Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4951
Document Type: Dissertação
Title: Comportamento sedentário e fatores associados em adolescentes do Nordeste do Brasil
Authors: Silva, Fabiana Medeiros de Almeida
Issue Date: 29-Feb-2016
Advisor: Menezes, Aldemir Smith
Resumo : Introdução: Comportamento sedentário é o termo utilizado para caracterizar um conjunto de atividades com gasto energético próximo aos valores de repouso e normalmente realizadas na posição sentada. Objetivos: Analisar os fatores associados à exposição ao comportamento sedentário em adolescentes. Métodos: Este estudo é uma análise secundária dos dados de um levantamento epidemiológico de delineamento transversal com amostra representativa de estudantes do ensino médio da Rede Pública Estadual de Sergipe, composta por 3.992 escolares, com idades entre 14 e 19 anos. Os dados foram coletados mediante questionário auto administrado. O tempo em atividades como assistir televisão, jogar no computador, conversar com os amigos, jogar cartas ou dominó foi usado como medida do comportamento sedentário (>2 horas/dia = exposto). Variáveis como: nível de atividade física habitual, tabagismo, uso de drogas, consumo (frutas e verduras, refrigerante, álcool), indicadores de estresse psicossocial (percepção negativa de estresse, sentimento de solidão, dificuldade para dormir), fatores demográficos (sexo, idade, cor da pele) fatores socioeconômicos (série escolar, turno de estudo, reprovação, local de residência, escolaridade materna, renda familiar) foram analisadas. Recorreu-se à regressão logística binária para análise de associação entre as variáveis. Resultados: A prevalência de exposição ao comportamento sedentário foi de 46,7% e associou-se ao baixo nível de atividade física (OR=1,18; IC95%1,01-1,38), consumo de refrigerantes (OR=1,26; IC95%1,10-1,43), sentimento de solidão (OR=1,19; IC95%1,05-1,36) percepção negativa de estresse (OR=1,31; IC95%1,12-1,53), dificuldade para dormir (OR=1,20; IC95%1,05-1,37), sexo feminino (OR=1,33; IC95%1,14-1,55), menor faixa etária (OR=1,51; IC95%1,18-1,94), série inicial do ensino médio (OR=1,29; IC95%1,05-1,59), turno diurno de estudo (OR=1,21; IC95%1,02-1,45), local de domicílio em área urbana (OR=1,25; IC95%1,08-1,46), maior escolaridade materna (OR=1,58; IC95%1,21-2,06), não trabalhar (OR=1,57; IC95%1,31-1,89) e classe econômica mais privilegiada (OR=2,22; IC95%1,82-2,72). Conclusões: Foi evidenciada alta prevalência de exposição ao comportamento sedentário e associação com características demográficas, socioeconômicas e comportamentais dos adolescentes. São sugeridas intervenções para reduzir o sedentarismo entre os jovens, especialmente, nos subgrupos de maior exposição.
Abstract: Introduction: Sedentary behavior is the term used to describe activities energy expenditure close to resting values and normally performed in sitting position. Aims: To analyze the factors associated with exposure to sedentary behavior in adolescents. Methods: This study is a secondary analysis of data of an epidemiological cross-sectional survey with a representative sample of high school students enrolled in Public State Schools of Sergipe/Brazil, with sample composed of 3,992 adolescents aged 14-19 years. Data were collected through self-administered questionnaire. The time spent in activities such as watching television, playing computer games, chatting with friends, playing cards or dominoes was used as a measure of sedentary behavior (> 2 hours/day = exposed). Variables such as level of physical activity, smoking, drug use, consumption (fruits and vegetables, soft drinks, alcohol), psychosocial stress indicators (stress perception, feelings of loneliness, trouble sleeping), demographic factors (gender, age, skin color) socioeconomic factors (school grade, school shift, failure, place of residence, maternal schooling, occupational status and family) income were analyzed. Binary logistic regression was used to analyze association among variables. Results: The prevalence of exposure to sedentary behavior was 46.7% and was associated with low levels of physical activity (OR=1.18; IC95% 1.01-1.38), consumption of soft drinks (OR=1.26; IC95% 1.10-1.43), negative stress perception (OR=1.31; IC95% 1.12-1.53), feelings of loneliness (OR=1.19; IC 95% 1.05-1.36), trouble sleeping (OR=1.20; IC 95% 1.05-1.37), female gender (OR=1,33; IC95% 1,14-1,55), younger age group (OR=1,51; IC95% 1,18-1,94), first grades of high school (OR=1,29; IC95% 1,05-1,59), day school shift (OR=1,25; IC95% 1,08-1,46), place of residence in urban areas (OR=1,25; IC95% 1,08-1,46), higher maternal schooling, not working (OR=1,58; IC95% 1,21-2,06) and higher economic class (OR=2,22; IC95% 1,82-2,72). Conclusions: This study showed high proportion of adolescents exposed to sedentary behavior and association with demographic, socioeconomic and behavioral characteristics of adolescents. Interventions should be implemented to reduce exposed to sedentary behavior among young people, especially in subgroups of greater exposure.
Keywords: Educação física
Sedentarismo
Fatores de risco
Adolescentes
Qualidade de vida
Estilo de vida
Estilo de vida sedentário
Sedentary lifestyle
Adolescents
Risk factors
Subject CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Educação Física
Citation: SILVA, Fabiana Medeiros de Almeida. Comportamento sedentário e fatores associados em adolescentes do Nordeste do Brasil. 2016. 95 f. Dissertação (Pós-Graduação em Educação Física) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2016.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4951
Appears in Collections:Mestrado em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FABIANA_MEDEIROS_ALMEIDA_SILVA.pdf4,95 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.