Please use this identifier to cite or link to this item: https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/5609
Document Type: Dissertação
Title: Territorialização do ecoturismo no domo de Itabaiana - SE
Authors: Santos, Mércia Carmelita Chagas Alves
Issue Date: 2007
Advisor: Costa, José Eloízio da
Resumo : O presente estudo analisou, no Domo de Itabaiana, tradicional território de atividades produtivas e de lazer localizado no Agreste de Sergipe, mais um fenômeno social observado no espaço, a territorialização da modalidade de turismo na qual a natureza em si é a mercadoria que deve ser consumida, o ecoturismo. Este, cuja prática é mais uma necessidade criada, é proposto nos projetos do Estado como uma atividade econômica capaz de promover o desenvolvimento local sustentável. E nos atrativos naturais do Domo, que se pretende transformar em atrativos turísticos e que estão presentes no Pólo das Serras Sergipanas na regionalização do turismo de Sergipe e do Brasil, ele é observado pela população residente nas proximidades, sendo promovido por guias pioneiros que fazem pequenos investimentos, como atividade econômica informal em pequena escala, sobretudo nos finais de semana, numa demonstração, de que teve início o processo em tela. Algumas iniciativas recentes, como a criação do Parque Nacional Serra de Itabaiana, sustentam a perspectiva de continuidade desse processo, entretanto nada garante que este evolua a ponto de no futuro ser importante na produção do espaço do Domo de Itabaiana. E embora o Estado planeje e comece a executar ações no sentido de promover tal territorialização e representantes deste e de outros atores sociais envolvidos no processo afirmem que o Domo apresenta condições favoráveis ao desenvolvimento do ecoturismo, é o capital que faz a escolha dos espaços em que irá reproduzir-se, sendo que a realidade evidencia, ao menos até o momento, que as ações do Estado não foram seguidas de investimentos significativos do capital. Observe-se que além da fragilidade dos atrativos naturais locais, diante do mau uso, impondo o monitoramento do uso para o lazer e da exploração pelo ecoturismo, mesmo antes de ser percebida na produção do espaço, qualquer interferência significativa da territorialização do ecoturismo no Domo de Itabaiana, são evidentes neste processo conflitos de interesses. Neste sentido, é importante atentar para a mistificação em torno do ecoturismo, bem como para a necessidade de avaliar os resultados dessa territorialização na produção do espaço com base no interesse social.
Abstract: This research analyzed in Itabaiana s Dome, a traditional territory of product activities and spare time at Sergipe s backwoods, more one social phenomenon noticed at the space: the territorial tourism in which all nature must be explored in a right way, the ecological tourism. This kind of tourism, which the practice is a created necessity, is found in the State projects as economic activity that is able to develop the ecological development project. And, the natural attractive of the Domo, that is intended to become a tourism attractive at Sergipe s Mountain Polo in the Sergipe and Brazil regional tourism, is observed by the local population, being promoted by guides that make a few investments, as informal economic activities that are very noticed at the weekends; in a demonstration that began in a screen process. Some recent investments, as the National Itabaiana s Mountain Park, supports the development of this project, however it s not possible to say that this will be evolved enough for reach an important local activity at the Itabaiana s Dome yet. Even with the project of the State about the development of the territorial tourism and others social programs about this kind of tourism start to be executed at the Itabaiana s Dome, it is the capital that makes the choice, where the money will be invested; and the reality shows, at least until this moment. , that State activities are not followed by the capital investments. Besides the fragility of the local natural attractive, for being explored in a wrong way, even before being realized in the space produce any kind of territorial ecological tourism in Itabaiana s Dome, are evidences of interest conflicts. At this point is important to put in evidence the mystification around the ecological tourism, as well the necessity of evaluate the results of the territorial space production based in social interests.
Keywords: Domo de Itabaiana
Territorialização
Ecoturismo
Lazer
Territorial
Ecological tourism
Spare time
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Geografia
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/5609
Appears in Collections:Mestrado em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MERCIA_CARMELITA_CHAGAS_ALVES_SANTOS_.pdf16,04 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.