Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4773
Document Type: Dissertação
Title: Relações com o aprender : um estudo sobre a aprendizagem de língua inglesa no ensino fundamental.
Authors: Bernardo, Aline Cajé
Issue Date: 26-Apr-2010
Advisor: Charlot, Bernard
Resumo : A língua inglesa é considerada, na atualidade, uma língua internacional. Na condição de língua estrangeira mais ensinada mundialmente, ela torna possível o acesso a outras formas de conhecimento. Entretanto, alguns estudos têm revelado que seu ensino apresenta problemas. Considerando esses aspectos, a presente pesquisa tem como objetivo analisar que sentidos os alunos do ensino fundamental atribuem à aprendizagem desse idioma, fundamentando-se principalmente na teoria da Relação com Saber, conforme desenvolvida por Bernard Charlot. Como referencial teórico, além de Charlot (2000; 2005), foram utilizados os estudos desenvolvidos por Develay (1996) e Almeida Filho (2005). Para a contextualização do inglês no cenário mundial, foram escolhidos autores como Rajagopalan (2005; 2009), Crystal (2003) e Brown (2000). Para a questão das condições efetivas do ensino de inglês nas escolas brasileiras, foram utilizados Leffa (2009), Almeida Filho (2005; 2003), Perin (2005) e Walker (2003). Trata-se de uma pesquisa qualitativa, que utilizou como instrumentos questionários e entrevistas, realizados com alunos da escola pública e particular. Os resultados indicam uma boa receptividade a esse idioma por parte dos alunos e uma aparente disposição para aprendê-lo, pelo fato de tratar-se de uma língua diferente e mundial. Os dados também apontam para as questões que influem negativamente sobre a relação deles com esse idioma. Os sentidos atribuídos por eles relacionam-se principalmente à importância e à utilidade futuras desse idioma em suas vidas.
Abstract: The English language has been considered an international language nowadays. As the most widely taught foreign language in the world, it has made possible the access to other kinds of knowledge. However, some studies have shown that there are problems with its teaching. Considering those aspects, this research has the purpose of analyzing the senses that elementary school students give to English language learning, based, mainly, on Relation to Knowledge theory developed by Bernard Charlot. As theoretical references, besides Charlot (2000; 2005), the studies developed by Develay (1996) and Almeida Filho (2005) were used. In order to contextualize the English language in the world scenery, the authors considered were Rajagopalan (2005; 2009), Crystal (2003) and Brown (2000). Concerning the effective conditions of English language teaching in Brazilian schools, the researches carried out by Leffa (2009), Almeida Filho (2005; 2003), Perin (2005) and Walker (2003) were taken into consideration. This is a qualitative research whose instruments were questionnaires and interviews with students from public and private schools. The results show good receptivity by the students to this language and an apparent willingness to its learning, due to the fact that it is a different and world language. The data also point out the elements which may negatively affect the students‟ relation to this language. The senses they attribute to the English language are mostly related to its future importance and usefulness in their lives.
Keywords: Língua Inglesa
Relação com o saber
Ensino e aprendizagem
English language
Telation to knowledge
Teaching and learning
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Educação
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4773
Appears in Collections:Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ALINE_CAJE_BERNARDO.pdf1,18 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.