Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4782
Tipo de Documento: Dissertação
Título: A Congregação do Atheneu Sergipense (1871-1875)
Autor(es): Santos, Maria Edna
Data do documento: 23-Fev-2016
Orientador: Alves, Eva Maria Siqueira
Resumo: A presente dissertação tem como objeto de estudo as atividades desenvolvidas pelos membros da Congregação do Atheneu Sergipense durante os anos de 1871 a 1875, tendo como objetivo principal analisar sobre a atuação deste primeiro grupo de atores. O recorte temporal inicia em 1871 por ser o primeiro ano de funcionamento da instituição e da atuação de Manuel Luiz Azevedo D’Araújo como diretor, e o marco final é o ano de 1875, quando termina a então direção da primeira mesa administrativa. Como objetivos específicos, a pesquisa também buscou analisar as Atas das reuniões da Congregação, a fim de entender a atuação dos agentes em questão – Manoel Luiz Azevedo D’Araújo (Diretor) e os lentes Antônio Diniz Barreto, Geminiano Paes de Azevedo, Ignácio de Souza Valladão, Justiniano de Mello e Silva, Raphael Archanjo de Moura Mattos, Sancho de Barros Pimentel, Thomaz Diogo Leopoldo, Tito Augusto Souto de Andrade, Ascendino Ângelo dos Reis, José João de Araújo Lima, Pedro Pereira de Andrada, Brício Maurício de Azevedo Cardoso e Manuel Francisco Alves de Oliveira; traçar o perfil biográfico dos professores; analisar as consonâncias entre o que estava prescrito no Regulamento da Instrução Pública de Sergipe e as atividades desenvolvidas pelos partícipes da Congregação e apresentar os embates travados entre os membros na condição de intelectuais. O estudo se caracteriza como histórico e documental, possuindo como fontes principais: Livro de Atas da Congregação do Atheneu Sergipense (1871-1875), o Regulamento da Instrução Pública da Província de Sergipe de 24 de outubro de 1870, o Estatuto do Atheneu Sergipense de 12 de janeiro de 1871, o Regulamento da Escola Normal de Sergipe de 31 de abril de 1874, o Dicionário Biobibliográfico Sergipano elaborado por Manoel Armindo Cordeiro Guaraná (1848-1924) e o Jornal do Aracaju (1871-1875). Esta pesquisa está pautada no pressuposto teórico da cultura escolar a partir das concepções de Felgueiras (2010); e intelectuais e redes conforme Sirinelli (2003; 1998). Para tanto, a pesquisa está dividida em três seções. Na primeira seção é apresentada uma parte introdutória, esclarecendo o porquê da escolha da Congregação do Atheneu Sergipense como objeto de estudo, as bases conceituais e o estado da arte acerca deste estabelecimento de ensino secular. Na segunda seção são apresentadas as biografias dos intelectuais, os pontos de pauta discutidos nas reuniões e a assiduidade dos membros. E na terceira seção apresento as atribuições demandadas à Congregação pela legislação educacional da Província de Sergipe, e o que era obedecido e imposto pelos próprios congregados. Com isto, ao trabalhar as diversas relações que os congregados mantinham entre eles enquanto intelectuais dentro da instituição, foi possível destacar os principais elementos que garantiram o desenvolvimento das atividades iniciais do Atheneu Sergipense, assim como os conflitos que por ora existiram. Deste modo, o trabalho contribui, principalmente, para a compreensão e composição de mais um fragmento da historia do Atheneu Sergipense e para a História da Educação sergipana, como também para a história dos intelectuais.
Abstract: The current dissertation has as its object of study the activities developed by the members of the Atheneu Sergipense Congregation between the years of 1871 – 1875, being the main objective to consider about the performance of this first cast. The time frame starts in 1871, as this is the first year of the institution and the performance of Manuel Luiz Azevedo D’Araújo as director, and the final part is 1875, when the first administration ends. As specific objectives, the research also looked into: analyzing the records of the Congregation in order to understand the performance of the agents in question – Manoel Luiz Azevedo D’Araújo (director) and the masters Antônio Diniz Barreto, Geminiano Paes de Azevedo, Ignácio de Souza Valladão, Justiniano de Mello e Silva, Raphael Archanjo de Moura Mattos, Sancho de Barros Pimentel, Thomaz Diogo Leopoldo, Tito Augusto Souto de Andrade, Ascendino Ângelo dos Reis, José João de Araújo Lima, Pedro Pereira de Andrada, Brício Maurício de Azevedo Cardoso and Manuel Francisco Alves de Oliveira; profiling the teachers; analyzing the consonances between what was prescribed in the Public Education Regulation of Sergipe and the activities developed by the participants of the Congregation; and presenting the fights between the members on the position of intellectual themselves. The study is a historical and documentary, having as its main sources: the Congregation Minute Book of Atheneu Sergipense (1871-1875), Public Education Regulation of Sergipe of October 24, 1870, the Constitution of Atheneu Sergipense of January 12, 1871, the Regulation of Escola Normal of Sergipe of April 31, 1874, the Bibliographic Dictionary of Sergipe, elaborated by Manoel Armindo Cordeiro Guaraná (1848-1924) and Jornal do Aracaju (1871-1875). This research is guided on the theoretical assumption of school culture since the conceptions of Felgueiras (2010); and intellectuals and networks by Sirinelli (2003; 1998). For such, the research is divided into three sections. On the first section, an introduction is introduced, clarifying the reason of the choice of Congregation of Atheneu Sergipense as object of study, the conceptual basis and the state of art about this institute of secular teaching. On the second section the biographies of the intellectuals are presented, what was discussed on meetings and the assiduity of the members. On the third section I present the attributions demanded to the Congregation by the educational legislation of Sergipe, and what was followed and imposed by the congregants. Thus, in studying the many relations the congregants had among themselves as intellectual of the institution, it was possible to highlight the main factors that ensured the development of the starting activities of Atheneu Sergipense, as well as the conflicts that existed in such time. This way, the study contributes for the understanding and composition of another fragment of the history of Atheneu Sergipense and to History of Education in Sergipe, as well as to the history of intellectuals.
Palavras-chave: Educação
Ensino de segundo grau
Intelectuais
História da educação
Colégio Atheneu Sergipense
Congregação
Ensino secundário
Congregation
Secondary Schoo
Intellectuals
área CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição/Editora: Universidade Federal de Sergipe
Sigla da Instituição: UFS
Programa de Pós-graduação: Pós-Graduação em Educação
Citação: SANTOS, Maria Edna. A Congregação do Atheneu Sergipense (1871-1875). 2016. 108 f. Dissertação (Pós-Graduação em Educação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4782
Aparece nas coleções:Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MARIA_EDNA_SANTOS.pdf1,78 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.