Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/5423
Document Type: Tese
Title: Formação, movimento e descompasso da rede urbana de Sergipe.
Authors: Souza, Fernando Antonio Santos de
Issue Date: 9-Dec-2008
Advisor: França, Vera Lúcia Alves
Resumo : Este trabalho tem como objetivo estudar a rede urbana de Sergipe tendo em vista conhecer o movimento de centralidade espacial geográfica da rede em função dos descompassos provocados pelos fluxos de produção da riqueza e pelos fluxos de reprodução social que configuraram a forma função e ordem da rede. Com uma abordagem regional espacial utilizando o método dialético materialista triádico, a rede urbana, objeto de estudo geográfico, foi concebida como unidade dialética em movimento. Assim, o movimento de centralidade espacial geográfica é estudado a partir da investigação histórica das formas e forças espaciais geográficas e seus desdobramentos na configuração das cidades conectadas em rede, possibilitando reconhecer e estudar três momentos de centralidade espacial da rede urbana de Sergipe. Um momento inicial de formação em que predominou uma frágil centralidade espacial político-admistrativa e de povoamento para defesa e exploração econômica do território da rede, mantendo-se em um descompasso entre as tensões que se manifestaram com a exploração colonial mercantil e as formas primárias de produção econômica baseadas no trabalho escravo e fundamentadas pela moral religiosa católica romana. Um segundo momento, entre 1808 e 1945, em que predominou a centralidade espacial regional em um descompasso entre a economia internacional e as novas formas de trabalho, fundamentada na moral religiosa associada ao poder político. Um terceiro e último momento, entre 1946 e 2007, em que predominou a centralidade espacial nacional que, inicialmente, se manifestou com um padrão urbano em desencaixe desigual e combinado mantido em um descompasso entre a economia nacional e a economia internacional apoiada por um forte fundamento moral religioso combinado com uma dominação política clientelista. A partir de 1990 se estabeleceu um novo descompasso espacial provocado pelas transformações econômicas mundiais que flexibilizaram as conexões locais, criando um padrão de desencaixe e reencaixe excludentes da rede urbana sergipana apoiado em novas formas de fundamentação e dominação política.
Abstract: This thesis aims to study the urban network of Sergipe in order to know the movement of the network geographical space centrality due to the troubles caused by wealth production flows and social reproduction patterns that shaped the form, function and the network order. With a regional spatial approach using the triadic materialist dialectic method, the urban network, object of geographical study, was conceived as a dialectic unit in motion. Thus, the geographical space centrality movement is studied from the historical research of shapes and geographic space forces and its developments in the configuration of cities connected on a network, allowing to recognize and to study three moments of spatial centrality of Sergipe s urban network. At an initial moment of formation which prevailed a fragile space centrality political-management of population growth incentive in order to defend the network field and it s economic exploitation, staying in an imbalance between the tensions that has arisen with the mercantile and colonial exploitation of the primary forms of economic production based on slave labor and based on the Roman Catholic religious morality. After that, between 1808 and 1945, when the regional space centrality predominated in imbalance between the international economy and new ways of working, based on a religious morality linked to the political power. A third and final time, between 1946 and 2007, when predominated the national space centrality that, initially, revealed itself as a combined urban uneven detached pattern , kept in a mismatch between the national economy and the international economy supported by a strong religious foundation moral combined with a political clientelism domination. It was established since 1990 a new spatial disparity caused by the global economic transformations which flexible the local connections, creating a restrictive detached and reattached pattern of the Sergipe s urban network, supported by new forms of domination and political reasons.
Keywords: Rede urbana
Centralidade espacial
Descompasso
Urban network
Space centrality
Troubles caused
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Geografia
Citation: SOUZA, Fernando Antonio Santos de. Formação, movimento e descompasso da rede urbana de Sergipe.. 2008. 199 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2008.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/5423
Appears in Collections:Doutorado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FERNANDO_ANTONIO_SANTOS_SOUZA.pdf15,54 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.