Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4649
Tipo de Documento: Dissertação
Título: Cálculo de área na vida e na escola : possíveis diferenças conceituais
Título(s) alternativo(s): CALCULATION OF AREA IN LIFE AND IN SCHOOL: possible conceptual differences
Autor(es): Santos, Laceni Miranda Souza dos
Data do documento: 19-Abr-2010
Orientador: Silva, Veleida Anahí da
Resumo: Este estudo centra-se na discussão sobre os conhecimentos matemáticos envolvidos na prática dos trabalhadores rurais, as possíveis relações existentes entre os conceitos matemáticos dos agricultores, a vivência sócio cultural dos alunos e a prática pedagógica dos professores das Escolas Municipais rurais na região de Irecê/BA, no que diz respeito ao cálculo de área. O objetivo principal foi investigar o conhecimento matemático prático de trabalhadores rurais, em especial, o cálculo de área, a fim de estabelecer possíveis diferenças conceituais entre os procedimentos não formais dos trabalhadores e os procedimentos formais usados na escola. A metodologia empregada configura-se como qualitativa, na medida em que avalia as atitudes dos indivíduos em seu ambiente sócio-cultural. A referida pesquisa conta com duas categorias distintas; uma pertencente à escola, constituída por alunos dos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental, professores de matemática; e outra não pertencente à escola, representada por trabalhadores rurais, todos residentes no distrito de Gameleira dos Crentes e do município de João Dourado/BA, situados na micro-região rural de Irecê, na Bahia. Tomamos como referencial teórico as abordagens da Etnomatemática, como uma possibilidade de interlocução entre os saberes matemáticos formais e os saberes do cotidiano, bem como a discussão das contribuições da teoria sócio-cultural embasadas em Vigotsky, na análise do desenvolvimento dos conceitos, proposta por Vergnaud, pela qual a operacionalização de cálculos de área com braças, quadros, tarefas e aceros poderá ser considerada no contexto desta pesquisa, como teoremas-em-ação.
Abstract: This study focuses on the discussion regarding mathematical knowledge involved in the work of rural farmers, the possible relations existing within the farmers‟ mathematical concepts, the social-cultural experience of students and the pedagogical practice of teachers of the rural Municipal Schools in the region of Irecê, BA, with respect to area calculation. The main objective was to investigate the practical mathematical knowledge of agricultural workers, specifically, area calculation, in order to establish possible conceptual differences between the informal conduct of rural workers and the formal conduct used in the school. The methodology used in this study was qualitative, as it evaluates the attitudes of the individuals in their social-cultural environment. The research was based on two distinct categories: one belonging to the school, comprising of students from Eighth and Ninth grades, and Math teachers; the other not being part of the school, represented by rural workers, all the residents of the city of Gameleira dos Crentes and the municipality of João Dourado, BA, situated in the micro-region of Irecê, Bahia. The theoretical references were taken from Ethnomathematics, as a possibility of interlocution between formal mathematical knowledge and knowledge stemming from everyday activities, as well as from the discussion of contributions of the social-cultural theory based on Vigotsky, on the anlaysis of concept development proposed by Vergnaud, by which the use of area calculation with fathoms, squares, acres and hectares can be considered in the context of this research, as theorems-in-action.
Palavras-chave: Procedimentos formal e não formal
Etnomatemática
Teoremas-em-ação
Formal and informal conduct
Ethnomathematics
Theorems-in-action
área CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição/Editora: Universidade Federal de Sergipe
Sigla da Instituição: UFS
Programa de Pós-graduação: Pós-Graduação em Educação
Citação: SANTOS, Laceni Miranda Souza dos. Cálculo de área na vida e na escola : possíveis diferenças conceituais. 2010. 133 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4649
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LACENI_MIRANDA_SOUZA_SANTOS.pdf2,37 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.