Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/6007
Document Type: Dissertação
Title: O silêncio de Narciso : uma leitura sobre as implicações do espetáculo e do simulacro no narcisismo contemporâneo
Authors: Correia, Rômulo Marcelo dos Santos
Issue Date: 27-Jun-2012
Advisor: Cunha, Eduardo Leal
Resumo : Esta dissertação parte de uma leitura da contemporaneidade baseada principalmente nas ideias de sociedade do espetáculo, de Guy Debord, e do mundo regido pelos simulacros, de Jean Baudrillard, e de suas implicações num constituinte fundamental do psiquismo: o narcisismo. Para isto, partimos de uma delimitação da noção de narcisismo no texto de Sigmund Freud, da importância que este estádio tem na constituição do Eu e no estabelecimento do lugar da alteridade e relações com o mundo. Depois, explanamos as principais ideias sobre o espetáculo no texto de Debord, e de simulacro, em alguns textos de Baudrillard, caracterizando-as e problematizando tais noções com a contemporaneidade. Por fim, tentamos estabelecer pontos de contatos ou procurar entender possíveis influências que os espetáculos e simulacros têm no modo como se é constituído o narcisismo atualmente. Para dar conta desta tarefa, utilizaremos alguns autores que vêm pensando a contemporaneidade, sendo o principal André Green, e sua ideia de narcisismo negativo. Assim, este narcisismo que encontramos sob a sombra do espetáculo e do simulacro apresenta complicações em relação à: um ideal do Eu enfraquecido em favorecimento de um Eu ideal extremamente vinculado ao consumismo; um imperativo da exibição espetacular do Eu que deve ser melhor que os [dos] outros; e uma vivência do corpo como mais um objeto a ser trocado. Tais mudanças no narcisismo revelam a diminuição de sua influência por Eros e pelas pulsões de vida para um predomínio cada vez maior de Tanatos e das pulsões de morte.
Abstract: This work starts with a reading of contemporary ideas based largely on the Society of the Spectacle, of Guy Debord, and the world governed by the simulacra, of Jean Baudrillard, and its implications for a fundamental constituent of the psyche: the narcissism. For this, we begin with a definition of the concept of narcissism in the text of Sigmund Freud, with the importance of this stage is in the formation of Ego and the establishment of the place of otherness and relations with the world. Then, we explain the main ideas about the spectacle in Debord's text, and simulacra, in some texts of Baudrillard, characterizing them and discussing such ideas with the contemporary. Finally, we try to establish points of contact or seek to understand the possible influence that the shows and exercises are in the way it is currently constituted narcissism. To cope with this task, use some authors who have thought nowadays, the main one being André Green, and his idea of negative narcissism. Thus, this narcissism that we find in the shadow of the spectacle and the simulacrum has complications relating to: an Ego ideal weakened in favor of an ideal Ego highly linked to consumerism; a spectacular view of the imperative that Ego should be better than the [of] others; and an experience of the body as another object to be exchanged. Such changes in narcissism showed a decrease of its influence by Eros and the life‟s instincts to an increasing predominance of Thanatos and death‟s instincts.
Keywords: Narcisismo
Espetáculo
Simulacro
Psicanálise
Narcissism
Spectacle
Simulacrum
Psychoanalysis
Subject CNPQ: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL
Language: por
Country: BR
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Psicologia Social
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/6007
Appears in Collections:Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ROMULO_MARCELO_SANTOS_CORREIA.pdf743,95 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.