Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/6032
Document Type: Dissertação
Title: O estatuto supremo do dinheiro à luz da teoria freudiana
Authors: Silva, Lillian Nathalie Oliveira da
Issue Date: 27-Jun-2016
Advisor: Henriques, Rogério da Silva Paes
Resumo : Este trabalho propõe investigar o lugar ocupado pelo dinheiro na economia psíquica, considerando seu estatuto supremo adquirido na maior parte das sociedades e épocas em que a vida humana se pôs em civilização. Trata-se de uma investigação de fenômenos sociais pelo viés psicanalítico, caracterizando-se numa pesquisa em psicanálise de método bibliográfico e leitura interpretativa, a partir da perspectiva teórica de Freud e de produções psicanalíticas no campo. Dedica-se ao estudo do dinheiro de um ponto de vista das pulsões originárias do sujeito, com explanação sobre a história, origem e evolução prática da moeda, bem como seu papel de supremacia nas civilizações industriais, perpassando os significados e representações no senso comum já estudados pela ciência psicológica e sendo analisados pela interpolação do sujeito do inconsciente, movido pelas pulsões e pelo desejo. Lê-se que o dinheiro não se constitui somente enquanto objeto com efeitos pulsional e representacional do sujeito, mas é detentor de uma capacidade estruturante sobre o psiquismo, se instituindo como cifra da própria constituição do ser. A presença de uma relação ambivalente do sujeito para com o dinheiro, em que o dinheiro se atrela a cenários de dominação e exploração humana é coerente com a impossível harmonia entre o humano e a vida civilizada. A lida do sujeito psicanalítico com o dinheiro não se faz cabível de equilíbrio e harmonia já que o dinheiro amoeda também os antagonismos pulsionais originários.
Abstract: This paper proposes to investigate the place occupied by money in the psychic economy, given its supreme status acquired in most societies and times when human life began in civilization. This is an investigation of social phenomena by psychoanalytical bias, featuring in a research in psychoanalysis bibliographic method and interpretive reading, from the theoretical perspective of Freud and psychoanalytical productions in the field. It is dedicated to the study of money from a point of view of originating the subject drives, with explanation of the history, origin and practical evolution of money and its role of supremacy in industrial civilizations, passing the meanings and representations common sense already studied the psychological science and being analyzed by the interpolation of the subject of the unconscious, driven by instincts and desire. It reads that the money is not only as an object with instinctual and representational effects of the subject, but it is holder of a structural capacity of the psyche, constituting as Cipher own constitution of being. The presence of an ambivalent relation of the subject to money, where money is links the domination scenarios and human exploitation is consistent with the impossible harmony between human and civilized life. The handles of the psychoanalytic subject with money does not make appropriate balance and harmony since money amoeda also instinctual antagonisms originate.
Keywords: Psicologia social
Psicanálise
Economia -- Aspectos psicológicos
Dinheiro
Ambivalência
Economia psíquica
Money
Psychoanalysis
Ambivalence
Psychic economy
Sigmund Freud
Subject CNPQ: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Psicologia Social
Citation: SILVA, Lillian Nathalie Oliveira da. O estatuto supremo do dinheiro à luz da teoria freudiana. 2016. 118 f. Dissertação (Pós-Graduação em Psicologia Social) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2016.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/6032
Appears in Collections:Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LILLIAN_NATHALIE_OLIVEIRA_SILVA.pdf1,33 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.