and cooperation among institutional and economic agents can influence the development of local clusters in the state of Sergipe. Methodological procedures were used for the case study and it was adopted a perspective cross-sectional analysis. The analysis level was the cluster and the analysis unit were the institutional and economic agents. Thirty-two semi-structured interviews were conducted with clusters agents in Sergipe. Based on the cases analysis it was observed that the clusters analyzed wee predominantly composed by micro and small enterprises with low technology that operate in local and regional markets. The largest clusters in relation to production units and formal jobs generation were Itabaianinha Red Ceramics and Tobias Barreto Clothing. The nature of coordination and networking among firms tends to be low with tough competition and reduced confidence. It was verified that the private governance of Red Ceramics of Low São Francisco and Itabaianinha Clothing clusters have been the most active, which has enabled more diverse cooperation actions between economic and institutional actors.
Keywords: Arranjos produtivos locais
Cooperação
Governança
Local clusters
Cooperation
Governance
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Economia
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4529
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Desenvolvimento Regional e Gestão de Empreendimentos Locais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ALINE_MENEZES_ARAGAO.pdf2,61 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.