Please use this identifier to cite or link to this item: http://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/6211
Document Type: Dissertação
Title: Categoria trabalho na formação em serviço social na perspectiva de discentes de cursos presenciais em Sergipe
Authors: Rodrigues, Sara Blandina de Alcântara
Issue Date: 31-Aug-2015
Advisor: Santos, Vera Núbia
Resumo : O estudo em tela apresentou como objeto a categoria trabalho no processo de formação profissional, dado o estatuto de trabalho confiado ao Serviço Social a partir da reforma curricular da década de 1990. Esta proposta de compreender o Serviço Social como trabalho é inserida na última reforma curricular e, desde então, adensa o tônus de uma polêmica que supõe a discussão sobre os próprios fundamentos ontológicos do trabalho. A incorporação da categoria trabalho nas Diretrizes Curriculares para o curso de Serviço Social organizou, ancorada nos fundamentos marxianos, o exercício profissional como processo de trabalho constituído pelo objeto de trabalho ou matéria prima, pelos instrumentos de trabalho e o próprio trabalho. Essa nova concepção pretendia alçar novos rumos ao Serviço Social, problematizando a sua inscrição sócio-histórica e significação social da profissão. Nessa perspectiva, objetivou-se analisar a compreensão de discentes de cursos presenciais de Serviço Social de Instituições de Ensino Superior (IES) de Sergipe acerca da categoria trabalho, visando desvelar a importância dessa apropriação na formação profissional. Para tanto, tornou-se necessário: apontar as principais questões que fundamentam no debate da reforma curricular a relação Serviço Social/trabalho; compreender os fundamentos ontológicos do trabalho na matriz teórico-metodológica marxista; analisar os projetos pedagógicos de cursos presenciais de Serviço Social das IES em Sergipe, as ementas e os planos de aula das disciplinas que discutem a categoria trabalho; e identificar o perfil dos discentes concludentes de cursos presenciais de Serviço Social em Sergipe. A pesquisa caracterizou-se como qualitativa de caráter exploratório, orientada pela perspectiva crítica do materialismo-histórico-dialético. Foram realizadas pesquisas bibliográfica, documental e de campo, e utilizado como instrumento de coleta de dados a entrevista semiestruturada. O universo foi composto por 86 estudantes concludentes de duas IES, caracterizando-se como campo empírico e a amostra atingiu 20 discentes do sexo feminino das turmas de 2014/2 – dez discentes de cada IES. Como resultado do estudo foi observado que mesmo com a garantia do debate sobre a categoria trabalho no projeto pedagógico dos cursos e sua particularidade em algumas disciplinas, as entrevistadas não demonstram aprofundamento do debate proposto nas diretrizes curriculares, mesmo quando da inserção em campos de estágio, sinalizando em alguns aspectos imprecisões conceituais, o que denota que a formação acadêmica não propiciou o esgotamento do debate, de forma a esclarecer o seu significado. Diante disso, torna-se fundamental a afirmação do trabalho como eixo estruturante da formação acadêmica, de forma que o debate não se restrinja às disciplinas específicas, contemple a totalidade da formação e possibilite a apropriação do debate posto ao Serviço Social, dada a sua importância para a formação e o exercício profissional.
Abstract: This study presented the job category in the training process as an object, given the job statute entrusted to the Social Work from the curriculum reform of the 1990s. This proposal of to understand Social Work as a job is inserted into the last curriculum reform and, since then, it thickens the tone of a debate that supposes the discussion about the own ontological foundations of the job. The incorporation of the job category in the Curriculum Guidelines for the course of Social Work organized, anchored in Marxist foundations, professional practice as a work process that consists of the job object or raw material, by the working tools and the work itself. This new conception intended to reach new paths to social work, discussing its socio-historical registration and social significance of the profession. From this perspective, this study aimed to analyze the understanding of students of classroom courses of Social Work for Higher Education Institutions (HEI) of Sergipe about the job category, aiming to reveal the importance of this appropriation into vocational training. Therefore, it was necessary: to point out the main issues that base the discussion of curriculum reform to the relationship Social Work/job; to understand the ontological foundations of the work in Marxist theoretical and methodological matrix; to analyze the educational projects of classroom courses of Social Work of HEI in Sergipe, the menus and the lesson plans of the subjects that discuss the job category; and to identify the profile of conclusive students of classroom courses of Social Work in Sergipe. The research is characterized as qualitative, of exploratory character, guided by the critical perspective of materialism, historical and dialectical. Bibliographic, documentary and field researches were done, and it was used as a data collection instrument the semi-structured interview. The universe was composed by 86 students from two conclusive classes of HEI, characterized as empirical field and the sample reached 20 female students of the classes of 2014/2 – ten students from each HEI. As a result of the study, it was observed that even with the guarantee of the debate about the job category in the pedagogical project of the courses and its particularity in some subjects, the interviewees didn‟t show deepening on the debate proposed by the curriculum guidelines, even when inserting in training camps, signaling in some aspects conceptual inaccuracies, which denote that academic training has not led to the exhaustion of the debate in order to clarify its meaning. Therefore, it is essential to claim the work as structure of academic qualification, so that the debate is not restricted to specific subjects, contemplate all training and enable the appropriation of the debate said to Social Work, given its importance for qualification and professional practice.
Keywords: Serviço social
Formação profissional
Currículos
Trabalho
Formação profissional
Estudantes de serviço social
Discentes
Reforma curricular
Work
Social work
Professional qualification
Curricular reform
Subject CNPQ: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Sponsorship: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES
Language: por
Country: Brasil
Publisher / Institution : Universidade Federal de Sergipe
Institution: UFS
Program Affiliation: Pós-Graduação em Serviço Social
Citation: RODRIGUES, Sara Blandina de Alcântara. Categoria trabalho na formação em serviço social na perspectiva de discentes de cursos presenciais em Sergipe. 2015. 210 f. Dissertação (Pós-Graduação em Serviço Social) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, SE, 2015.
Rights: Acesso Aberto
URI: https://ri.ufs.br/handle/riufs/6211
Appears in Collections:Mestrado em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SARA_BLANDINA_ALCANTARA_RODRIGUES.pdf13,32 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.