Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4715
Document Type: Dissertação
Title: Fenômeno bullying : um estudo de caso sobre a violência simbólica no Colégio de Aplicação de Sergipe
Other Titles: BULLYING PHENOMENON: a case study of symbolic violence in the college application sergipe
Authors: Mendes, Gisele Millen
Issue Date: 14-Jun-2010
Advisor: Neves, Paulo Sérgio da Costa
Resumo : Nos últimos anos os noticiários e revistas de circulação nacional comentam sobre o fenômeno bullying de forma constante. Bullying é uma palavra de origem inglesa, sem tradução para o português. É um tipo de violência que pode acontecer entre os alunos, de escolas públicas ou privadas, desencadeada de forma repetida contra uma mesma vítima ao longo do tempo e dentro de um desequilíbrio de poder, podendo causar danos psicológicos irreparáveis ao psiquismo, à personalidade, ao caráter e à auto-estima de suas vítimas, manifestando suas sequelas ao longo de toda a vida. O fenômeno Bullying vem sendo praticado há muito tempo nas escolas e se caracteriza como uma violência simbólica e velada. De fato, como estudantes ou educadores, todos já o presenciaram, e muitas vezes não se sabe o que fazer em situações de preconceito e desrespeito ao outro. Não se discutem os males que este problema causa às suas vítimas, porém, é preciso deixar claro que as brincadeiras entre os alunos são importantes e necessárias para o desenvolvimento das suas identidades e das relações interpessoais. O objetivo desta pesquisa é entender se os alunos sofrem este problema na sua dignidade e se existe uma demanda por reconhecimento das diferenças no CODAP Colégio de Aplicação, situado no campus da Universidade Federal de Sergipe, no município de São Cristóvão-SE. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, com alguns dados quantitativos, pois instrumentos de coletas de dados foram utilizados, além da revisão da literatura sobre o tema, questionários, com perguntas abertas e fechadas para 82 alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, entrevistas semi-estruturadas com 14 docentes, direção, vice-direção, supervisão pedagógica, psicóloga, orientadora educacional e auxiliar de serviços gerais da escola e observações do seu cotidiano. A maioria dos docentes e discentes desconhecia o assunto, apesar de acharem que a pesquisa seria muito relevante para o colégio. Para alguns docentes e funcionários entrevistados, o fenômeno bullying praticamente não existe na escola, o que existem são brincadeiras próprias da idade. Foram entrevistados 12 alunos com o objetivo de esclarecer em que momento a brincadeira se transforma em violência e quais são os problemas mais comuns na escola. Como resultado da pesquisa, percebeu-se que 62% dos alunos entrevistados já foram ou são vítimas de algum tipo de preconceito na escola pesquisada, porém, mais da metade destes alunos não se incomoda com as provocações. Este dado demonstra que é preciso ir além das aparências dos resultados e levar em conta a percepção dos alunos com relação ao assunto.
Abstract: In the last years, news media and magazines of national coverage, constantly commentate on the bullying phenomenon. Bullying is a word from British origin, and it has no translation into Portuguese. It is a kind of violence that may happen among students of private as well as public schools, unleashed in a repeated form against one single and same victim along the time and within an instability of power, and it may cause irreparable psychological damages to psychism, to the personality, character and self - esteem of its victims, with consequences along all life. The phenomenon Bullying has been in practice for a long time at schools and is characterized as a symbolic and shrouded violence. As a matter of fact, students as well as educators have experienced it many times and don‟t know how to deal with it, mostly on prejudicing and disrespect situations to the others. No doubt the damages such problem cause to its victims, but it is necessary to make it clear that plays among students are not only important, but necessary to develop their identities and inter personal relations. The aim of this research is to understand if students suffer such problems on their dignities and if there is a demand to the recognition of the differences in CODAP Colégio de Aplicação , in Universidade Federal de Sergipe, at São Cristovão County-SE. It is a qualitative research, with some quantitative data, like data collection instruments that were used besides the literature review about the essay, questionnaires, with opened and closed questions for 82 students from the 6o. to the 9o. year of Fundamental Level, semi structured interviews with 14 teachers, Directors, Vice Directors, Pedagogical Supervisors, Phsycologists, Educational Orientators and general services workers of the school and observations of its common life. The majority of the teachers and students knew nothing about the subject, even though they thought the research was relevant to the school. For some interviewed teachers and office workers, the phenomenon bullying is practically non existing in the school; the plays, according to students‟ ages are the ones they refer to. 12 students were interviewed with the objective to clarify at what moment such plays turn into violence and which are the most common problems at school. As a result of the research, we can see that 62% of the interviewed students either were or are victims of some kind of prejudice in the researched school, but more than half of them don‟t bother with the annoyance and provocations. Such data demonstrate that it is necessary to go beyond the appearances of the results and take in consideration the students‟ perception related to the subject.
Keywords: Bullying
Mídia
Reconhecimento
Violência escolar simbólica
Bullying
Media
Recognition
Symbolic school violence
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Educação
Citation: MENDES, Gisele Millen. Fenômeno bullying : um estudo de caso sobre a violência simbólica no Colégio de Aplicação de Sergipe. 2010. 121 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2010.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4715
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GISELE_MILLEN_MENDES.pdf2,42 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.