Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/5999
Document Type: Dissertação
Title: Representações das práticas e práticas das representações : um estudo com psicólogos e usuários dos CRAS de Sergipe.
Other Titles: REPRESENTATIONS OF PRACTICE AND PRACTICE OF REPRESENTATIONS: a study with users of psychologists and CRAS of Sergipe.
Authors: Sobral, Marcela Flores Cardoso
Issue Date: 23-Feb-2011
Advisor: Lima, Marcus Eugênio Oliveira
Resumo : Este trabalho analisa as relações entre representações sociais e práticas sociais, enfocando a atividade profissional do psicólogo num contexto de atuação específico e de inserção recente, os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Investigamos especificamente tanto as representações sociais que os psicólogos têm dos usuários quanto as representações que os usuários têm dos psicólogos e suas relações com as práticas destes profissionais nos CRAS de Sergipe. Para tanto foram realizados dois estudos: um com 27 psicólogos que atuam em CRAS e outro com 20 usuários deste serviço. No primeiro estudo utilizamos um questionário e no segundo uma entrevista estruturada. Os resultados revelaram, no primeiro estudo, a existência de uma dissociação entre as práticas declaradas pelos profissionais e a percepção das práticas de outros psicólogos, o que nos permitiu inferir a prática real adotada pelos profissionais de psicologia. Percebemos ainda que os sujeitos que possuem uma representação mais psicologizante dos usuários apresentam maior coerência entre representações e práticas e mais percepções negativas em relação ao trabalho no CRAS. No segundo estudo foi possível evidenciar que a representação da psicologia mesmo em contextos diferenciados de atuação ainda está mais vinculada à atuação do psicólogo na área clínica como um solucionador de problemas psicopatológicos e que tem como prática fundamental a conversa, a orientação e o conselho. Tais representações apresentam relação tanto com a percepção dos usuários sobre as práticas dos psicólogos como com a prática real adotada pelos psicólogos no CRAS. Estes resultados são discutidos à luz da Teoria das Representações Sociais e das suas relações com as práticas sociais.
Abstract: This work analyses the relationship between social representations and social practices, with a focus on the psychologist‟s professional activity in a specific and recent context: that of the Centros de Referência de Assistência Social CRAS (Social Assistance Reference Centres). Specifically, we investigate both the social representations psychologists have of the centres‟ users as well as those users have towards psychologists and their relationship with the practices of these professionals in Sergipe‟s CRASs. In order to accomplish this, two studies were carried out: one with 27 psychologists working in CRASs; and another with 20 users of this service. In the first study, we used a questionnaire and, in the second, a structured interview. The results revealed, in the first study, dissociation between what the professionals declared their practices to be and the perception of such practices from other psychologists‟ perspectives, which allowed us to infer the real practice adopted by psychology professionals. We perceived, in addition, that subjects that have a more psychologising representation of their users exhibit greater coherence between representations and practices as well as more negative views in regards to work in the CRAS. In the second study, it was possible to demonstrate that the representation of psychology, even in different contexts of exercise, is still associated to a psychologist‟s role in the clinical area, as a solver of psychopathologic problems and as having conversation, guidance, and counsel as their fundamental practices. Such representations are related to both user perceptions of the psychologists‟ practices as well as with real practices adopted by the CRAS psychologists. These results are discussed in light of the Theory of Social Representations and their relationships with social practices.
Keywords: Representações sociais
Práticas sociais
Psicologia
CRAS
Social representations
Social practices
Psychology
CRAS
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Psicologia Social
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/5999
Appears in Collections:Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARCELA_FLORES_CARDOSO_SOBRAL.pdf793,45 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.