Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/5936
Document Type: Dissertação
Title: Crenças em saúde, Teoria da Ação Planejada e saúde do homem : predizendo a intenção de realização do exame do toque retal
Other Titles: Health beliefs, Theory of Planned Behavior and Men’s Health : predicting the intention of doing the digital rectal exam
Authors: Turri, Geovanna Santana de Souza
Issue Date: 17-Jul-2017
Advisor: Faro, André
Resumo : A presente dissertação buscou investigar crenças e os demais construtos da Teoria da Ação Planejada (TAP), visando desenvolver um modelo capaz de identificar os principais preditores da intenção de realizar o Exame do Toque Retal (ETR). Para isto, realizou-se três estudos. No Estudo 1 foi realizado um capítulo teórico sobre a TAP e sua aplicabilidade a comportamentos de saúde do homem, com ênfase no comportamento de realização do ETR. Já os estudos 2 e 3 foram empíricos, realizados com homens entre 40 e 70 anos de idade, dividindo-os em dois grupos: Fez o ETR x Não fez o ETR. No Estudo 2, procurou-se identificar as principais crenças de homens acerca do ETR, comparando padrão de respostas por grupo. Aqui, utilizou-se um questionário com questões sociodemográficas e clínicas, além da técnica de evocação livre de palavras. Constatou-se que os homens que já fizeram o ETR costumaram evocar mais termos voltados à suscetibilidade e gravidade do câncer de próstata, enquanto que os homens que não o fizeram destacou a suscetibilidade ao câncer e, também, os benefícios de realizar o ETR. Tais dados mostraram como cada grupo vê o ETR, possibilitando intervenções pontuais. Já o Estudo 3 investigou o modelo preditivo da TAP (atitudes, normas e percepção de controle), visando identificar os principais preditores da intenção de realizar o ETR. Foi utilizada uma escala com os construtos da TAP, além de questões sociodemográficas e clínicas. Em suma, os resultados revelaram que a atitude prevê melhor a intenção de homens que nunca fizeram o ETR, enquanto as normas preveem melhor a intenção de homens que já o realizaram. Já a percepção de controle pareceu funcionar junto ao público masculino independentemente de ter feito ou não o exame. Enfim, entende-se que a TAP e o estudo das crenças podem auxiliar os pesquisadores sociais e da saúde a entender os fatores únicos que induzem uma pessoa a engajar-se no comportamento de interesse, neste caso, entender como homens se engajam na realização do ETR.
Abstract: The present dissertation aimed to investigate beliefs and other constructs of the Theory of Planned Behavior (TPB), to developing a model able to identifying the main predictors of the intention to perform Digital Rectal Exam (DRE). For this, we did three studies. In the Study 1, a theoretical chapter on TAP and its applicability to human health behaviors was carried out, with emphasis on the behavior of the ETR. The Studies 2 and 3 were empirical, men between 40 and 70 years old participated, dividing them into two groups: the men that did the DRE x the men that didn’t do the DRE. In the Study 2, we aimed to identify the main beliefs of men about DRE, comparing the responses pattern by group. Here, a questionnaire with sociodemographic and clinical questions and the free word evocation technique were used. We found that men who had already done DRE tended to evoke more terms for the susceptibility and severity of prostate cancer, while men who had never done emphasized the susceptibility to cancer and also the benefits of doing the DRE. These data showed how each group looks at the DRE, allowing for occasional interventions. The Study 3 investigated the predictive model of TPB (attitudes, norms and perception of control), aiming to identify the main predictors of the intention to doing the DRE. A scale with TPB constructs was used, as well as sociodemographic and clinical issues. In short, the results revealed that the attitude is better to predict the intent of men who had never done the DRE, while the norms are better to predict the intention of men who had already done so. And the perception of control seemed to work with the male audience whatever if they did or not the exam. Finally, we understood that TPB and the study of beliefs can help social and health researchers to understand the single factors that induce a person to engage in the behavior of interest, in this case, to understand how men engage in the DRE.
Keywords: Psicologia
Psicologia social
Teoria da Ação Planejada
Saúde do homem
Exame do toque retal
Modelo de crenças em saúde
Theory of planned behavior
Men's health
Digital rectal exam
Health beliefs model
Subject CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Sponsorship: Fundação de Apoio a Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe - FAPITEC/SE
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Psicologia Social
Citation: TURRI, Geovanna Santana de Souza. Crenças em saúde, Teoria da Ação Planejada e saúde do homem : predizendo a intenção de realização do exame do toque retal. 2017. 113 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2017.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/5936
Appears in Collections:Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GEOVANNA_SANTANA_SOUZA_TURRI.pdf2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.