Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/6187
Document Type: Dissertação
Title: Estimativa dos componentes azul e verde da pegada hídrica da batata-doce no agreste sergipano
Authors: Matos, Rodolfo Rafael Andrade de
Issue Date: 13-Feb-2016
Advisor: Sousa, Inajá Francisco de
Resumo : Entre os diversos métodos de aproveitamento da água adotados pela humanidade, o que mais utiliza recursos hídricos é a agricultura através do procedimento da irrigação, permitindo os cultivos agrícolas em um espaço mais abrangente e sendo capaz de atender a demanda por alimentos tanto para consumo humano como consumo animal. Este trabalho apresenta o conceito de Pegada Hídrica (water footprint) que é a quantidade de água, direta e indiretamente, usada na produção de um produto. A pegada hídrica é dividida em três componentes: Verde, Azul e Cinza. O objetivo deste estudo foi determinar os valores da pegada hídrica dos componentes azul e verde para a produção da batata-doce através do método tradicional utilizando o modelo CROPWAT durante os anos de 2010, 2011 e 2012. O trabalho desenvolveu-se no Perímetro de Irrigação Poção da Ribeira (PIPR) pertencente à Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação (COHIDRO), localizado nos municípios de Itabaiana e Campo do Brito, em Sergipe. Os resultados obtidos evidenciaram que a Pegada Hídrica verde em 2010, 2011 e 2012, foi de 494,75 (m³/ton), 672,13 (m³/ton) e 402,81 (m³/ton) respectivamente. Já a Pegada Hídrica azul em 2010, 2011 e 2012 foi de 351,1 (m³/ton), 448,4 (m³/ton) e 570,06 (m³/ton) respectivamente. Os resultados obtidos mostraram que há relação entre os índices médios de produtividade da cultura com um maior consumo de água refletindo em maior Pegada Hídrica, que há influência da precipitação na Pegada Hídrica da batata-doce e que não há relação direta entre os índices de produtividade com as variáveis meteorológicas utilizadas no cálculos da Pegada Hídrica.
Abstract: Among the various water use methods adopted by humanity, which uses more water is agriculture through irrigation procedure, allowing the crops in a larger space and being able to meet the demand for food both for human consumption as animal consumption. This work presents the concept of Water Footprint, which is the amount of water, directly and indirectly used in the production of a product. The water footprint is divided into three components: Green, Blue and Grey. The objective of this study was to determine the values of the water footprint of the blue and green components for the production of sweet potatoes through the traditional method using CROPWAT model during the years 2010, 2011 and 2012. The work developed in the Perimeter Irrigation Poção da Ribeira (PIPR) belongs to the Water Resources and Irrigation Development Company (COHIDRO), located in the municipalities of Itabaiana and Campo do Brito, Sergipe. The results showed that the Water Footprint Green in 2010, 2011 and 2012 was 494.75 (m³ / ton), 672.13 (m³ / ton) and 402.81 (m³ / ton) respectively. Have the Blue Water Footprint in 2010, 2011 and 2012 was 351.1 (m³ / ton), 448.4 (m³ / ton) and 570.06 (m³ / ton) respectively. The results showed no relationship between the average rates of crop yield with a higher consumption of water resulting in a higher Water Footprint, there is influence of precipitation on Water Footprint of sweet potato and that there is no direct relationship between productivity levels with weather variables used in calculations of the Water Footprint.
Keywords: Recursos hídricos
Plantas -- Relações hídricas
Batata-doce
Produtividade agrícola
Pegada hídrica
CROPWAT
Batata-doce
Necessidade hídrica da cultura
Water footprint
Sweet potato
Crop water requirement
Subject CNPQ: ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Recursos Hídricos
Citation: MATOS, Rodolfo Rafael Andrade de. Estimativa dos componentes azul e verde da pegada hídrica da batata-doce no agreste sergipano. 2016. 55 f. Dissertação (Pós-Graduação em Recursos Hídricos) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2016.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/6187
Appears in Collections:Mestrado em Recursos Hídricos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RODOLFO_RAFAEL_ANDRADE_MATOS.pdf1,43 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.