Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/4998
Tipo de Documento: Dissertação
Título: Análise do processo de administração de medicamentos em um hospital público de Aracaju
Título(s) alternativo(s): Analysis of medication administration process in a public hospital in Aracaju
Autor(es): Oliveira, Adriana Sousa Amado de
Data do documento: 26-Fev-2016
Orientador: Rodríguez, Eliana Ofelia Llapa
Resumo: Introdução: Eventos adversos relacionados a medicamentos estão entre as falhas mais comuns nos cuidados em saúde, e são definidos como eventos evitáveis que podem levar, de fato ou em potencial, ao uso inadequado de medicamentos. Nesse sentido, a segurança do paciente tem-se tornado uma preocupação do Ministério da Saúde, o qual vem se debruçando na construção de estratégias que minimizem esses eventos. Desta forma, em 2013 foi lançado o Programa de Segurança do Paciente e posteriormente o protocolo nacional de segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos, documento que traz recomendações para tornar o processo de medicação seguro. Objetivo: Analisar o processo de administração de medicamentos executado por profissionais de enfermagem, segundo o protocolo de segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos em duas unidades de terapia intensiva de um hospital público referência do estado de Sergipe/Brasil. Materiais e Método:Estudo com enfoque quantitativo, descritivo e de corte transversal. Para coleta dos dados utilizou-se três instrumentos. O primeiro com o objetivo de descrever características das unidades que interferem no processo de administração de medicamentos, o segundo, para observação das etapas de preparo e de administração de medicamentos, e o terceiro, para caracterização dos profissionais de enfermagem participantes da pesquisa. A amostra não probabilística, por conveniência, foi constituída pela observação de 1159 doses de medicamentos preparadas e administradas por 67 profissionais de enfermagem. Para análise dos dados foi utilizada estatística descritiva e analítica, bem como foi calculada a taxa de adesão aos itens de verificação para administração segura de medicamentos. Resultados: Em ambas as unidades a prescrição médica é do tipo padrão e digitalizada e a dispensação do tipo dose unitária. Por outro lado foi observado que os profissionais não se atentavam quanto ao uso de protocolos para o preparo e administração de medicamentos e não tinham rotina de notificação para erros de medicação. Os itens de verificação que apresentaram as maiores taxas foram forma certa (98,38%), via certa (85,93%), medicamento certo (65,09%) e dose certa (51,56%). Em contrapartida, as menores taxas foram encontradas nos itens paciente certo (32,06%), registro certo (25,39%), hora certa (34,24%) e orientação certa (1,15%). Conclusão: O processo de administração de medicamentos nas unidades estudadas precisa ser repensado quanto a construção de estratégias e barreiras que possam torná-lo mais seguro, principalmente em relação aos itens que apresentaram menor adesão. Espera-se que esse estudo possa fomentar futuras intervenções relacionadas à construção de um processo de medicação seguro.
Abstract: Introduction: Adverse events related to drugs are among the most common failures in health care, and are defined as preventable events that can lead, in fact or in potential, the misuse of drugs. In this sense, patient safety has become a concern of the Ministry of Health, which has been leaning on building strategies to minimize these events. Thus, in 2013 it launched the Safety Program Patient and subsequently the security protocol in prescription, use and administration of drugs, a document that provides recommendations to make the process safe medication. Objective: To analyze the drug delivery process performed by nursing professionals, according to the security protocol in prescription, use and drug administration ( BRAZIL, 2013) in two intensive care units of a public reference hospital in the state of Sergipe / Brazil. Materials and methods: study with quantitative approach, descriptive and cross-sectional. For data collection we used three instruments. The first aimed to describe characteristics of the units that interfere in the medication administration process, the second, to observe the stages of preparation and administration of drugs, and the third, to characterize the participants of the research nurses. The non-probabilistic sample by convenience was established by observation 1159 doses prepared and administered for 67 nurses. For data analysis was used descriptive and analytical statistics, and was calculated membership fee to check items for safe medication administration .Results: In both units the prescription is the standard type and scanned and dispensing of unit dose type. Moreover, it was observed that not professionals regarding the use of protocols for preparation and administration of drugs and had no notification routine to medication errors. The highest rates were somewhat (98.38%), one route (85.93%), right medication (65.09%) and a certain amount (51.56 %). In contrast, the lowest rates were found in the right patient items (32.06 %), right log (25.39 %), right time (34.24%) and right orientation (1.15%). Conclusion: The process of medication administration at the units need to be rethought as the construction of strategies and barriers that can make it more secure , especially in relation to items that showed lower adherence . It is hoped that this study will encourage future interventions related to the construction of a safe medication process.
Palavras-chave: Segurança do paciente
Enfermagem
Erros de medicação
Cuidado de enfermagem
Patient safety
Nursing care
Medication errors
área CNPQ: CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Agência de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição/Editora: Universidade Federal de Sergipe
Sigla da Instituição: UFS
Programa de Pós-graduação: Pós-Graduação em Enfermagem
Citação: Oliveira, Adriana Sousa Amado de. Análise do processo de administração de medicamentos em um hospital público de Aracaju. 2016. 75 f. Dissertação (Pós-Graduação em Enfermagem) - Universidade Federal de Sergipe, Aracaju, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/4998
Aparece nas coleções:Mestrado em Enfermagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ADRIANA_SOUSA_AMADO_OLIVEIRA.pdf745,1 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.