Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4597
Tipo de Documento: Tese
Título: Entre a tradição e a inovação : professores e compêndios de inglês do século XIX
Autor(es): Santos, Elaine Maria
Data do documento: 13-Fev-2017
Orientador: Oliveira, Luiz Eduardo Meneses de
Resumo: O objetivo deste trabalho é identificar, no cenário educacional do Brasil oitocentista, as lutas por um espaço para o ensino do inglês, investigando as abordagens empregadas nas obras aqui selecionadas, que refletem o dilema de muitos autores ao defenderem, paradoxalmente, um discurso inovador para o ensino do inglês e repleto de práticas tradicionais e mecânicas provenientes do século XVI. Para tanto, foi necessário examinar a legislação para o ensino de línguas ou relacionada aos assuntos referentes ao inglês, visando acompanhar o percurso traçado pela língua inglesa em busca de conquista de espaço; pesquisar periódicos e prefácios de compêndios, para a identificação de histórias de professores de inglês, bem como de suas lutas pela manutenção da profissão docente; estudar os programas de estudo do Collegio de Pedro II e os livros recomendados para o ensino de língua inglesa; e, por fim, analisar algumas gramáticas de língua inglesa produzidas no século XIX, no intuito de estabelecer relações entre o material recomendado para o Collegio de Pedro II, os demais produzidos na época e a tentativa de propor uma metodologia inovadora frente às práticas tradicionais do oitocentos. A historiografia sobre a matéria foi fundamental para o entendimento das determinações que nortearam as produções de compêndios da época e cruciais para a condução da pesquisa. Como fontes, utilizei a legislação do século XIX, alguns compêndios oitocentistas e jornais do período, tendo a combinação dessas três fontes sido importante para que informações pudessem ser comparadas e contrastadas. Com este estudo, concluí que foram poucas as inovações verificadas nos materiais publicados, mesmo estando envolvidas em um discurso por práticas mais indutivas, recorrentes desde o século XVI. Foram, assim, privilegiadas as abordagens baseadas na gramática e tradução, mesmo quando os programas de ensino para o Collegio de Pedro II propunham práticas mais intuitivas.
Abstract: This thesis aims to identify the struggles faced by teachers trying to teach English in the educational setting of the nineteenth century, by investigating the approaches employed in the selected books, which reflected the dilemma of many authors in defending, paradoxically, an innovative discourse for the teaching of English and, at the same time, the traditional and mechanical practices from the sixteenth century. In order to do so, it was necessary to examine the legislation for language teaching or the one related to this subject in order to follow the route traced by the English language in its search for space and power; to research journals and prefaces of compendiums, to identify stories of English teachers and their struggles for the maintenance of the teaching profession; to study the programs of Collegio de Pedro II and the recommended books for teaching English; and, finally, to analyze some English-language grammars produced in the nineteenth century, in order to establish relations between the materials which were recommended, the others produced at the time and the attempt to propose an innovative methodology against the traditional one that could be identified. The historiography on the subject was fundamental for the understanding of the determinations that guided the productions of compendiums of the time and crucial for the conduction of the research. With this study, I concluded that there were few innovations found in the published materials, even though they were involved in a discourse for more inductive practices, recurrent since the 16th century. Approaches based on Grammar and translation were privileged, even when the teaching programs for the Collegio de Pedro II proposed more intuitive practices.
El objetivo de este trabajo es identificar, en el entorno educativo brasileño del siglo XIX, la lucha por un lugar para la enseñanza de Inglés, por la investigación de los enfoques empleados en las obras aquí seleccionadas, y lo que refleja el dilema de muchos autores en defender, paradójicamente, un discurso innovador para la enseñanza de Inglés y al mesmo tiempo, las prácticas tradicionales y mecánicos desde el siglo XVI. Por lo tanto, era necesario examinar la legislación para la enseñanza de idiomas o para los asuntos relacionados con el Inglés, en busca de seguir la ruta marcada de Ingles, en busca de la conquista del espacio; investigar revistas y prefacios de compendios para identificar historias de maestros de inglés, y sus luchas por el mantenimiento de la profesión docente; estudiar los programas de estudio del Colegio de Pedro II y libros recomendados para la enseñanza del idioma Inglés; y, por último, ver algunas gramáticas inglesas producidas en el siglo XIX, con el objetivo de establecer relaciones entre el material recomendado para el Colegio de Pedro II, los otros producidos en este periodo, y el intento de proponer una metodología innovadora frente a las prácticas tradicionales recurrentes. La historiografía sobre el asunto era esencial para la comprensión de las determinaciones que guiaron las producciones de los compendios de la época y era crucial para la realización de la investigación. Este estudio concluyó que había pocas innovaciones en los materiales publicados, a pesar de estar involucrado en un discurso para las prácticas más inductivos, desde el siglo XVI. Eran, por lo tanto, privilegiados los enfoques basados en la gramática y la traducción, incluso cuando los programas de educación para el Collegio de Pedro II proponian prácticas más intuitivos.
Palavras-chave: Educação
História da educação
Língua inglesa
Ensino de língua inglesa
Linguagem e línguas
Prática de ensino
Compêndios
Ensino de línguas
Compendiums
Language teaching
History of education
English language
Enseñanza de idiomas
Historia de la educación
área CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição/Editora: Universidade Federal de Sergipe
Sigla da Instituição: UFS
Programa de Pós-graduação: Pós-Graduação em Educação
Citação: SANTOS, Elaine Maria. Entre a tradição e a inovação : professores e compêndios de inglês do século XIX. 2017. 322 f. Tese (Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4597
Aparece nas coleções:Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ELAINE_MARIA_SANTOS.pdf4,94 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.