Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4706
Tipo de Documento: Dissertação
Título: Conhecimento e vida camponesa : a formação de engenheiros agrônomos pelo PRONERA no estado de Sergipe
Título(s) alternativo(s): KNOWLEDGE AND PEASANT LIFE: the formation of Agronomists PRONERA by the State of Sergipe.
Autor(es): Souza, Gisele da Rocha
Data do documento: 23-Out-2009
Orientador: Jesus, Sonia Meire Santos Azevedo de
Resumo: O trabalho trata do estudo das condições da política e da oferta de Educação Superior para os sujeitos que vivem no campo, em especial da oferta do curso de Engenharia Agronômica para os beneficiários da reforma agrária, realizado pela Universidade Federal de Sergipe UFS com o apoio do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária PRONERA/INCRA/MDA. O objetivo da pesquisa foi o de analisar a importância da desconcentração do conhecimento científico como uma importante estratégia para a criação de condições do desenvolvimento sustentável dos que vivem e trabalham no meio rural. A pesquisa se desenvolveu a partir de duas análises sobre a implantação do curso especial de Engenharia Agronômica no Estado de Sergipe direcionados aos assentados da reforma agrária e, o currículo desenvolvido no curso a partir da especificidade do campo na região Nordeste do Brasil. Partiu-se do pressuposto de que a educação possibilita ampliar a reflexão e as práticas sociais sobre as questões econômicas, políticas, culturais e ambientais enfrentadas por todos que lutam e tentam construir uma vida digna no campo brasileiro. Adotou-se como método um estudo na perspectiva histórico-dialética marxista, procurando em meio às contradições, identificar no percurso da formação profissional proposto pela UFS, uma vez que a proposta do curso se diferencia pelo seu público (assentados e filhos de assentados), sua metodologia (alternância Tempo Comunidade e Tempo Escola); os elementos que contribuem para ampliar a interlocução entre a assistência técnica e o agricultor, de forma a construir um novo conhecimento e desenvolvimento do campo. A partir das entrevistas realizadas, da leitura dos diários de campo, relatórios técnicos, projetos e programas do curso, foi possível inferir que, apesar dos inúmeros problemas enfrentados no seu desenvolvimento, o curso proporcionou acesso ao conhecimento científico aos camponeses e filhos de camponeses e possibilitou a criação de projetos, os quais podem ser estendidos às comunidades rurais de origem destes estudantes.
Abstract: The work deals with the study of the conditions of the policy and the provision of higher education for individuals who live in the countryside, especially the provision of the Agricultural Engineering course for the beneficiaries of agrarian reform conducted by the Federal University of Sergipe-UFS with support National Program for Education in Agrarian Reform - PRONERA / INCRA / MDA. The purpose of this research was to examine the importance of devolution of scientific knowledge as an important strategy for creating conditions for sustainable development of living and working in rural areas. The research was developed from two tests on the deployment of special course of Agricultural Engineering in the State of Sergipe directed at agrarian reform settlers and the curriculum developed in the course based on the specific field in northeastern Brazil. Started from the assumption that education helps expand the thinking and social practices on economic, political, cultural and environmental faced by all who struggle and try to build a decent life in the Brazilian countryside. Adopted as a method study in historical-Marxist dialectic, seeking amid the contradictions, identify the course of training proposed by the UFS, since the course proposal differs by its audience (children of settlers and settlements) its methodology (alternating - Time and Time Community School), the elements that contribute to broaden the dialogue between technical assistance and farmer in order to build a new knowledge and developing the field. From the interviews, reading the field diaries, technical reports, projects and programs underway, it was possible to infer that, despite the many problems faced in its development, the course provided access to scientific knowledge to farmers and children of peasants and enabled the creation of projects, which can be extended to rural communities in which these students.
Palavras-chave: Currículo
Formação profissional no campo
Educação do campo e universidade
Conhecimento e formação profissional
Educação superior e conhecimento no campo
Curriculum
Training in the field
The field and university education
Knowledge and professional training
Higher education and knowledge in the field
área CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição/Editora: Universidade Federal de Sergipe
Sigla da Instituição: UFS
Programa de Pós-graduação: Pós-Graduação em Educação
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4706
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GISELE_ROCHA_SOUZA.pdf46,71 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.