Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4598
Tipo de Documento: Tese
Título: A configuração da profissão de secretário em Sergipe : educação, atuação e organização da área (1975-2010)
Autor(es): Sabino, Rosimeri Ferraz
Data do documento: 13-Fev-2017
Orientador: Freitas, Anamaria Gonçalves Bueno de
Resumo: Esta tese teve como objetivo a investigação sobre a configuração da profissão de secretário no Estado de Sergipe, no período de 1975 a 2010, buscando-se compreender os processos em que ocorreram a formação, construção do espaço de atuação e organização desses profissionais em entidades de representação da categoria. Constituindo-se em uma pesquisa histórica, apoiada nos pressupostos da História Cultural, as principais categorias de análises adotadas foram os conceitos de “figuração, configuração e interdependência”, de Norbert Elias, “campo, capital e habitus”, de Pierre Bourdieu e “apropriação e representação” de Roger Chartier. O recorte temporal da pesquisa tem como referência antecedente a organização do Ensino Comercial no Brasil, por meio do Decreto no. 20.158, em 1931, onde constou o curso técnico de secretário. Porém, a ocupação só recebeu legislação própria em 1978, passando à profissão regulamentada com formação específica aos interessados no exercício dessa atividade. Em Sergipe, os primeiros cursos de qualificação para secretários surgiram em 1975. Nos anos seguintes, foram criados os cursos de Técnico em Secretariado, com o pioneiro no Colégio Tobias Barreto, em Aracaju, em 1976, no Colégio Diocesano, em Propriá, em 1980, e no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, em Aracaju, em 1996. Em nível superior, a formação ocorreu na Universidade Tiradentes, de 1989 a 2000, e na Universidade Federal, em Sergipe, a partir de 2006. Assim, com a identificação de iniciativas pontuais para a profissão em Sergipe, analisou-se a trajetória da formação, espaços, inserção e atuação desses profissionais no mercado de trabalho até o ano de 2010, data de conclusão da primeira turma do curso em nível superior na Universidade Federal de Sergipe. O estudo apontou que, embora sob amparo jurisdicional e de representação coletiva, a sistematização de conhecimentos para a práxis dos futuros secretários, por meio dos cursos específicos, não constituiu um movimento suficiente para atribuir ao Secretariado o status de “profissão”. Dessa forma, sem conseguir ecoar relevância à sociedade, a educação para o Secretariado contribuiu para a sua configuração como uma “profissionalização de passagem”. Esta tese é defendida sob a constatação de que a formação proporcionou aos alunos a conclusão de um determinado nível de ensino, mas não o ingresso em um nicho de trabalho relacionado ao título obtido. A educação especializada, como principal elemento da delimitação do campo, não se sustentou como distinção perante as práticas sociais, permanecendo confrontada com significados sobre o ofício historicamente constituídos.
Abstract: This thesis is aimed at researching the configuration of the secretarial profession in the State of Sergipe, from 1975 to 2010, seeking to understand the processes in which education, labor market space and organization of these professionals occurred in their representing entities. An historical research was conducted using the elements of Cultural History. The main categories analyzed were the concepts of “figuration, configuration and interdependency” of Norbert Elias, “field, capital and habitus”, of Pierre Bourdieu, and “ownership and representation” of Roger Chartier. The time period of this research uses Decree no 20.158 of 1931, as an antecedent reference that estalished Comercial Education in Brazil, which included the secretarial technical course. However, the occupation was just legalized in 1978, and thus became a regulated profession, with specialized education for those interested in following this path. In Sergipe, the first training courses for secretaries came to be in 1975. In the following years, the secretarial technical courses were created, Tobias Barreto College, Aracaju, as the first in 1976, Diocesano College, Propriá in 1980 and Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, Aracaju, in 1996. Tiradentes University started the graduation course in the year 1989 and cancelled it the year 2000, and the Federal University of Sergipe started the course in 2006 and continues till date. Thus, the trajectory of education spaces, insertion and action of these professionals in the labor market were analyzed until the year 2010, which was the graduation year of the first class of secretarial studies from the Federal University of Sergipe. The study showed that, though under legal protection and collective representation, the systematization of knowledge for the practice of future secretaries, through specific courses, was not a sufficient movement to give the occupation the status of “profession”. Unable to express its relevance to society, education for the secretaries contributed to its configuration as “passing professionalization”. This thesis is defended under the confirmation that the education provided allows students to complete a given level of education, but not entry into a job field related to the title obtained. The specialized education being the main element of the delimitation of the field, did not receive distinction before social practices, thus remains confronted with historically constituted meanings about secretarial activities.
Palavras-chave: Educação
Secretariado
Ensino profissional
Secretários
Educação profissional
Ensino comercial
História cultural
História da educação
Commercial education
Cultural history
History of education
Professional education
Secretarial studies
área CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição/Editora: Universidade Federal de Sergipe
Sigla da Instituição: UFS
Programa de Pós-graduação: Pós-Graduação em Educação
Citação: SABINO, Rosimeri Ferraz. A configuração da profissão de secretário em Sergipe : educação, atuação e organização da área (1975-2010). 2017. 387 f. Tese (Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4598
Aparece nas coleções:Doutorado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ROSIMERI_FERRAZ_SABINO.pdf41,81 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.