Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/5601
Document Type: Dissertação
Title: Desafios da gestão social : as experiências no território do sertão ocidental sergipano
Authors: Santos, Plínio Elkson dos
Issue Date: 25-Aug-2014
Advisor: Costa, José Eloízio da
Resumo : A questão da Gestão Social do Território vem sendo bastante discutida tanto no Brasil quanto em outros países. É um modelo de gestão recorrente, definido como uma inovação territorial e da gestão da política em construção. Essa questão surge para acabar com a visão reducionista do sujeito histórico e propõe, sem obliterar a importância da sustentabilidade econômica e ambiental. O processo de desenvolvimento territorial tem no estado seu protagonista, sem perder a centralidade, deixa de ter o monopólio do poder para em articulação com a Sociedade Civil planejar, traçar diretrizes e tomar decisões capazes de potencializar as riquezas, em sentido amplo, do local. É um conceito que incorpora uma cidadania deliberativa, que incentiva e capacita a sociedade civil na participação de deliberações e regulações políticas, ou pelo menos, orienta e atrai esses protagonistas para ações coletivas e de inserção legítima nas decisões e processos que tem como característica o bem comum dos cidadãos no território e que almejam uma igualdade participativa sob o signo da gestão social. Para a pesquisa foram realizados os seguintes procedimentos metodológicos: visita técnica e observação participante nas reuniões do Colegiado, aplicação de questionários e entrevistas com perguntas semiestruturadas, além do garimpo de informações e dados secundários. A partir dessa visão, o trabalho em tela emerge face ao arranjo institucional materializado no Colegiado Territorial do Sertão Ocidental sergipano, com ênfase em seu processo de constituição, contradições e limites; em especial na organização espacial, nas disputas internas e nas materialidades dos projetos. O mesmo tem como intuito estudar e conhecer o andamento e a efetivação das ações protagonizadas pelo Colegiado Territorial, observando a dinâmica interna de seus atores sociais e as expectativas de desenvolvimento. O que estabelece de inferirmos que estamos em um terreno, em termos analíticos, minado, em função da multidimensionalidade das abordagens e dos diversos prismas escolhidos e de seus resultados e produtos diferenciados. O que torna dificultoso o arranjo analítico para desenvolver ―mais um estudo‖ sobre os ―territórios rurais‖. Devemos transcender o óbvio.
Abstract: The issue of the Social Management of the Territory has been widely discussed both in Brazil and in other countries. It´s a recurring management model, defined as an territorial innovation, and of policy management in construction. This question arises to end the reductionist view of the historical subject and proposes, without obliterating the importance of economic and environmental sustainability. The process of territorial development has in the State their protagonist, without losing the centrality no longer have a monopoly of power to in articulation with organized civil society - plan, set guidelines and make decisions capable of enhancing the wealth, in the broad sense of the place. Is a concept that incorporates a deliberative citizenship, which encourages and empowers civil society participation in policy decisions and regulations, or at least, attracts protagonists to collective actions and rightful inclusion in decisions and processes that have like characteristic the common good to the citizens of the territory and target a participatory equality under the sign of Social Management. To research the following methodological procedures were performed: technical visits and participant observation in reunions of the Board, application of questionnaires and interviews with semi-structured questions, beyond the panning of information and secondary data. From this view, the screen work emerges of the institutional arrangement embodied in the Territorial Board of the Sertão Occidental of Sergipe, with emphasis on the process of constitution, contradictions and limits, especially in spatial organization, in the infighting and the materiality of the projects. The intention is to study and know the progress and effectiveness of the actions pushed by the Territorial Board, noting the internal dynamics of its social actors and development expectations. What sets to infer that we are in a land, in analytical terms, mined, according to the multidimensionality of approaches and different prisms chosen and their results and differentiated products. What makes difficult the arrangement analytical to develop |more one study| about |rural territories|. We must transcend the obvious.
Keywords: Desenvolvimento
Território
Colegiado
Gestão Social e Territórios Rurais
Geografia agrícola
Desenvolvimento rural
Economia agrícola
Administração local
Development
Territory
Board
Social Management and Rural Territories
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Geografia
Citation: SANTOS, Plínio Elkson dos. Desafios da gestão social : as experiências no território do sertão ocidental sergipano. 2014. 125 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2014.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/5601
Appears in Collections:Mestrado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PLINIO_ELKSON_SANTOS.pdf2,33 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.