Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4955
Document Type: Dissertação
Title: Efeitos do treinamento físico com kettlebell sobre a qualidade de movimento, força muscular e capacidade cardiorrespiratória
Authors: Castro, Bruno Farias
Issue Date: 28-Jan-2016
Advisor: Grigoletto, Marzo Edir da Silva
Resumo : Desde que foi reintroduzido nos Estados Unidos em 2001, o treinamento com Kettlebell cresceu exponencialmente entre atletas profissionais e amadores das mais diversas modalidades. O principal argumento utilizado pelos disseminadores desta metodologia foi o fato de que seus exercícios balísticos seriam eficientes para gerar adaptações positivas na força e potência muscular e na resistência cardiorrespiratória simultaneamente, além de ser uma atividade de extremo consumo energético. Tais afirmações são atualmente suportadas por respeitadas publicações científicas entretanto, ainda não está claro cientificamente se existe diferentes adaptações entre as duas formas mais comuns de praticar o swing, exercício fundamental no treinamento com Kettlebell. Assim como, também não é de conhecimento científico, a dose de treinamento com kettlebell mais eficiente para que ocorram positivas adaptações nas capacidades físicas. Foram então desenvolvidos dois estudos com os seguintes objetivos: a) Comparar as duas formas mais comuns de execução do exercício swing, unilateral e bilateral (estudo um); b) Comparar duas típicas rotinas de treinamento com kettlebell com diferentes volume e intensidade (estudo dois). Participaram desta pesquisa estudantes universitários fisicamente ativos, sem experiência (estudo um) ou com experiência (estudo dois) em treinamento com kettlebell. Os resultados dos nossos estudos sugerem que: a) As duas formas de execução do exercício swing, unilateral e bilateral, são eficazes para melhorar a qualidade de movimento, a força muscular e a resistência cardiorrespiratória; b) Independentemente do volume e da intensidade utilizados no protocolo deste estudo, a carga total de treinamento foi o principal responsável pela resposta significativamente positiva na qualidade de movimento, na força e na resistência cardiorrespiratória.
Abstract: Since it was introduced in the United States in 2001, Kettlebell training has grown exponentially among professional and amateur athletes from different sports. The main argument used by disseminators of this methodology was the fact that their ballistic exercises would be efficient to generate positive adaptations in muscle strength and power and cardiorespiratory endurance simultaneously, as well as being an extreme energy consumption activity. Such statements are currently supported by respected scientific publications however; it is not yet scientifically clear whether there is different adaptations between the two most common ways of practicing the swing, a fundamental exercise in Kettlebell training. Just as it´s unclear what is the best dose to prescribe for each goal during kettlebell training. Two studies were then developed with the following objectives: a) to compare the two most common forms of execution of the swing exercise, unilateral and bilateral (study one); b) to compare two typical kettlebell training routines with different volume and intensity (study two). Participated in this research physically active university students without experience (study one) or experience (study two) in kettlebell training. The results of our studies suggest that: a) the two forms of the swing exercise, unilateral and bilateral, are effective to improve the quality of motion muscle strength and cardiorespiratory endurance; b) Regardless of the volume and intensity used in the protocol of this study, the total training load was primarily responsible for the significantly positive response in the quality of movement, strength and cardiorespiratory endurance.
Keywords: Educação física
Kettlebell
Treinamento físico
Treinamento com peso
Musculação
Aptidão física
Qualidade de movimento
Força muscular
Capacidade cardiorrespiratória
Kettlebell training
Strength endurance
Cardiorespiratory endurance
Subject CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Sponsorship: Fundação de Apoio a Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe - FAPITEC/SE
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Educação Física
Citation: CASTRO, Bruno Farias. Efeitos do treinamento físico com kettlebell sobre a qualidade de movimento, força muscular e capacidade cardiorrespiratória. 2016. 83 f. Dissertação (Pós-Graduação em Educação Física) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2016.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4955
Appears in Collections:Mestrado em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BRUNO_FARIAS_CASTRO.pdf1,17 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.