Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4612
Document Type: Dissertação
Title: Educação, saúde e sexualidade : revelações da inserção do projeto saúde e prevenção nas escolas em Aracaju
Other Titles: EDUCATION, HEALTH AND SEXUALITY: revelations from the insertion of health and prevention project in schools in Aracaju.
Authors: Santos, Luciano Rodrigues dos
Issue Date: 9-May-2011
Advisor: Cruz, Maria Helena Santana
Resumo : A presente pesquisa teve como objetivo geral analisar as concepções/contradições dos(as) coordenadores/facilitadores(as) e professores(as) envolvidos(as) com a implementação do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE), conduzido pelos Ministérios da Educação e da Saúde, que tem como objetivo central a promoção da saúde sexual e da saúde reprodutiva, visando a reduzir a vulnerabilidade de adolescentes e jovens às doenças sexualmente transmissíveis, à infecção pelo HIV, à AIDS e à gravidez não-planejada, por meio do desenvolvimento articulado de ações no âmbito das escolas e das unidades básicas de saúde. Dessa forma, antecipou-se a hipótese de que a implementação do SPE em Aracaju/SE apresenta dificuldades em relação à concretização total dos objetivos propostos em seu bojo. Na operacionalização desta pesquisa, compreendeu-se que a análise da relação entre educação, saúde e sexualidade permitiu a interlocução com a abordagem histórico-crítica e, consequentemente, com a inserção, em 2004, do SPE em Aracaju, capital do Estado de Sergipe. A opção metodológica da pesquisa recaiu sobre o Estudo de Caso e do enfoque qualitativo. Quanto ao processo de coleta de dados, além da utilização de fontes bibliográficas, questionários com perguntas abertas e fechadas e documentos oficiais, foram privilegiadas as entrevistas semi-estruturadas. Todavia, procurou-se preservar o anonimato dos respondentes. Definiu-se 04 (quatro) Unidades Públicas de Ensino das redes estadual e municipal, sendo 02 (duas) para cada rede pública de ensino, e, consequentemente, 04 (quatro) professoras que atualmente desenvolvem o Projeto SPE na cidade de Aracaju/SE. Também se convidou os(as) 02 (dois/duas) coordenadores/facilitadores(as) do SPE, 01 (um/uma) para cada rede pública de ensino, para participarem das entrevistas. Na análise dos dados foi priorizado o método de análise do conteúdo, para o estudo das motivações, atitudes, valores, crenças, tendências e, acrescentando-se, para o desvendar das ideologias que podem existir nos dispositivos legais, princípios, diretrizes, etc., que, à simples vista, não se apresentam com a devida clareza. Após a transcrição dos relatos das professoras e dos(as) coordenadores/facilitadores(as), foram realizadas as análises qualitativas, que resultaram em categorias a partir de cada aspecto focalizado nas entrevistas, e os conteúdos tiveram como critérios, nas respostas das professoras, seus pontos de convergência, divergência e isolados (diferente das demais relatadas). Em seguida, os mesmos critérios foram usados para as respostas dos(as) coordenadores/facilitadores(as) e finalizou-se agrupando as respostas dadas pelas professoras e pelos(as) coordenadores/facilitadores(as), procurando estabelecer os pontos de convergência, divergência e isolados entre eles(as). Com base nos dados é possível concluir que os objetivos propostos pelo SPE não estão sendo alcançados totalmente, devido à redução da carga horária na formação continuada para a implementação do SPE; rejeição em abordar as temáticas do SPE pelos(as) demais professores(as) das Unidades Públicas de Ensino que o implementaram; falta de participação dos profissionais da saúde; descaso da gestão escolar em colaborar na implementação do SPE; e a falta de ações direcionadas para os(as) alunos(as) com necessidades educacionais especiais.
Abstract: This research was to analyze the general conceptions/contradictions of (the) coordinators/facilitators and teachers involved with the implementation of Project Health and Prevention in Schools (HPS), lead for the Ministries of Education and Health, that has as objective central office the promotion of the sexual health and the reproductive health, aiming at to reduce the vulnerability of adolescents and young people on sexually transmitted diseases, HIV infection, aids and unplanned pregnancy, articulated through the development of actions in the context of schools and basic health units. This way, anticipated that the implementation of the HPS in Aracaju/SE presents difficulties in achieving proposed goals total in his underwear. In the operationalization of this research, understood that the review of the relationship between education, health and sexuality allowed interlocution with the historical-critical approach and consequently, with the insertion in 2004, the HPS in Aracaju, capital of the State of Sergipe. The methodological research fell on the Case Study and qualitative approach. The process of data collection and use of sources, questionnaires with open and closed questions and official documents, semi-structured interviews were privileged. However, sought to preserve the anonymity of respondents. Set to 04 (four) Public Educational Units of state and municipal networks, 02 (two) for each public school, and therefore 4 (four) teachers who currently develop Project HPS in Aracaju/SE. Also called (the) 02 (two) coordinators/facilitators (the) HPS, 01 (one) for each public school, to attend interviews. The analysis of data was prioritized the content analysis method for the study of the motivations, attitudes, values, beliefs, trends, and adding, to unravel the ideologies that may exist in legal provisions, principles, guidelines, etc., that simple view not presented with sufficient clarity. After the transcription of the reports of the teachers and of (the) coordinators/facilitators (the), qualitative analyses were undertaken, resulting in grades from every aspect focused on interviews, where the contents were as criteria in the responses of the teachers, their points of convergence, divergence and isolated (unlike other reported). Then the same criteria were used to the responses of (the) coordinators/facilitators (the) and ended up grouping the answers given by teachers and by (the) coordinators/facilitators (the) seeking to establish points of convergence, divergence and isolated between them. Based on the data it is possible to conclude that the goals proposed by the HPS are not being fully achieved, due to the reduction of working hours in continued training for the implementation of the HPS; rejection in approaching the thematic ones of the SPE for the too much teachers of Public Educational Units that had implemented it; lack of involvement of health professionals; neglect of school management to cooperate in the implementation of the HPS; and the lack of actions directed to students with special educational needs.
Keywords: Educação
Saúde
Sexualidade humana
Políticas públicas
Cultura escolar
Education
Health
Human sexuality
Public policies
School culture
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Educação
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4612
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LUCIANO_RODRIGUES_SANTOS.pdf1,61 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.