Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4993
Tipo de Documento: Dissertação
Título: Validação de um manual educativo como tecnologia de enfermagem para pessoas com Diabetes Mellitus tipo 2
Autor(es): Melo, Ingrid Almeida de
Data do documento: 21-Fev-2017
Orientador: Otero, Liudmila Miyar
Resumo: Com a escassez de manuais educativos impressos desenvolvidos e validados pela enfermagem com foco em orientações no auxílio de atividades de autocuidado com pessoas com o diabetes mellitus tipo 2, optou-se por desenvolver uma pesquisa de desenvolvimento metodológico que teve como objetivo validar um manual educativo para pessoas com diabetes mellitus tipo 2 como tecnologia de enfermagem. Para tanto foi utilizada o polo teórico da teoria da psicometria utilizado no modelo de Pasquali. A pesquisa foi realizada no ambulatório de diabetes mellitus do Hospital Universitário de Sergipe e no Centro de Especialidades Médicas de Aracaju (CEMAR). A população do estudo foi composta por 2 grupos distintos: os juízes especialistas e o público-alvo. Sendo que o grupo dos juízes-especialistas foi dividido entre profissionais da área da Saúde e profissionais das áreas de Exatas (Design Gráfico) e Humanas (Comunicação Social). O grupo de juízes da área da saúde foi composto por profissionais de saúde, dentre eles, médico, enfermeiro, nutricionista, educador físico e psicólogo, que foram responsáveis pela validação do conteúdo e da aparência. O segundo grupo de juízes foi composto por profissionais, da área de exatas como design gráfico e da área de humanas como comunicação social que realizou apenas a validação de aparência. Já o grupo do público-alvo foi formado por pessoas com diabetes mellitus do tipo 2, os quais, fizeram a análise da aparência. A coleta de dados foi realizada após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe. Os instrumentos utilizados nesta pesquisa foram três questionários, um para a validação de conteúdo e dois para a validação de aparência, todos adaptados do trabalho de Oliveira (2006). Foi realizado uma análise quantitativa de dados e variáveis do estudo e também análise descritiva dos comentários e sugestões dadas pelos juízes e público-alvo. Para a apresentação dos dados quantitativos foram utilizadas tabelas, nas quais foram apresentadas as porcentagens e medidas de tendências central (média, desvio padrão, mínimo, mediana e máximo) das variáveis. Esta análise, foi realizada através das respostas aos itens dos questionários aplicados aos juízes especialistas e ao público-alvo. Foi aplicado o Índice de Validade de Conteúdo (IVC), o Coeficiente de Alpha de Cronbach dos itens e Percentual de Concordância (PC) dos blocos na primeira e na segunda avaliação. Na validação de aparência do público-alvo, nas duas avaliações, o PC>80% com IVC’s>80%; na validação de aparência dos juízes de design gráfico e comunicação social, na primeira avaliação, o PC<80% e IVC<80% em 12 itens, sendo reprovado pelos juízes, em seguida os itens foram analisados e reformulados, na segunda avaliação o PC>80%, e todos os itens foram validados; na validação de conteúdo dos juízes da área da saúde, na primeira avaliação apresentou um PC<80% e a maioria dos itens apresentaram os IVC’s>80%, apenas oito itens foram reformulados; na segunda avaliação todos os blocos foram válidos pois apresentaram um PC>80% e os itens validados pois apresentaram os IVC’s>80% somente três itens apresentaram os IVC’s <80% porém seu p-valor > 0,05. E na validação de aparência dos juízes da saúde, na primeira avaliação houve um PC<80% em três blocos, com vinte e três itens validados, apenas três itens não foram validados com IVC < 80% e p-valor < 0,05, na segunda avaliação todos os blocos foram validados, e os itens aprovados, somente o item 5.5. apresentou um IVC <80% porém p-valor > 0,05. Após análise dos comentários e sugestões, foram feitas as reformulações para adequação do manual. Portanto, conclui-se que o manual é válido, e torna-se um material valioso no auxílio da autonomia para o cuidado de pessoas com diabetes mellitus tipo 2.
Abstract: With the shortage of printed educational manuals developed and validated by nursing focused on guidelines for self-care activities with people with type 2 diabetes mellitus, we chose to develop a methodological development research that aimed to validate an educational manual for People with type 2 diabetes mellitus as nursing technology. For that, the theoretical pole of the theory of psychometry used in Pasquali's model was used. The research was carried out in the diabetes mellitus outpatient clinic of the University Hospital of Sergipe and in the Center of Medical Specialties of Aracaju (CEMAR). The study population consisted of two distinct groups: the expert judges and the target audience. The group of expert judges was divided between professionals in the area of Health and professionals in the areas of Exact (Graphic Design) and Human (Social Communication). The group of health judges was composed of health professionals, including doctors, nurses, nutritionists, physical educators and psychologists, who were responsible for the validation of content and appearance. The second group of judges was composed of professionals, from the area of exact as graphic design and from the area of human as social media that performed only the validation of appearance. The target group was formed by people with type 2 diabetes mellitus, who did the analysis of the appearance. Data collection was done after approval of the Research Ethics Committee of the Federal University of Sergipe. The instruments used in this research were three questionnaires, one for the validation of content and two for the validation of appearance, all adapted from the work of Oliveira (2006). A quantitative analysis of the data and variables of the study was performed, as well as a descriptive analysis of the comments and suggestions given by the judges and the target public. For the presentation of the quantitative data, tables were used, in which the percentages and measures of central tendencies (mean, standard deviation, minimum, median and maximum) of the variables were presented. This analysis was performed through the answers to the questionnaire items applied to expert judges and the target audience. The Content Validity Index (CVI), Cronbach's Alpha Coefficient of the items and Percentage of Agreement (PC) of the blocks were applied in the first and second evaluations. In the validation of the appearance of the target audience, in the two evaluations, the PC> 80% with IVC's> 80%; In the first evaluation, PC <80% and IVC <80% in 12 items, being disapproved by the judges, then the items were analyzed and reformulated, in the second evaluation the PC > 80%, and all items were validated; In the validation of content of the judges in the health area, in the first evaluation presented a PC <80% and most of the items presented the CVIs> 80%, only eight items were reformulated; In the second evaluation all the blocks were valid because they presented a PC> 80% and the items validated because they presented the CVIs> 80% only three items presented the CVIs <80%, but their p-value> 0.05. And in the validation of the health judges' appearance, in the first evaluation there was a PC <80% in three blocks, with twenty-three items validated, only three items were not validated with CVI <80% and p-value < In the second evaluation all blocks were validated, and the approved items, only item 5.5. Presented an IVC <80% but p-value> 0.05. After reviewing the comments and suggestions, the reformulations were made to adapt the manual. Therefore, it is concluded that the manual is valid, and it becomes a valuable material to help autonomy for the care of people with type 2 diabetes mellitus.
Palavras-chave: Enfermagem
Tecnologia educacional
Estudos de validação
Diabetes Mellitus
Educational technology
Validation studies
área CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Idioma: por
País: Brasil
Instituição/Editora: Universidade Federal de Sergipe
Sigla da Instituição: UFS
Programa de Pós-graduação: Pós-Graduação em Enfermagem
Citação: MELO, Ingrid Almeida de. Validação de um manual educativo como tecnologia de enfermagem para pessoas com Diabetes Mellitus tipo 2. 2017. 183 f. Dissertação (Pós-Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4993
Aparece nas coleções:Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
INGRID_ALMEIDA_MELO.pdf3,22 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.